Sem importância

janeiro 21, 2012

E no meio de tudo e de todos a única vontade é fechar os olhos, sumir, se esconder, mudar de cep e até de cpf. Não é que esteja tão ruim assim, talvez esteja, não sei, só sei que com o tempo estou perdendo o tino, quase surtando há qualquer momento, à cada mancada alheia. Nervos à flor da pele, tudo ao extremo, todos os sentimentos. 




Procurar alguém para amar, quem te ame, quem goste de você, quem lhe dê afeto, quem converse com você, quem te dê atenção. E a carência te abraça, te beija e jura que nunca mais vai te deixar e você acredita fielmente nisso, perde as esperanças de um dia haver separação entre vocês. Não precisa ser história de conto de fadas, de cinema, com trilha sonora, só espero sentir um frio na barriga e minhas mãos suadas de tanto nervosismo por não saber o que fazer, falar e sentir quando te ver. 

You Might Also Like

9 Comentários

  1. às vezes, eu acho que as pessoas se contentam com pouco. se pode ser tipo filme, se pode ter trilha sonora, por que não querer assim? precisamos aprender a querer o melhor! ;)

    e é claro que eu te desejo o melhor dos melhores!

    beijas, diva ;*

    ResponderExcluir
  2. Foi tipo assim que me senti ontem (e desde quando mesmo?).

    ResponderExcluir
  3. Eu tô querendo ficar tão sozinho, às vezes. Sem ninguém por perto, quase "forever alone" mesmo

    ResponderExcluir
  4. Carência é um perigo, sempre digo.
    Faz a gente acreditar fácil em falsas promessas e depois fica só a dor...

    :(

    ResponderExcluir
  5. Belo texto, agora tem que botar em prática!
    Mas como disse nossa colega acima, tem que saber identificar carência de paixão.
    Nos vemos no Face...
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Todo mundo tem carência, fatíssimo. Mas as pessoas devem saber que há um meio de fugir disso tudo. E não é morrendo nem nada. É só seguindo em frente e acreditando que um dia a gente encontra alguém legal - mas sem se agarrar em falsas expectativas.

    Beijo! :*

    ResponderExcluir
  7. A vida, acho eu, não anda fácil para absolutamente ninguém. A carência, bom, é uma coisa dificil de lidar porque graças à ela, geralmente nos agarramos na primeira oportunidade e acabamos com os maiores erros.

    Flor, saudades daqui. Eu voltei, já com tudo, mas estou sofrendo pra recuperar pelo menos a sombra do que era antes. :(

    Beeijos.

    ResponderExcluir
  8. Não se procura alguém para amar ou um amor, o amor simplesmente acontece.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. que lindo, nati... mas é verdade, sabe.
    acho que todos nós temos essa necessidade de sermos mimados um pouco, principalmente por quem amamos. é complicado quando isso acaba depois de um tempo, sabe... dá um aperto no coração, seila, vontade de voltar no passado. mas a gente nunca pode mudar o futuro partindo das expectativas de uma mudança alheia. o que vale é ser forte e mudarmos nós mesmos. quem sabe as coisas não melhorem, independente do destino, né?

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!