revolta

Desespero define

janeiro 09, 2013


Todo mundo com saudade de fulano ou de beltrano, a única maior saudade que eu sinto é a de quem eu fui um dia, da felicidade que tive e dos amigos que fiz quando eu ainda não sabia o que era responsabilidade de verdade. Não é que eu também não sinta saudade de fulano ou de beltrano, sinto saudade mais de uns do que de outros. Mas são coisas inevitáveis, os rumos são outros, tudo bem, já entendi. Sofrer pela falta não pode mais fazer parte do nosso cotidiano esse que nos preocupa tanto em dias sem dinheiro, de desespero e desemprego. 


E do que adianta tu querer desabafar e as pessoas só dizerem que vai passar, que o de melhor vai vim, mas precisa demorar tanto assim? Talvez seja afobação. Só que o tempo não para, nem os números e muito menos os juros. Eles não entendem o que eu sinto e por isso continuam dizendo sempre as mesmas coisas, por não terem o que dizer ou por não saberem. Sinceramente, não sei de mais nada, como nunca soube. 

You Might Also Like

13 Comentários

  1. Olá,bom dia!!! Acabo de conhecer seu blog e gostaria de te convidar a conhecer o Doçura de conversa, se gostar participe do SORTEIO que está tendo por lá e se delicie na nossa fan page. Bj, Trícia.
    http://delicinh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. adoro essa música da adele.
    eu também sinto muita falta do que eu fui um dia... e acho que isso, não tem como curar!

    ResponderExcluir
  3. Também sinto falta e saudade, mas nunca voltaria para o passado, gosto do presente. Beijão <3

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. gostei do texto, sinto saudades de amigos, ter responsabilidade é tenso mas é necessário hehe

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Eu amo a Adele, amo essa música! Acho que todo mundo fica se sentindo assim quando começa a crescer, amadurecer e ter responsabilidade. Mas aos poucos essa sensação de vazio vai passando.
    Beijinhos

    www.hiperbolismos.com

    ResponderExcluir
  6. Quem nunca sentiu essa saudade né? de como eramos antes, mas infelizmente não da pra voltar ao passado, só viver o presente mesmo, e realmente todo mundo fala que passa e tudo mas, mas isso não é nenhum mentira a gente que quer que as coisas passem logo, que não aguenta mas tanta demora e tudo mas, mas essas coisas é um dos mistérios da vida, na hora certa acontece.
    bjinhos
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu sinto muita saudade também. A única coisa que devemos prestar atenção é que essa saudade do passado não pode tomar o lugar do presente porque daqui a alguns anos, vamos precisar de novas memórias para lembrar das etapas que passamos ;)

    ResponderExcluir
  8. Eii nati ><
    obrigado pela visita no meu bloguxo kkk
    gostei do texto to nessa fase, e sabe ultimamente eu não tenho desabafado com ninguem por esses motivos mesmo, semopre as mesmas palavras de consolo, não por falta de assunto ou por má voontade, é pq palavras de consolo ja não me bastam.
    belo texto bejoos

    ResponderExcluir
  9. Acho que você pôs em palavras um sentimento que já tenho a muito tempo. Adorei seu texto!
    Francamente, me sinto cansada de pessoas dizendo que tudo bem e vai passar e é só uma fase ou que o que há de melhor vai vir com o tempo. Elas nem estão convictas disso, e acho que só dizem por falta de algo melhor para falar.

    ResponderExcluir
  10. Ih, sei bem como é esse desencontro.
    Umas horas, a gente acha que se encontra, mas logo depois nos desencontramos de novo e tudo volta a ficar meio que vazio, sem um significado.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  11. A gente nunca sabe né?! Dizer que vai passar e que dias melhores virão é fácil, esperar por isso que é difícil.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. a fé na melhoria é o que nos deixa tão vivos, creio eu. ah, nati, seu blog é sempre lindo e um convite pra saborear mais, né? beijos.

    ResponderExcluir
  13. antes de mais nada, tenho que dizer que adorei o fundo do seu blog! lindo e feliz...

    adoro a música da adele também e acho que é uma droga quando a gente tá na bad porque em determinados níveis nada do que falam, ajuda. e o povo na verdade, muitas vezes nem saco tem pra ajudar. aí a gente cai naquele negócio de que no fundo e no fim, somos nós com nós mesmos.

    Beijoca

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!