Tabu

setembro 30, 2010

Quando você ouve a palavra sexo: no que pensa, em amor, prazer ou sente medo? Para fazer sexo (por prazer), transar (formal), fazer amor (apaixonados) ou ter relações sexuais têm que estar preparado, psicologicamente, emocionalmente, segura e consciente de que o arrependimento pós-sexo não irá trazer seu hímen de volta. Pois o sexo não é apenas prazer - para alguns -, há envolvimento e muitas vezes, principalmente as mulheres, confundem com amor, que vira platônico e sofrem muito por causa da má leitura da relação sexual. O ato é o mesmo só têm significados diferentes para cada um. Não posso dizer que é ruim, porque estaria mentindo, só que não dá pra sair transando com todo mundo sem nem saber da onde surgiram esses seres que querem prazer a todo momento ou então apenas quantidade para se gabar que comeram (desculpem a palavra) beltrana, ciclana e fulana. As meninas que acreditam na história do "felizes para sempre" desejam que a sua primeira vez seja mágica e perfeita, mas por causa da pressão das amigas que já fizeram sexo e para não serem as únicas do grupinho que ainda não transaram, acabam transando com qualquer um que aparecer na frente. Consequentemente, se apaixonam pelo primeiro homem, criam expectativas, sonham em ter uma vida com eles e tudo mais que a imaginação permitir. As coisas não deveriam funcionar dessa forma para a maioria das meninas. Primeiro tinham que conhecer o menino, ficar por um ou dois meses para se conhecer, começar a namorar e só assim transar, pois durante esse processo dará para saber se o sentimento é "reciproco" para se entregar. Porque, sinceramente, transar por transar não vale a pena mesmo, no começo ou no final alguém sempre sai machucado.
Essa é a primeira vez que falo um pouco sobre sexo, durante esses dois anos e pouquinho de blog.

You Might Also Like

14 Comentários

  1. Eu não consigo separar o sexo do amor... ja tentei... mas sou boba demais pra isso rsrs

    Sempre acabo me ferrando kkkk

    bj

    ResponderExcluir
  2. A maioria das mulheres tem uma visão parecida sobre sexo e amor... É difícil separar as duas coisas e é complicado passar por situações em que ainda não se está preparada...
    Concordo ctg quando vc diz que é preciso ter calma e esperar...
    Se não está preparada, não faça! Quando o cara tá interessado ou se realmente existir um sentimento recíproco, ele espera sem problemas e ainda vai te valorizar...
    Existem situações nessa vida que a gente só ganha por ser cautelosa.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo que não se deve sair fazendo sexo com o primeiro que aparece!
    Sexo pra mim, tem que ter sentimento e uma certa estabilidade com a pessoa!
    Sexo por sexo nao vale a pena e ainda tem o risco de vim o arrependimento junto!


    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post, e concordo totalmente com tudo o que você disse.
    Acho tão ridículo isso de transar só porque as amigas já transaram, tanto que, quando for minha hora, não vou contar a ninguém, justamente porque acho que é uma coisa que só interessa a mim.

    ResponderExcluir
  5. Hoje em dia o pessoal saí pra um balada e já transa, eu como homem não consigo ver o sexo sem envolvimento, mas a maioria não pensa assim, pensa só no prazer momentaneo que é sem sentido, porque depois que transa tudo acaba. boa pauta Nati!

    ResponderExcluir
  6. Algumas pessoas até merecem o arrependimento
    devido a falta de personalidade e escolha própria.

    Ir por influencia ou pela cabeça dos outros é sempre uma burrada independente da situação...

    ResponderExcluir
  7. confesso que sexo não é meu assunto favorito, porque eu sou totalmente careta e conservadora #prontofalei.
    sim, eu estou esperando pelo meu marido, porque ainda acredito que sexo foi feito para o casamento, para evitar sofrimentos e doenças.
    não sou do tipo que julga as pessoas que pensam e fazem diferente de mim, aprendi a respeitar as pessoas nessa área. (:

    e bem, quando eu escuto a palavra sexo, eu logo me lembro dos livros de Marcelo Rubens Paiva (hi hi) '-'

    beijas, nati :*

    ResponderExcluir
  8. O sexo é um tema completamente relativo. Assim como conheço meninas que só fazem sexo com o namorado, conheço outras que fazem por necessidade ou mesmo por fazer - o que eu considero absolutamente normal, porque todos temos necessidades, né?
    Achei justo tudo o que você disse. Mesmo sendo assexuado (?), sei que o ato sexual é indispensável à vida. Uma pena que nem todos o veem de uma forma mais romântica, o que quebraria esse tabu chato de que sexo vem só depois do casamento.

    Amei a pauta, Nati!

    Beijos :* Até depois no TDB!

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho um amigo que vive dizendo para mim "No dia que você for transar com alguém, escolha alguém que você não ama, porque depois você vai se sentir mais apaixonada, e o cara vai virar um babaca. Isso nunca dá certo." De tanto ele me falar isso, acabo acreditando, mas ainda assim, pretendo ter a minha primeira vez com quem amo, mas que eu tenha certeza de que este também me ame. Apesar que ter certeza dos sentimentos alheios é meio complicado.

    ResponderExcluir
  10. Particularmente eu acho que o prazer no sexo só existe com o amor envolvido. Talvez eu seja careta ou romântica demais, mas não consigo entender a idéia de ir pra cama com pessoas que você nem conhece direito e sem sentimento algum. Isso tudo me parece um tanto quanto vulgar.

    Bela pauta, Nati! Eu mesma já tentei várias vezes escrever sobre esse assunto no blog, mas fiquei com medo de ser mal interpretada (principalmente pela minha mãe que de vez em quando dá uns pulinhos por aqui, hehe). Parabéns pelo post, beijos. :*

    ResponderExcluir
  11. Eu também nunca comentei sobre sexo no blog, talvez porque eu seja meio "atrsada" nesses assuntos, não sei. Mas eu concordo com você, tem que estar bastante estável no relacionamento para se entregar, talvez até depois de casar somente (viu...).

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Bom, eu posso ser careta, mas sou do grupo das que prefere o sexo só depois do casamento, por princípios e também por escolha. Principalmente pelo emocional. Acho que se entregar totalmente a algém, tem que ser realmente especial e único!

    Belo post! É preciso escrever sobre "tabus" às vezes.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Eu, como homem, já fiz muito sexo casual, sabe? Só por fazer. Mas agora eu não to mais pra isso não, acho que meio que amadureci.

    ResponderExcluir
  14. Opiniões divididas. Eu fico no meio!

    Bj.

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!