Indignação ensina

março 23, 2010

Vocês sabem com o que eu me indigno? Não! Então eu vou falar. Indigno-me quando ajuda as pessoas e elas não retribuem. Não fico ali plantada esperando que a pessoa me devolva aquele favor, até porque eu não emprestei, me ofereci e ajudei, apenas isso. Mas é chato quando você ajuda alguém e na hora que você também está precisando ela te vira as costas e esquece que um ela também precisou e futuramente também irá precisar. São ingratos demais. Só pensam em si 24hrs por dia, 7 dias por semana, durante 365 dias, egoístas. É bem isso que acontece quando você quer o bem de alguém que recem conheceu, confiar demais nas pessoas, achar que elas são boas e também querem o seu bem, nos retribuem com a mais fria ingratidão. Olham apenas para seus umbigos sujos e fedidos e esquecem da ajuda que um dia receberam de você. Isso acontece em qualquer lugar. Sempre querem ser mais que você, seja no amor, na profissão, na sociedade, até quando dormem querem ser melhor. Querem ganhar com o seu esforço. É isso o que você deve estar pensando, aconteceu isso comigo hoje sim. Não gostei, reclamei. Chamei de interesseiro e mandei pra longe com uma linguagem bem chula e que prefiro não citar para não sujar as páginas do meu blog com essa gente que não merece se quer um pingo da minha ajuda. Em partes, sou um pouco rancorosa sim, mas me diga, quem não é?! Todos somos e não podemos ficar escondendo isso de todo mundo só para mostrar que somos seres perfeitos e sem defeitos. Não seja incapaz de assumir tudo o que sente e acha. A hora é agora, basta abrir a boca e dizer tudo o que pensa, seja pelo blog ou pessoalmente, mas de preferência use a segunda opção, tenha coragem.

You Might Also Like

19 Comentários

  1. Super verdade esse seu texto. Foi muito sábia em suas palavras. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. A indignação, e ingratidão nos faz criar um misto de dor e descontentamento.
    Mas mais ainda devemos criar forças através disso ! ter coragem.

    ResponderExcluir
  3. é sempre assim quando a pessoa tá na pior vem chorando, dizendo que você é o(a) melhor amigo(a), mais quando está lá no "bem - bom" nem lembra de você!

    ResponderExcluir
  4. Detesto isso também, viu?
    Não que eu espere reciprocidade, mas eu simplesmente, em alguns momentos, também preciso de ajuda. E, poxa, por que as pessoas também não podem ter a mesma gentileza comigo?

    É revoltante!

    ResponderExcluir
  5. a verdade é que todos irão lhe decepcionar, voce só deve escolher por merece a sua esquentação de cabeça KK
    to chateada com umas amigas tb, mas tudo bem... decepcção não mata, nos ensina.

    ResponderExcluir
  6. Assino embaixo!

    Ingratidão é uma das coisas mais desprezíveis na minha opinião...

    Sem maiores comentários, falou tudo!

    ResponderExcluir
  7. Estranho. Normalmente não fico brava quando alguém me vira as costas. Quando eu ajudo alguém, normalmente gosto o suficiente da pessoa para fazer o que ela me pediu de graça, sem cobrar nada. Eu sei que todos ficamos com aquela imagem de "se eu precisar, já sei a quem pedir". Mas se algum dia eu precisasse da ajuda de alguém que ajudei e essa pessoa me virasse as costas, simplesmente me desencantaria por ela. Não xingaria nem nada, só não a ajudaria mais, também. Porque mesmo que não seja uma cobrança, qualquer relação tem que ser recíproca para dar certo. concorda? :)

    ResponderExcluir
  8. Eu sou o arquétipo da amiga que protege e ajuda. Gosto de fazer isso, me sinto bem. E aprendi o suficiente pra não esperar nada em troca.
    Só é meio desapontador quando você precisa e não tem ninguém lá. Algumas pessoas simplesmente não conseguem notar que você esta mal, ou que precisa de um ombro amigo. Outras apenas sentem.
    Não quer dizer que as que não sentem são menos amigas que as que sentem.
    Enfim, ficou confuso. Mas é mais o menos isso.

    ResponderExcluir
  9. Além de escrever acho que voc~e tem um outro belo dom, fazer layots...

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Tem toda razão. A ingrtidão é a pior coisa!! Eu mesmo ja passei por varias situações de ajudar a pessoa e acabar ate me ferrando e depois quando precisie me ferrei de novo e sozinho!! Aff! *-*

    Beijos / Passa la

    ResponderExcluir
  11. Ingratidão é tudo de ruim, e o pior é que tem de monte por aí e por aqui também!

    É verdade, a pior coisa é ficar com uma coisa intalada na garganta!

    Beijujubas

    ResponderExcluir
  12. é por isso que uma das regras básica de se ajudar alguém, é não esperar nada em troca. assim vc diminui as chances de frustações/fato

    ResponderExcluir
  13. Ai, essa gente me dá nos nervos! Parece que elas tme um rei na barriga! Que vontade de dar um soco nelas! Mas pessoas sensatas como você tiram isso de letra.

    Arrasou, Nati!

    Beijo :*

    ResponderExcluir
  14. Realmente! Pessoas ingratas não serão nada! Mas nós não podemos nos abalar, com certeza no final quem sairá ganhando somos nós. Eu também já passei MUITAS vezes por isso, e quer saber? Faria de novo.
    Porque a gente pode sim, a noite deitar a cabeça no travesseiro e sorrir, sem nada pra atrapalhar. Já eles, algum dia cairão na real.. mas será tarde demais.
    Gostei do desabafo.

    ResponderExcluir
  15. É assim mesmo, nem todo mundo reconhece um ajuda alheia. Não fique irritada, não vale a pena você se desgastar por pessoas assim. Não espere nada dessas pessoas, mas não pague na mesma moeda que elas, se precisar de ajuda, ajude e mostre para pessoas como essas que você é bem melhor que elas.

    xx

    ResponderExcluir
  16. Bom, eu acho que tenho tido sorte até o momento. Geralmente ajudo pessoas que retribuem, mas também nunca espero nada em troca de ninguém...

    ResponderExcluir
  17. Dizer o que sente é uma questão absoluta de coragem, mas sabemos que nem todas as pessoas estão preparadas pra escutar. Quem sabe você não tentou ajudar alguém que não queria ser ajudado?

    Bom dica. Bom texto. Boa tarde! ;)

    ResponderExcluir
  18. O mundo tá cheio de gente assim... Se eu fosse me importar (não que eu não me importe. troque importar por demonstrar) eu já tinha brigado com meio mundo. As pessoas são assim, gostam de receber mas só há uma troca legal quando querem, eu já tive meus dias assim e de vez enquando ainda tenho. Acho que faz parte... Não nego que é bom ajudar, se doar, tentar, né? Mas também é muito bom receber de volta.

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!