indignação

Você, você, você

outubro 13, 2015

Por causa da cor da tua pele, tu não pode pagar o táxi, falar mais de um idioma, não pode conhecer os restaurantes mais caro da cidade e muito menos sair fora do país. Não pode adquirir um carro, uma casa, nem pode casar com alguém que lhe ame de verdade e se engravidar em seguida é golpe do baú. As únicas profissões que você pode ter são como empregada doméstica, babá, cozinheira, não estou desmerecendo, pois são dignas, porém não há uma gama maior de escolhas, se você quer ter outra profissão tem que ser o melhor sempre para poderem te valorizar e conseguir um cargo em uma empresa pioneira na área que você escolheu. Você tem que servir sempre.

Até quando você vai ter que ouvir que isso é mentira, que não se faz justiça com as próprias mãos, mas os direitos humanos não te defendem o suficiente, você não é tratado igual as pessoas da pele branca. Na vaga de emprego, você pode ter mais experiência, mais escolaridade, mas escolhem a pessoa que tem a pele branca, mais clara, mesmo ela não sabendo nada, pois querem boa aparência. E você não tem boa aparência por quê? Porque você tem mais melanina, porque seu cabelo não é liso, porque você não tem perfil para preencher a vaga, porque eles são racistas mesmo dizendo que tem amigos negros. 

Se uma branca pinta o cabelo de vermelho/azul/amarelo/roxo, fica lindo.
Se uma negra pinta, já dizem: -" Só podia ser coisa de nego mesmo, que negrice."
Não entendo onde está a diferença, eles tem liberdade de fazer o que bem entendem e tudo ser lindo, e nós? Tudo é coisa de nego, é negrice. Isso tá errado, não é assim que tem que funcionar, somos maioria e não podemos nos render e nem obedecer as "regras" implementadas por eles, pela sociedade. 

Somos mais do que dizem, do que criticam, do que abdicam. Temos capacidade de ter, ser e acontecer conforme nossas vontades. Respeitem - nos! Parem com as piadas e com os pré conceitos, pré julgamentos. Abra os olhos, mude o pensamento, aceite as diferenças.

You Might Also Like

1 Comentários

  1. E vivemos em um país que se diz ''livre'' do preconceito.
    Mas sabemos que não é bem assim, isso me revolta, tanto pelas questões raciais quanto homofóbicas e tantas outras...

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!