Saudade que arde ainda no meu peito ♪

agosto 25, 2009

O meu ontem era bem mais divertido do que hoje, não tinha a metade das responsabilidades que tenho hoje. Com 4 anos, era o xodó da minha vó, tomava banho de garrafa debaixo da pitangueira, fazia pique-nique no corredor, participava de um grupo de crianças que no natal se apresentavam para todo mundo no prédio, chegava da escolinha e comia bolachas com geleia de goiaba e escutava histórinha do pé-de-pano e do catatau. Isso durou durante uns 3 anos. Já nos 7 anos, quem me considerava o xodó estava partindo dessa pra uma melhor, mas infelizmente nessa viagem eu não poderia participar, foi muito triste ver a pessoa que mais se amava partir bem na sua frente, mas não entendia nada, só sabia que ela tinha partido. Desse tempo pra cá as responsabilidades aumentando cada vez mais. Já não escutava mais as histórinhas do pé-de-pano antes de dormir, não comia mais as bolachas com geléia de goiaba depois da escolinha, o meu mundo tinha virado de cabeça pra baixo. Com 8 anos me mudei da bendita casa que eu tinha visto a pessoa mais importante da minha vida partir, conheci pessoas novas e ganhei a noticia que ganharia um irmão. Até os 9 eu só brincava e brincava, uma maravilha. Aí então veio o meu irmão e passei a cuidar dele assiduamente, infância perdida, ganhei um "filho"! As brincadeiras no corredor foram se extinguindo, as pessoas crescendo, tomando novos rumos e o numero de amigos diminuindo cada vez mais. E hoje estou aqui aprisionada a coisas que eu não construi, num desanimo de anos. Infelizmente nem tudo sai como planejamos. Enfim, sinto falta da minha ingenuidade intensa quando era pequena, dos amigos dos 15 anos que se perderam na ventania e de todas as coisas boas que já vivi nessa vida. Talvez não seja apenas comigo, mas todas as pessoas que se lembram dos momentos ótimos e dos amigos, devem pensar que nunca mais nada igual acontecerá na vida e muito menos conheceremos outras pessoas. Pensem comigo: - Assim como conhecemos amigos que marcaram nossas vidas e passamos momento ótimos com eles, temos a mesma probabilidade de antes de encontrar outras pessoas parecidas ou diferentes e até melhores do que as anteriores, pois agora os ambientes frequentados são e serão outros.
--------
- Muito Obrigada a todas as pessoas que estão comigo aqui a mais de um ano, aos novos leitores e seguidores, sem vocês teria parado de escrever. até mais!

You Might Also Like

24 Comentários

  1. a saudadeee dóii mtu, i eu vivo ela 24hras do meu dia! :'( bejoo

    ResponderExcluir
  2. Que lindo seu texto! todos os meus amigos q foram importante eu perdi, pois a cada ano um mudava d cidade, ainda bem q existe orkut, mais é muito ruim.
    =//

    ResponderExcluir
  3. Não pare de escrever, pq é bom poder te ler sempre.

    ResponderExcluir
  4. É, nossa vida é assim! Fases, momentos que não voltam mais!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. "Você não precisa mudar de amigos se entender que os amigos mudam." - Quase todas as mudanças em nossas vidas são permissão nossa.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Crescer pra mim significa mudança, de tudo e de todos, você perde tantas coisas que só vão ficar na memória, mas ganham muitas outras pra se viver agora.
    Adorei o blog, to te seguindo.

    ResponderExcluir
  7. Saudades do tempo de ingenuidade e dos amigos verdadeiros,antes só era brincadeira e amizades,hoje tem responsabilidades,dúvidas,desconfiança...Mas como você disse,como antes hoje temos a mesma probabilidade de encontrar amigos novos e até melhores do que os do passado...

    Mas a saudade é forte mesmo,mas precisamos viver o hoje,e pensar sempre no amanhã...*.* Claro na medida do possível...

    Bjs...

    ResponderExcluir
  8. a cada dia a saudade dos meus antigos amigos,da minha antiga cidade aumentam e me sufocam pouco a pouco,até não ter mais forças pra suportar.
    :/
    amo teu blog,bjo flor
    e nao desanime

    ResponderExcluir
  9. Verdade, infelizmente as coisas nem sempre saem como planejamos...
    mudar é inveitável!
    adorei o texto!

    :)

    ResponderExcluir
  10. Legal saber um pouco mais sobre a sua vida... E responsabilidades? Com o tempo, só aumentam! :S beijos

    ResponderExcluir
  11. "Tudo passa,tudo sempre passará"

    ;*

    ResponderExcluir
  12. A saudade é uma coisa inevitável...
    :|

    ResponderExcluir
  13. O meu hoje é sempre mais divertido do que o meu ontem. Sempre

    ResponderExcluir
  14. As vezes também sinto saudade de ter 4 anos :/

    ResponderExcluir
  15. A cada dia que passa minha vida vai ficando cada vez mais difícil. Muitas coisas pra fazer, com o que se preocupar... E fico me lembrando de como minha vida era boa. '_'
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. quem disse que a vida seria facil?
    é ralado :s
    :*

    ResponderExcluir
  17. Aaaah, a infancia...eita tempo boom =))
    Dps me manda o endereço do seu novo blog !!
    beiijos Naaty

    ResponderExcluir
  18. Ai, eu já sinto saudade do segundo que já passou. =/

    ResponderExcluir
  19. A medida que a gente amadurece, parece que o mundo amadurece junto com a gente. Olhamos pra tras e percebemos como tudo mudou!

    ResponderExcluir
  20. Ahh...que lindo! Eu tb só brincava e brincava aos nove. Bons tempos ;)



    bjo

    ResponderExcluir
  21. Com o tempo as coisas vão passando e mudando... Sabe qual o problema? É que nem sempre mudam da forma que queremos! =/
    Adorei o post! muito lindo. Já estava beeem sensivel hoje, agora estou quase chorando!

    ps: tinha comentado no post errado... uashaushauhs


    Beeijos!

    ResponderExcluir
  22. Eu sei como é isso! Das minhas seis melhores amigas do colégio hoje mantenho contato apenas com duas... Mas novos amigos fiz e sei que farei. Sem contar com os amigos blogueiros, que estão sempre presentes na minha vida virtual!

    Xerus
    =***

    ResponderExcluir
  23. Olá amiga Natty.
    Aproveito e venho matar a saudade fazendo uma visita. Valeu chegar até aqui! Confesso que gostaria de voltar com mais freqüência, porém o “MBA” continua firme e o tempo ficou muito dividido, entretanto organizei momentos para visitar os preciosos amigos(as). Na oportunidade quero compartilhar de Machado de Assis o poema: “BONS AMIGOS. Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir. Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende. Amigo a gente sente! Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar. Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende. Amigo a gente entende! Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar. Porque amigo sofre e chora. Amigo não tem hora pra consolar! Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade. Porque amigo é a direção. Amigo é a base quando falta o chão! Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros. Porque amigos são herdeiros da real sagacidade. Ter amigos é a melhor cumplicidade! Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho, há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!” Desejo um ótimo fim de semana. Muito sucesso, muita paz e luz. Brilhe sempre! Fique com Deus. Felicidades.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!