além do horizonte existe um lugar (...) ♪

outubro 22, 2010

Dentro de você existe coisas que não sei porquê.
Dentro de você é um querer de não mais.
Eu já estive dentro de você.
Hoje não estou mais, talvez saiba o porquê.
_
Aqui dentro é tudo repetitivo,
Dentro de você também seja.
_
No fundo todos sabemos como é,
porém não queremos enxergar.

You Might Also Like

10 Comentários

  1. Vc fez esse poema?
    Porque tá PRIMOR!!! Beijãão

    ResponderExcluir
  2. às vezes, a gente sabe e enxerga muito bem, mas cadê a coragem de admitir?! '-'

    beijas, nati :*

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, super meu momento esse poeminha! :#

    ResponderExcluir
  4. dis o velho ditado popular: o pior cego é aquele que nao quer ver!
    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Amores vem e vão, então é preciso tirar o melhor deles e seguir em frente...

    ResponderExcluir
  6. Gostei do post. Exposição de dilemas sempre faz a gente pensar nos nossos próprios dilemas. Sempre temos alguma coisa em comum com eles.
    ;*

    ResponderExcluir
  7. Amei, Nati! Gostei da dose certinha de intensidade que você pôs nas palavras. Ficou incrível!

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  8. Mais do que amores que vem e vão, a coisa é tão rápido hoje em dia e já é difícil saber o que se passa dentro de uma pessoa que é uma grande aposta, acaba que no fim ainda queremos ter a dúvida, mas realmente descobrimos e sabemos o que está lá, não admitimos. Confuso né? ^^

    ResponderExcluir
  9. agora me diz: o que nós queremos enxegar mesmo? hm, nada!
    rsrs
    ei, oi nati! lembra de mim? márcia amaral, in melody...fiz um novo blog porque tava super sumida ne, to te seguindo, beijos

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!