Quando a gente tenta


Tem situação e relações que acreditamos que vão dar certo, que sentimos que podem dar certo, então o mais correto é não criar tantas expectativas e apenas tentar da forma que você puder, com o que tiver, da forma mais certa pra si mesmo, porque afinal o não nós já temos.

Na hora de dar o primeiro passo sempre vem aquela pergunta: "- E se der errado?", não precisamos responder ao derrotismo, apenas vamos ignorá-lo e deixar pra lá pra conseguir ir atrás do que queremos de verdade.

Torna - se algo de ego, sentimental, vai além do que podemos imaginar. Só temos que tentar conquistar o nosso objetivo de uma maneira que não nos machuque tanto, mesmo que isso seja inevitável e que não dependa apenas de nós. 

O sofrimento vai acontecer de qualquer maneira, porque quando almejamos alguma coisa, queremos que seja do nosso jeito, pensamos que o resultado vai ser como imaginamos, ou seja, criamos mil expectativas e no final damos com a cara na porta. 

Por mais difícil que seja, não podemos nos abater - por muito tempo, apesar do baque ser muito grande. Chora tudo o que tiver pra chorar, escute as músicas mais tristes pra ajudar a sair todas as lágrimas possíveis. Sofra tudo o que tiver pra sofrer. Não se sinta culpada por isso, tá tudo bem, é normal.

E depois de tudo isso olhe pra trás e analise os fatos:
- tudo o que você aprendeu
- tudo o que aconteceu
- tudo o que você escutou
- valeu a pena?
- foi bom?

Tire as suas próprias conclusões, dependendo do que for não desista, mas se continuar te machucando desista, porque a vida é muito curta pra ficar sofrendo por tanto tempo. Se você já chorou, sofreu, se arrependeu, mas mesmo assim quer tentar de novo, tente, não fique na vontade. Porém se já passou por tudo isso e não quer mais se machucar, vida que segue, bola frente e cuide mais de você por mais tempo.

Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter

Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati


0 Comentários