Autores

um - verônica h.

fevereiro 19, 2012


Quando não quero mais ser eu, faço uma tatuagem. Mudo o cabelo, troco de emprego, de amigos, mudo tudo. No fim acabo sobrando de frente pro espelho e sou eu de novo, um pouco mais colorida, um pouco mais solitária, bem menos humana e sociável. Eu me volto pras palavras e venero seus encantos, como se por me descreverem pudessem me bastar. Palavra não faz carinho, menina, palavra não dá colo. É de abraço que eu preciso quando não há mais letra, tatuagem, tinta, papel, caneta, poesia. Quando não tem mais rima, é de corpo e conforto que eu preciso.
Verônica H

You Might Also Like

1 Comentários

  1. Também preciso de um abraço e de um conforto de vez em quando!

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!