Reflexão

outubro 13, 2009

Duas horas da tarde, lavando a louça e ainda de pijama. Resolvi abrir a janela para ver o céu, coisa simples da vida que a tanto tempo não parava por um instante para reparar o quão belo e inspirador é. Voltando. Olhei para longe, até aonde meus olhos alcançavam e fiquei observando as pessoas, os pássaros, as coisas que estavam fazendo. Aí então me lembrei de um dos episódios do seriado que eu vejo, o Arquivo Morto. O episódio era assim: um homem que desde pequeno gostava de ver as pessoas morrendo por desistir de alguma coisa que as faz viver. Ele trabalhava em uma empresa que editava vídeos, escolhia algumas mulheres, as raptava e trancava-as em um sótão de alguma casa abandonada e todo dia ele ia vê-las para "apreciar" a forma como elas esqueciam das coisas/pessoas que as faziam viver e se satisfazia mais ainda pela morte delas, que desistiam de viver por terem perdido as esperanças de saírem dali. No carro com os detetives, eles usaram muito da psicologia para coagir o tal psicopata, - por esse motivo que assisto. Em qualquer momento ele sempre "atacava" os detetives perguntando: - O que te faz levantar da cama toda manhã? Qual é o seu verdadeiro motivo para viver? Eles não respondiam. E depois disso fiquei me perguntando e procurando o meu real motivo para viver, levantar e fazer as coisas que faço. Talvez seja por causa dos meus sonhos. Não consegui achar o real, verdadeiro e único motivo. Quem sabe não haja algum, e eu esteja aqui por estar. Ou então, estou procurando. Você já pensou nisso? Tem um motivo para fazer tudo o que faz? Todos os seriados que vejo tem a psicologia no meio, por esses e outros motivos (falta de sono, do que fazer...) que assisto. Relembrando tudo isso me fez chegar a conclusão de que: tenho muitas coisas para aprender; lugares e pessoas para conhecer; amigos para descobrir; entre outras coisas mais para conquistar. Perante toda essa inquietação existencial apresentada nesse humilde texto, o que vocês tem a me dizer?

You Might Also Like

33 Comentários

  1. Eu ainda não descobri o real motivo p/ eu estar aqui...é frustrante.....

    ResponderExcluir
  2. eu sempre me perguntei qual o motivo de estar aqui, de fazer o que faço, chega um certo tempo na vida que não vamos mais pensar nisso, logo agente sabe e vai descobrindo o porque daquilo,tem muita coisa boa pra si viver e descobrir a cada dia assim como coisas ruins também.
    o importante e nunca deixar de ter sonhos, são eles que nós movimentam.
    ;X

    Beijo :}

    ResponderExcluir
  3. Natty, ótima reflexão.
    Por que eu me levanto todos os dias e faço tudo o que eu faço?
    Porque me foi dada uma vida. E vida que é vida, precisa ter sentido, precisa ser celebrada e aproveitada.
    Acordo e vou adiante por sentir a vontade de viver, de conhecer, de sentir a vida pulsando, de correr junto com o tempo, o aproveitando o máximo possível.
    Viver é algo muito grande para não ser aproveitado e celebrado todos os dias.
    A postagem de hoje ficou massa, muito boa mesmo!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. é boa reflexão realmente eu tbm ainda não encontrei o verdadeiro motivo por está aqui e por ter nascido , mais sei que se mesmo que tentemos acho que não conseguiriamos achar as respostas ou então no fim de nossas vidas acho que encontraremos elas, mais agora já que eu nem sei mesmo por que eu estou aqui e pra que eu vim a esse mundo ,eu prefiro curti a tds os momentos como se fosse o último' pois de alguma forma nos botaram nesse mundo pra lago mais aind anão descobrimos :x
    amei o post ficou bem legal '
    bjs'

    ResponderExcluir
  5. Não sei qual o verdadeiro motivo que me faz viver aqui. Mas eu sei que tem muitos que me fazem me feliz como: família, amigos, coisa que eu gosto da fazer e por aí vai.Tem coisas que nos nunca descobriremos aqui, mas algum dia fatalmente algo será revelado (mistérioooo...) para a gente. Enquanto isso vou vivendo, e esperando.Álias, sempre assisto essas séries também, acho o máximo.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o post.
    Eu nunca tinha parado pra pensar nisso, e eu nem sei o que dizer, também não sei o motivo pelo qual eu vivo...
    Talvez seja pelas coisas que eu desejo fazer... Talvez seja pelos meus objetivos...
    É, realmente não sei.

    bjos.
    :)

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre paro para pensar nisso!
    Parabéns pelo blog, to seguindo!

    ResponderExcluir
  8. É dificil saber a resposta para essa pergunta, talvez somente no final da nossa vida, é que a gente possa chegar a uma conclusão concreta disso.

    Beijooooos Natty.!

    ResponderExcluir
  9. Temos mita coisa pra viver!E se ainda não encontramos a razão para viver,concerteza iremos encontrar,acredito que estamos aqui por algum motivo,seja ele qual for,quero viver o máximo possível,e viver bem!*.*

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. O que eu tenho a dizer é que eu vivo pelos meus sonhos, eles são o meu real motivo pra viver. Claro que não existe só esse, mas é isso que me faz levantar toda manhã com vontade de conquistar aquilo que eu quero.
    Amei o texto, a forma como vc escreveu. Me levou a pensar mais se eu estou indo contra os meus princípios, se eu estou vivendo por viver. Muito bom!
    Bjooss

    ResponderExcluir
  11. Acho que o meu real motivo é o amor.
    Querer amar cada vez mais as pessoas que estão ao meu redor, os meus amigos, pais e parente!
    Querer ser feliz!
    =*

    ResponderExcluir
  12. não sei, quanto mais eu penso mais longe da resposta eu fico, então parei de procurar por ela e simplesmente fazer oq me deixa feliz ^^

    :*

    ResponderExcluir
  13. sempre penso que
    mais importante é o caminho
    do fim a gente nunca sabe...

    ResponderExcluir
  14. É uma pergunta bem dificil de responde, onde a resposta tem que sair concreta!
    Acho que só no final da vida para sabermos mesmo!

    beijo ;*

    ResponderExcluir
  15. Oii, primeira vez aqui. E me surpreendi com seu blog. Muito bom! Pode ter certeza que voltarei mais vezes viu! Bejos e aparece la no meu!

    ResponderExcluir
  16. Penso muito nisso!
    Porém, páro...
    é melhor viver...
    Quem sabe um dia eu levo uma topada e descubro o real motivo de tudo!
    =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Natty, nunca me fiz essa pergunta e na real nem sei qual é o meu unico motivo de viver.
    adorei o texto. bjusss
    ah! tb assistia arquivo morto e adorava.

    ResponderExcluir
  18. ¬¬ JÁ ME PERGUNTEI SIM, NA VERDADE FAÇO ESSA PERGUNTA CONSTANTEMENTE, NO COMEÇO EU NÃO FAZIA IDÉIA DA RESPOSTA, ENTÃO CRIEI UMA, NA VERDADE VÁRIAS PORQUE NEM SEMPRE TENHO O MESMO MOTIVO, MAS SEMPRE QUE EU ACORDO EU TENTO ME LEMBRAR DO MAIS IMPORTANTE DELES: - EU VIM AQUI PRA SER FELIZ!

    BEEIJOOOS. (:

    ResponderExcluir
  19. realmente o motivo concreto a gente nunca sabe
    mas sabe que temos que estar
    eh simples algo tem que ser feito e resolvido
    o que, ja eh outros 500 ne?!
    faz tempo que eu nao venho aqui
    ve se aparece mais
    beijos
    =**

    ResponderExcluir
  20. Levanto pq tenho ir trabalhar!!!
    HUASHUAHUSHUASHUAHUSHUAAHSHAHUSAHUS

    Levanto todos os dias, pois acredito que a minha vida vai melhorar e que em um futuro (NÃO MUITO DISTANTE!!!) eu vou levantar e vou desfrutar da minha vida deliciosa!!!

    BJO GATINHA!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. Acordo todo dia porque eu sei que existe um Deus que me ama, porque eu sei que existem pessoas que me amam, porque eu sei que existem coisas que EU amo e que são os motivos para eu viver melhor cada momento. Imagino que seja isso...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Eu acho que talvez não seja um motivo apenas, mas um conjunto deles. Eu gosto de pensar que acordo de manhã para apreciar o céu, coisa que quase ninguém faz ultimamente. Que acordo só para fazer alguém rir, nem que seja um riso falso. Para passar pela vida de alguém. Mas nunca para nada.

    ResponderExcluir
  23. Varias vezes, me peguei pensando qual seria o real motivo de estar aqui, se algum dia eu iria morrer e tudo isso ia ser deixado pra trás.

    Pra falar a verdade ainda não cheguei na resposta. E por isso, vivo cada dia como se fosse o ultimo, aprecio as coisas simples da vida, vou atrás de coisas de novas...

    ResponderExcluir
  24. Adorei o texto! Ficou ótimo como sempre.
    Obg pela visita lá no blog!
    beijos,
    Sofia
    (http://pirulito-no-palito.blogspot.com/ - Atualizado)

    ResponderExcluir
  25. Linda, tô seguindo o blog!
    beijos,
    Sofia (http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  26. Ainda não sei o real motivo. Só agradeço a Deus por mais um dia de vida!

    ResponderExcluir
  27. Eu nunca assisti a esse seriado, mas alguns são legais sim... Esse lance da psicologia nos seriados os deixam muito mais interessantes... ;)

    ResponderExcluir
  28. Eu adoro ter essas "crises" existenciais, a gente se supera!!!

    ResponderExcluir
  29. pela minha base cristã, vivo para honra e glória de Cristo, e, sinceramente, encontrei nEle motivos verdadeiramente bons para viver.
    porque eu vivo com esperança, e acreditando que isso aqui é só uma prova para a verdadeira felicidade (:
    realmente aprovei teu texto (:

    muito bom, bjos ;*

    ResponderExcluir
  30. Olha, crises existênciais realmente existem, a gente tem mais é que superar de alguma forma, seja vendo televisão, ouvindo música, qualquer coisa do tipo..

    Mas sabe o que realmente penso? que essas crises fazem a gente refletir realmente e ver no que errou e acertou da vida e nós mesmos nos melhoramos a cada dia :)

    Beijos :*
    p.s.: estou seguindo você :)

    ResponderExcluir
  31. e tão frustrante ler isso na minha situação :~~

    mas continuo me perguntando...

    Qual é o meu verdadeiro motivo para viver?

    aah quem sabe um dia eu saberei (:

    adooro seu blog naty :D

    ResponderExcluir
  32. Ahh Arquivo Morto é sensacional.
    Assisti esse episódio também.
    E o que me deixou intrigada foi que na verdade, alguns ali não haviam motivos pra viver.
    As mulheres que ele sequestrava esqueciam o que as faziam sorrir, das pessoas que amavam, e assim desistiam de lutar, se entregavam ao fim.
    Mas uma não.E foi essa que conseguiu ser salva.
    A vida é assim.Não podemos esquecer de tudo o que nos faz feliz e nos faz lutar, não podemos perder a fé em Deus, e nem nas pessoas.Que com certeza seremos salvos dos momentos tristes.
    Beiijas Naty

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!