Não era isso que eu queria dizer

junho 10, 2012


Eis que voltamos ao mesmo lugar de sempre, agora um pouco mais diferente e madura, mas não totalmente independente, com os mesmos personagens, com atitudes diferentes, não todas, mas quase. É, as coisas evoluem. Talvez um dia as coisas melhorem mais do que agora, ou continuem do jeito que estão, e eu não continue mais por insatisfação, decepção ou ambição. O fato é que no momento eu to curtindo, pretendo continuar, mas pra isso acontecer muita coisa tem que mudar, tanto desse lado quanto do lado de lá. Nada é tão fácil e divertido quanto parece ser. A grama do vizinho é mais verdinha, porque é artificial. 

You Might Also Like

6 Comentários

  1. Nossa, adorei! "A grama do vizinho é mais verdinha, porque é artificial."
    Cuidado com essa historia de rever o mesmo filme na esperança de um final diferente.

    ResponderExcluir
  2. quando a mudança é necessária mesmo, ela acontece sem a gente perceber.

    beijas, Nati ;*
    s2

    ResponderExcluir
  3. "A grama do vizinho é mais verdinha, porque é artificial."
    Gostei!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  4. "A grama do vizinho é mais verdinha, porque é artificial." Essa eu nunca tinha ouvido, mas gostei, viu? Bem mais do que a versão original...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Pode ser o mesmo lugar, mas sempre as pessoas são diferentes. Essa frase final do texto é perfeita!

    Beijos ><

    ResponderExcluir
  6. "A grama do vizinho é mais verdinha, porque é artificial." Isso acontece mais vezes do que a gente tem conhecimento.

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!