29/07/2010

não quero mais isso

fiz o que achei que deveria fazer, e farei quantas vezes mais forem necessárias, independente do que irão pensar. o que eu sinto não é para ser escondido. te revelei, mesmo você sabendo. criei uma nova expectativa, uma esperança, mas novamente não deu certo. ao menos tentei. desistir jamais. enquanto o sentimento existir vou ir atrás de você. se é errado ou certo não sei, apenas faço o que meu coração manda, por mais repetitivas que sejam as ações. o meu coração acelerou - a força não é a mesma de antes -, um nó se criou na garganta, achei que lágrimas iriam escorrer, mas não, ficaram presas, traumatizadas ou secas. li, foi melhor do que esperava e não era o que eu esperava. sei que você poderia nem ter me respondido. apesar de tudo o sentimento ainda continua, meu coração ainda acelera quando eu te vejo, e minha língua mexe dentro da minha boca fazendo um esboço de um eu te amo ainda, volte para minha vida. e com certeza, tento te esquecer, mas tudo o que escrevo é sobre você. te ver me deixa feliz, mesmo não falando. lembrar e relembrar as nossas coisas, me faz chorar. choro quase todas as noites pensando em ti, pensando em nós duas. não tenho vergonha de expor meus sentimentos. tenho vergonha por não ter feito muito mais coisas para os teus sentimentos por mim não terem acabado. bom, eu ainda te amo, é isso.

só para deixar bem claro: esse texto não é para um homem.

22/07/2010

Partes de mim - 21/07

" Continuar gostando de você não é uma coisa que eu deva me orgulhar ou pular de alegria, afinal é tudo tão platônico, é muita ilusão. Isso ainda acontece porque você me dá esperanças, fala o que eu quero escutar, coisas que nunca teve a capacidade de dizer, tolice minha ficar te escutando, talvez eu goste disso, um pouco sádico até."
_
Há tantas coisas que eu não consegui te dizer quando estava junto de ti e não consigo dizer quando te vejo. Talvez seja porque a ponte que nos ligava tenha sido destruída, um pouco por mim e o resto por você, não sei realmente a ordem da destruição. Perdi por muitas vezes a oportunidade de ficar quieta, mas o que minha boca não falou, meus dedos gritaram, tão alto que até que não deveria escutar, escutou. Me arrependo em partes, por ter falado demais, agido menos. Não te dei espaço, te cerquei, exigi, reclamei e sofri, aliás, ainda sofro. Hoje sei que é tarde, porque o amor que reside aqui dentro do meu coração, não é mais suficiente para a reconstrução da ponte e para o resto acho que não existe mais amor, sinceramente não sei. Foram muitos os nossos planos, nossas promessas, infelizmente nenhum se concretizou. Se foi assim e está sendo, é porque tinha e tem que ser. Nem tudo é perfeito, como queremos. Mas te ver, raramente, já me faz feliz e triste, pois não nos falamos mais.

amigos de verdade não se vão ♪

08/07/2010

Me recuso!

Cansei de ser boba. Me entregar de corpo e alma as novas amizades e só abrir os olhos quando é tarde demais. Elas acham que podem usar e abusar de mim, mas não é mais assim. Mudei. Abro meus olhos desde o começo e não me entrego mais como se tivesse nascido com elas, pois elas nunca foram dignas de me tratarem do mesmo jeito que eu as trato. Só existo quando precisam desabafar, de camera, isopor, companhia pra bater perna na rua no frio, roupas ou sapatos, mas pra sair pra se divertir, agitar uma festa, nessa parte deixei de existir. Já estou acostumada com isso. Antes me desabava chorando, mas hoje não, não perco mais meu tempo e nem desperdiço minhas tão preciosas lágrimas com esse tipinho de pessoa. Dei valor demais, mas não recebi e não recebo nem a metade. Então me venham reclamar. Não sou mais a bobinha carente de antigamente que faziam de gato e sapato, que eu fazia de tudo para agradar, defender. Hoje, eu trato com a mesma importância que me tratam. E fora, que quando eu preciso de alguma coisa, nunca estão ali de mãos estendidas dispostos a ajudar, mas eu tenho que estar. Não, muito obrigada, de "amizade" assim eu tô legal. (y)
se tu fez o bolo, que coma sozinha.

04/07/2010

Coração, Coração, Coração ♪


Desde o dia do meu primeiro beijo - talvez você também-, idealizo um príncipe encantado, busco meu único e perfeito amor, torcendo que se torne realidade e para que deixe de ser uma mera ilusão da minha cabeça e do meu coração. O que eu sentia ontem, hoje já está diferente, mudou. Não é a mesma coisa e nunca será. Na euforia do momento faço mil e uma declarações, mas no outro dia a euforia já foi embora e o momento absoluto de paixão e cegueira se foi. Começo a rever os defeitos, é aqueles que fizeram nosso namoro desgastar e chegar ao fim. Mesmo tendo sentimentos aqui dentro tudo acaba, como nunca devia ter começado. Não é arrependimento. Só que seria melhor se tivéssemos amnésia, assim recomeçaríamos todos os dias do zero, com a mesma magia, amor e euforia do primeiro dia de namoro, melhor, das primeiras semanas. Porque depois de um mês não era a mesma coisa do que na primeira semana. Minhas expectativas foram muitas, meu contentamento foi zero, esperei demais de uma você, uma pessoa que se acomoda com as coisas muito fácil, isso não serve pra mim. Quero uma pessoa igual a mim, que seja romântica, mas que não seja tão meloso, infantil e ignorante quanto você. Me declarei muito, toda vez que tentamos voltar, afinal você me disse que seria bem diferente, pois tanto tempo já tinha se passado desde a nossa milésima separação. Quem sabe algumas coisas já tivesse caído no esquecimento, mas não. Fiquei sabendo pela sua boca mesmo, todas as barbaridades que você fez comigo enquanto estávamos juntos e até uma semana atrás eu não sabia, agora já sei. E sinceramente, tenho que tomar vergonha na minha cara e parar de tentar reatar um relacionamento cheio de mentiras, persistir no erro é burrice. Vou regar meu jardim para futuramente recomeçar do zero com uma outra pessoa.

Espero que alguém leia e goste.

01/07/2010

Sonhar - 28/06

Maquiar um sonho para tentar transformá-lo numa satisfação temporária não passa de uma ilusão e muita perda de tempo. A maquiagem dura apenas 24hrs. A cada amanhecer aplico de novo, em especial nos olhos. A saciedade vai perdendo força com o passar dos dias, assim como a máscara para os olhos, sinal de que não proporciona o efeito que eu espero. Depois de um tempo troco, buscando alcançar a primeira aparência, a tão desejada, sonhada. Mas tem prazo de validade, e enquanto não consigo obter a imagem que quero sem máscaras, vou passar o tempo com um pouco de maquiagem até o prazo de validade vencer, me cansar de usar e parar. O sonho aquele de conquistar a primeira e única aparência, o meu único amor, só aumenta a cada dia, mais e mais. Quanto mais 24hrs se passam, pior fica o que eu vejo, a carência faz parte disso.

Talvez isso se realize e essa história de máscaras tenha que acabar.
Nada faz sentido, só para quem sente, eu. Lutar até o fim pelo o
que se quer é o melhor a se fazer. Está relacionado com o texto abaixo.