O que será de mim amanhã? ♪

outubro 04, 2011

Sabe quando tu já está puta da cara com toda a situação, pessoa e ocasião? Não quer mais saber de nada e nem de ninguém? Tá cansada de ver todos os dias as mesmas caras, os mesmos papos, dialogar com as mesmas mentes pequenas? Seja virtual ou pessoalmente? É pra isso que eu não tenho mais paciência. A vontade da vez é de sair correndo sem olhar pra trás, pegar um novo rumo, onde tenha pessoas diferentes, que ninguém me conheça e que todo mundo que me conheceu um dia e que eu conheci, apenas me esqueçam, nos esqueçamos um dos outros como se nunca tivéssemos existido. Não iremos fazer falta pra ninguém, assim como não fazemos agora. E do que me adianta ficar dizendo sobre o que sinto para as outras pessoas que também desabafam comigo se elas não me entendem, não conseguem me entender e nunca conseguirão? Quando elas falam eu entendo e quando eu tento falar, quem vai entender?

You Might Also Like

5 Comentários

  1. Algumas vezes na vida precisamos fazer novas apostas, olhar em outra direção, "desfoca-se" do primeiro plano para ver que talvez haja alguém capaz de completar esse seu anseio de ser compreendida, mas caso não haja, compreenda-se todos os dias, existem algumas coisas que só nós podemos fazer por nós.

    ResponderExcluir
  2. Tente viver em outras "turmas". Eu nunca fui de muitos amigos, amigos mesmo, sempre uns 4 no máximo, e se aprendi uma coisa é que eles não ficam pra sempre, pelo menos não todos. É normal.
    Isso de enjoar da cara às vezes acontece mesmo, quando acontecer isso tire um dia pra você, faça o que mais gosta, vá ao cinema sozinha (eu pelo menos acho tudo de bom), caminhe, e se sinta na melhor companhia do mundo: a sua! Depois disso, é até mais fácil encarar o mundo lá fora. E nunca deixe a tristeza acumular.

    ResponderExcluir
  3. Não sei se há realmente gente que nos entenda alguma vez, os nossos sentimentos são só nossos. E devemos mudar quando as coisas nos incomodam, é o que acho. *

    ResponderExcluir
  4. Às vezes quando não estamos de bem com a vida, procuramos alternativas para mudar a situação, e por incrível que pareça a primeira opção é mudar drasticamente de vida, de turma, de todo que é clichê aos nossos olhos. Abrir novos horizontes refresca a mente, faz bem pra alma e coração.
    Mas não é preciso ir muito longe para encontrar-se. Apenas feche os olhos, espante os problemas, e relaxe. Depois que descobri a meditação, resolvi uma porção de problemas. Uma porque não o resolvemos desabafando com outras pessoas, nem ao menos pensando neles.
    Costumo dizer que: quando mais pensamos em nossos problemas, maiores eles se tornam, pois ganham uma atenção especial, virando assim, algo maior que nossa própria vontade de solucioná-lo.

    Não deixe-se ser menor que as barreiras, é necessário ser ainda maior que ela para poder ultrapassá-la.

    Sobre meu texto e sua vontade de publicá-lo em algum lugar. Não me importo, de verdade, a menos que não tenha minha autoria.
    E peço que caso o faças, me mande um link, ou algo parecido, adoraria vê-lo dissipando pelo universo virtual.

    Um beijo doce,
    Ótimo fim de semana à você.

    ResponderExcluir
  5. Complicada e perfeitinha, você é especial pra mim e principalmente para Deus, nunca esqueça que tem alguém que sempre lembra de você com muito carinho, que tem alguém que te ama muito e que sempre vai estar do teu lado, sempre vai ser teu amigo este amigo é Jesus o único em que você pode se agarrar nos dias tristes e nunca esqueça de mim Juliana Hunoff que sempre sera sua amiga ♥ Bju

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!