Mostrando postagens de Maio, 2011Mostrar tudo
trinta de maio de dois mil e onze
O que vale a pena para você?
Que seja
Preferindo o virtual do que o real
Sem sentido com todo sentido
tudo passa, menos a dor
não volto mais