A ansiedade na quarentena

by - 8.7.20


Não sei nem em que dia da quarentena eu me encontro, porque tô super perdida. Acho que tá todo mundo assim pra falar a verdade. 
Entrei e saí da quarentena, por ter que voltar a trabalhar e agora por causa do decreto estou em quarentena faz umas três semanas quase.

Agora é de madrugada, estou deitada, com as pernas dobradas, maxilar trabalhado na pressão, corpo meio dolorido e coração acelerado. A ansiedade está te mandando um oi, pq ela tem me acompanhado há tempos. Hoje tá sendo bem um diário mesmo, algo que eu preciso compartilhar bem diretamente com quem está aqui todos os dias ou espera que eu escreva todos os dias.

Falando nisso, desculpa aí, é que não é sempre que eu tenho inspiração ou ânimo pra escrever, mas quero. Tô aqui agora, espero que amanhã também. 

Espero que, mas não quero criar expectativa que a ansiedade saia de mim de alguma maneira nesse momento, nos próximos meses, que eu consiga voltar a ficar 24hr sem nenhum sintoma. 
Conversar comigo mesma é na solução às vezes, é o que tem dado certo, assistir vídeos aleatórios no TikTok e ver alguns posts num grupo no Facebook sobre hoponopono antes de dormir é o que tem me ajudado.

Acredito também que me distrair nesses momentos é a melhor coisa que eu posso fazer. Em casa no inverno com tantas coisas acontecendo lá fora, são coisas que eu não posso controlar, não tenho controle algum, mas em partes me incomoda muito. 

Por hoje, acho que é isso. 
Tô num momento quero escrever muito e no fim não escrevo nada com nada. Faz parte da vida. 

Paz na caminhada!

You May Also Like

0 comentários