Diferenças

maio 31, 2009

Pensar no que fazer amanhã, pra que? Quem te deu a certeza de que amanhã você estará vivo? Ninguém. Temos que aproveitar o máximo das pessoas que convivemos no dia-a-dia. Seja ela quem for. Tiraremos tudo da nossa frente e iremos à diante sempre, contente. Olhar pro horizonte é o que mais me encanta. Ser feliz é o que desejo daqui pra frente. E você está esperando o que? Pra sair de perto das pessoas que não te trazem bem algum. Pra parar de viver só de status. O mundo gira e não só na sua volta. Olhe para os lados pelo menos uma vez. Toque na alma de alguém pelo menos uma vez. Faça um amigo meu sentir uma ventania quando te vê e procure a pessoa que te fará sentir. Sentimentos todos têm. Esqueça a vergonha e demonstre - os da forma que você achar melhor. Vá atrás da pessoa que você ama, tome coragem, nem que seja para ouvir um não. Chore sempre que sentir saudade. Desabafe com alguém. Tente quebrar suas barreiras. Viva diferente pelo menos uma vez na vida. As atitudes impulsivas são as mais sinceras que existem.

- Talvez para vocês que estão lendo essas frases perdidas agora, não faça sentido algum. Mas pra mim faz e muito.
- Eu fico tão feliz por descobrir novos blogs, pensamentos quase diferentes ou totalmente opostos aos meus e que no momento pessoas lêem meus sentimentos aqui escritos. Desde sempre. MUITO OBRIGADA!
- 72 seguidores. Muito obrigada!
Escutem Carry You Home - James Blunt

You Might Also Like

19 Comentários

  1. Os planos para o amanhã sempre acabam dando errado,é melhor deixar a vida nos levar,rs,adorei o post Nathy,beijão querida e boa semaninha.Agradecida por sua linda presença em meus posts.

    ResponderExcluir
  2. realmente ser impulsivo é uma bênção!!!
    há quem diga o contrario! mas sabe? pouco me importa! pq o que vale mesmo é viver tudo ao mesmo tempo e AGORA!!! Live life nooow!!! hehehe bjooos

    ResponderExcluir
  3. Carry you home já me fez chorar horrores, hehe.

    ResponderExcluir
  4. Isso aí, Natty! Vamos quebrar as barreiras!
    Gostei do novo lay!
    Bjoooooooo!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu era uma das pessoas que dizia ser insensível e fria, mas eu tô quebrando minahs barreiras e encontrando sentimentos. Todos realmente tem sentimentos, só precisam encontrá-los.
    Adorei teu texto, teu blog.
    Obrigada por ter passado no meu, eu já postei lá.
    Eu tava extremamente ocupada, só psoatndo o necessa´rio, ams acho que agora eu vou voltar a escrever mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Sabe, Nah... Eu era assim, mas mudei muito esses últimos cinco meses. Não têm como você ir atrás de quem ama nem que seja pra ouvir um não ou dizer tudo o que pensa, ou viver assim como se o amanhã não existisse. Você acaba se expondo demais, ou sendo mal-educado, ou sofrendo desnecessariamente. Eu aprendi com a prática, mas, se pudesse voltar no tempo, erraria tudo exatamente igual.

    Bom texto e eu respondi sua pergunta lá! Se cuida!

    ResponderExcluir
  7. Fofa,

    Concordo com vc!
    Precisamos viver o hoje, intensamente!
    Sou impulsiva, gosto de ser assim... Mesmo as vezes "metendo os pés pelas mãos", essa é a certeza que eu tenho que estou viva e feliz!
    E tem certas coisas que ninguém tira da gente...
    Ótima semana!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  8. Acho que vou dispensar o meu analista...

    A cada dia que eu leio esse blog, eu sinto mais vontade de escrever!

    És minha inspiração!
    Minha confidente!
    Minha analista de plantão!
    Já faz parte de mim!

    Quando leio esse blog, eu vejo o teu rosto falando, vejo as caretas de reprovação, vejo a risada escrachada.

    Bjo bjo.

    ResponderExcluir
  9. amo os teus post! *-*
    adorei, e as mesmas frases que tu escreveu eu ja disse pra muitos e ja pratiquei algumas delas.

    :*

    ResponderExcluir
  10. hj vim rapidinho so pra desejar boa semana
    bjsss

    ResponderExcluir
  11. Natty!!
    Muito obrigado por me seguir, minha 13ª seguidora. Vc não sabe o qnto é difícil seguir e ser seguido, talvez vc saiba.

    Sobre a postagem, acho que aproveitar a vida é válido desde que saiba viver com responsabilidade e fazendo coisas boas e agradáveis a Deus. Curtir o horizonte, conhecer pessoas, enfim, amo muito tudo isso. Às vezes é bom um tempo só para nós, para refletir a vida.

    Sempre que puder estarei aqui visitando o seu mundo.
    Fica com Deus e tenha uma semana abençoada!
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Dpois faz o favor de mudar esta postagem tah?! Eu heim,falta de respeito com o 73º...
    AUSHUAHSUHAUSHA

    =D

    Tenho a honra de fazer parte do grupo de seguidores!
    teh +

    ResponderExcluir
  13. Se eu pudesse lhe dar um conselho, eu lhe diria para não pensar no que os outros vão pensar, mas pensar nos outros. Eu lhe diria para viver e ser feliz, mas lembrando-se que as pessoas ao seu redor também merecem viver. :*

    ResponderExcluir
  14. eu amei esse texto, Natty (se é que eu posso te chamar assim). sim, eu amei esse texto e tbm amo James Blunt (:
    SIMPLESMENTE FÃ DELE, E DE VC *---*

    ResponderExcluir
  15. Olá amiga Natty é sempre uma grande satisfação voltar aqui, registro minha gratidão por sua amizade, atenção e gentileza, obrigado mesmo de coração por sua visita e comentário, tudo isto nos fortalece e aproxima. A casa é nossa volte sempre. Saiba que admiro muito o seu trabalho. Realizado sempre com muita Inteligência e excelente qualidade, parabéns pela excelente escolha, ótimo texto, tema muito interessante, reflexivo e importante, gostei, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho.
    Quero compartilhar com você o poema abaixo de Vinícius de Moraes:
    “Certas palavras podem dizer muitas coisas;
    Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
    Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
    Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
    Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
    Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
    Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
    Desejo uma semana repleta de grandes realizações e alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir
  16. Eu assisti "Ensaio sobre a cegueira" no cinema e no colégio, na aula de Sociologia. Não sei se tu assistiu, mas se não, VALE MUITO A PENA. Enfim...

    Vendo primeiramente no cinema, é claro que tirei minhas conclusões, que refleti e que pensei - chorei também, mas de raiva do que de qualquer coisa.

    Mas o interessante foi o debate sobre o filme que tivemos na aula depois de ter assistido em conjunto. Também fizemos uma experiência: nos vendamos e saímos pelo colégio.

    Dentre as milhares (e sim, são MUITAS) reflexões que o filme provoca, uma me chamou atenção como coisa que eu nunca havia pensado antes: e se eu, no alto dos meus 16 anos, ficasse cega?

    Essa simples sensação me fez aprender tanto sobre como valorizar essas coisas "bobas" que temos (como o poder de enxergar), de aproveitar os meus dias, de explorar melhor meus "dons"... Tanto, tanto pra dizer, pra sentir, pra VIVER.

    Dá até uma angústia de não poder fazer tudo correndo assim, pra sentir uma sensação de alívio. Mas agora já aprendi, quero mudar algumas coisas...

    Recomendo muito muito muito o filme, viu?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Ah! Esqueci de dizer: que lindo esse novo layout do blog. Adorei!

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!