30/12/2011

Não somos únicos

Tumblr_lwxy3623oz1r8l49mo1_500_large

E se você tivesse para onde correr quando sofresse humilhações, quando fosse mandado embora de casa, será que você seria igual ao que é hoje? Será que você sabe o que é estar em segundo plano há anos? Querer ter liberdade e não ter recursos suficientes para poder usufruí-la.

E de longe você vê que tudo não passa de uma absurda mentira que todos cegos insistem em acreditar, tentamos abrir seus olhos para a realidade, para a verdade, mas não adianta, eles insistem em vestir suas vendas transparentes, como se fossem lentes obrigatórias.

Optei em falar antes de acontecer e deixar com que seus corpos e corações padeçam antes de pensar. Os que se acham mais espertos sofrem mais do que os que são realmente espertos.

É difícil demais não se envolver no ponto alto da carência, onde a inocência e a cegueira toma conta de nós por inteiros. Temos a certeza do que vai acontecer e mesmo assim insistimos em reviver a mesma história sempre com os diferentes personagens que aparecem ao decorrer do tempo em nossas vidas. Não podemos colocar a culpa no cupido, até porque talvez, ele não tenha nos encontrado ainda, no lugar certo, na hora certa e o mais importante, junto do nosso par, aquele que dizem que a vida reservou pra nós, mas que talvez já estejam junto de outras pessoas.

Enfim, fuja do que te atormenta, viva tudo o que tem que viver sem medo de errar, porque é com os erros que conseguimos acertar, não é só nos problemas matemáticos que isso se aplica. Isso tudo implica na nossa, com a nossa vida que por alguns instantes a vemos perdida, perdidos, sem ter para onde correr, sem ombros para banharmos com nossas lágrimas salgadas de dor, sem um abraço para nos dar impulso para continuar a viver. Independente de todos os sofrimentos, obstacúlos e decepções, temos que continuar a viver, porque nascemos para ser feliz e não para sofrer. 

Deixem esses sofrimentos desnecessários por pessoas que não se lembram de vocês, de nós para nada, para essas novelas mexicanas. Até porque não somos obrigados a viver e nem assistir à essa breguice.

25/12/2011

Intolerante


Cheia de rompante, com a tromba maior que a do elefante, se achando a gigante diante de tudo e de todos, sempre pensando que as coisas vão ser como antes. Iludida, tentando seguir em frente e achar um par para seguir junto na mesma estrada, busca quase impossível. Três pessoas pra formar uma perfeita. Irritada irritante,  não consegue mais dizer o que quer sem ferir quem está ao seu redor. Psicologo, psiquiatra, ninguém vai resolver o que ela nem sabe o que é, indecifráveis sentimentos que a perturbam. Policiar-se a cada segundo será a solução até voltar ao normal, se esse não for o seu normal. Dedos apontados julgam, criticam. Ninguém precisa disso. Tolerar o intolerável é um ato que desafia a paciência até que chega um momento em que explodimos e ficamos explodimos todos que estão ao nosso redor. Sem mais!


14/12/2011

8 dez. 11 - 1ª tatuagem



As tatuagens são uma maneira de sofrer pelas coisas que têm um real significado para ti.
 Na realidade, até gosto da dor. Alivia-me.
Amy Winehouse

Vendo a minha tatuagem você não sabe o que é? Nunca brincou com uma dessas com os seus amigos? Essa é a flor chamada de Dente de Leão, é aquela branquinha que quando assopramos  suas pétalas voam. Todo mundo me pergunta porque eu a fiz, uns gostam, outros não gostam. Por  mim tanto faz como tanto fez. O corpo e o dinheiro são meus, faço deles o que quiser. Cada um com os seus problemas. É, eu sei, fui um pouco ignorante, mas se eu não for assim as pessoas vão dar mais palpites do que já dão na minha vida.  Voltando, quando estava procurando a imagem, procurava algo que fizesse sentido para mim e que fosse diferente, que eu nunca tivesse visto antes. Então achei, essa flor lembra a minha infância, quando eu tinha 5 anos, morava num condominio que tinha um jardim lindo e nele tinha várias flores que nem a tatuada no meu braço esquerdo, era muito feliz, a minha única preocupação era brincar. 

Se quiser fazer uma tatuagem, pesquise o lugar, a imagem - uma que faça sentido e não só porque você achou legal - e a parte do seu corpo. Não faça por impulso para não se arrepender depois, para fazer uma remoção - que não é completa, porque fica resquícios - é R$ 5 mil pra mais até. 

12/12/2011

Você conhece a liberdade?

Os anos se passam, mas a cada minuto uma decepção nova com as mesmas pessoas ou com outras. Tudo na vida é aprendizado, não adianta se excluir, tentar mudar o comportamento, o sofrimento parece te perseguir por todos os lugares. Na rua temos como escapar, fugir, se esconder, fica calada e nada acontecer, mas quando é em casa não temos como escapar, o nosso escudo não funciona. Escutamos calados tudo o que nos é dito, sem dó nem piedade pelo falador que diz nos amar, nos momentos que os convém. O que eu, você, nós queremos é liberdade. Não a encontrei ainda, mas a quero, o mais rápido possível de preferência. Para só assim poder viver tudo o que a vida está reservando pra mim futuramente. Hoje sim, entendo o porque que as pessoas mudam-se da casa dos pais, é porque a tolerância acaba, se esgota, muda de lar, muda-se de nós e vai para o outro sem nem ao menos avisar, não há quem a faça voltar. Enfim, esperanças eu tenho de encontrá-la ou dela me encontrar. Que assim seja.

First love - Adele  

01/12/2011

One and only


E se você namorasse comigo, talvez eu mudasse. Me maquiaria todos os dias, pintaria minhas unhas toda a semana, faria um penteado diferente a cada 5 minutos, tudo apenas para te agradar. Não é que eu não goste de mim, é que isso não me agrada, mas por você faria até mais, tudo que fosse capaz. Como você não quer, não me quer, não farei nada do que desejas. Cansei de fazer e você não me valorizar. Então, desde ontem de 2009 vivo o que tenho que viver com quem aparecer no meu destino, mesmo que por apenas um dia ou uma noite, nunca passa mais do que isso. Talvez seja falta de vontade da minha parte em investir ou promiscuidade demais da minha parte na hora do desespero, naquela hora quando o meu olhar é retribuído da mesma forma. 

E do que adianta eu escrever sobre isso mais uma vez de tantas milhares de vezes se você não vai voltar e muito menos ler?

24/11/2011

Daydreamer


As pessoas tem que entender que a minha realidade é diferente da delas, que o que eu quero pra mim não é o mesmo que elas querem para si mesmas, que meus objetivos são diferentes. Tudo em mim é diferente de você, dele, de quem quer que seja. Não queira criar expectativas. Não queira me subestimar. Não queira nada que não esteja ao seu alcance e se quiser corra atrás. Não queira pessoas que não existem além da sua imaginação. Aproveite os momentos diários, mesmo que sejam temporários e acabem quando você acordar, aproveite tudo o que Deus está te dando e tem para te dar nessa vida, porque nunca sabemos sobre o dia de amanhã e seríamos muito imaturos, ignorantes para tentar adivinhar. Não viva de planos, viva de coisas concretas. Seja feliz hoje sem pensar no amanhã. 
seja o que tiver que ser, faça o que tiver que fazer.

19/11/2011

Despedidas

Tem dias que me dá uma vontade de chorar, uma saudade de todos que passaram na minha vida e que eu queria muito que tivessem permanecido. Pensando bem, sinto isso todos os dias, mesmo que por segundos, quando me distraio no meio da multidão. Os detalhes me fazem falta, as palavras e gestos simples. Lembrar dos antigos e dos atuais, me causa tristeza. E isso eu não quero sentir na maior parte do tempo, apenas no final de cada noite durante todos os dias da minha vida para escrever meus textos, pois é de onde vem a inspiração para cada palavra aqui escrita, desde 2008. 

Nunca sabemos quando as pessoas vão sair das nossas vidas e quando saem não avisam, saem sem se despedir. Por que é tudo tão doloroso? Será que para quem se vai também é? Talvez nunca saberemos com toda certeza.

não é um dos melhores, mas precisava escrever.

15/11/2011

Sobre não ter o que fazer e ter tudo para fazer

Sabe aqueles dias que tu está internet, tipo todos os dias, e não tem muita coisa pra fazer além de esperar carregar mais energia para teu sims para continuar a jogar the sims, ficar alone no msn, reblogar coisas do tumblr e tweetar que está no tédio? Pois é, estava super entediada e resolvi fazer um vídeo. Não é daqueles com altas edições e enorme de sei lá quantos minutos, tem apenas 14 segundos e foi editado usando os recursos que o YouTube disponibiliza. Então, quando não tiverem o que fazer, façam um vídeo também, ou não.



Com esse vídeo vocês vão saber como sou e escutar a minha voz, óbvio. Experiência legal, talvez eu faça mais um, mas não sei sobre o que ainda. Aceito sugestões.

Seja você, mesmo que seja bizarro. - Pitty

09/11/2011

Não é novidade

Na verdade procuramos a felicidade, a satisfação de ser quem somos e mais ainda a aceitação alheia, o apoio moral do desconhecido e do conhecido também, mesmo dizendo a frase clichê de não se importar com a opinião alheia. Não adianta vim dizer que estou errada, porque você sabe que no fundo estou certa. Queremos dar e receber amor, queremos andar de mãos dadas com a felicidade sempre, mas infelizmente as coisas não funcionam desse jeito. A nossa vida não será um "felizes para sempre" sempre. Temos nossos altos e baixos, coisas da vida. Perder as esperanças não é a melhor escolha nesse momento. Continuaremos agarrados nela para não fugir. Que assim seja. 

Você carente. Você querendo ficar com ele desde o primeiro oi. Ele bêbado, você bêbada, vocês ficam, apenas uma vez. Só que se não fosse o fato da carência e sua mente e coração serem influenciados, bem mais do que o corpo pelo tesão, você, eu, nós não estaríamos sofrendo por mais um sentimento platônico dessa vida de meu Deus. 




Escrever sobre tudo o que acontece comigo não resolve os sofrimentos, mas alivia minha alma e meu coração do que me sufoca. A necessidade de me expressar de alguma forma é imensa, então é por isso que escrevo. Não escrevo para seguir moda de ter um blog, até porque não faço muito sucesso mesmo. Escrevo para suprir minhas necessidades. Talvez isso responda a tua pergunta.

Observação: Ninguém pode me julgar.

30/10/2011

Mais uma coisa que eu não entendo

O que mais me incomoda não é o fato de eu ter perdido a minha infância, a minha adolescência, o meu gosto de viver, a felicidade, entre outras coisas mais dos 9 anos até hoje, os 19. Sim, 10 anos. O que mais me incomoda é o fato de eu sempre ficar em segundo plano, de sempre esperar o próximo mês para ganhar uma coisa ou então nem ganhar por ser maior e entender mais do que o menor. Podem se passar mais 10 anos, e ele sempre será o melhor, o mais paparicado, o mais afagado e eu a mais criticada. Eu só queria entender, o porque que as mães querem acertar com os mais novos o que erraram com os mais velhos e nas discussões sempre alegarem que estão dando a mesma criação que deram para o filho mais velho?! Sei que são perguntas sem respostas aparentes, mas no fundo todo mundo sabe que tem uma resposta, ninguém consegue formular com plena satisfação e convencimento, mas tem. Isso me irrita profundamente, porque elas privam os menores de fazerem as mesmas coisas que eu, você, nós fazíamos na idade que eles estão hoje e só faltam nos crucificar quando falamos que eles tem tanta capacidade quanto nós de fazer. Enfim, enquanto eu tiver chance e oportunidade baterei de frente, jogarei coisas na cara e lembrarei o quanto eu sofri e ele não sofreu. Sei que estou sendo rancorosa, que os tempos são outros, a qualidade de vida é outra, e mais ainda, que estou sendo muito egoísta, mas todos temos defeitos. Veja o vídeo.


28/10/2011

observação da semana

"Pesa-me, realmente me pesa, como uma condenação a conhecer, esta noção repentina da
minha individualidade verdadeira, dessa que andou sempre viajando sonolentamente entre oque sente e o que vê. E, por fim, tenho sono, porque, não sei porquê, acho que o sentido é dormir."
 - Fernando Pessoa

E do que adianta continuarmos lembrando do passado, sofrendo por pessoas que se foram há tanto tempo que parece até que nunca existiram em nossas vidas? Temos que ser as mudanças que queremos que aconteçam.

22/10/2011

iloveyou ♥

Olhamos para o tudo, enxergando nada, apenas buscando os motivos reais para os quais fizeram com que as pessoas que no passado declaravam pelos quatro ventos que não iriam conseguir viver sem nós, nos abandonaram, me abandonaram. Talvez eu nunca encontre, nunca encontraremos, o porque dos porquês.


Você nunca me disse adeus, apenas se foi, como se nunca tivesse chegado, como se nunca tivéssemos nos conhecido. Deixou-me lembranças boas e ruins, ilusão, decepção e principalmente, muita saudade. E diga-se de passagem, muito amor, muita dor no coração. Com você aprendi coisas que nunca imaginei que existiam. E hoje, todos os dias desde que acordo até dormir, tenho esperanças de ainda te ver e reviver pelo menos um dos melhores dias que passamos juntos. Enquanto isso não acontecer não irei sossegar, te procurarei até te encontrar e sermos felizes, sempre felizes.

12/10/2011

Finja que o amor não existe

O amor é uma mentira que o nosso coração insiste em nos fazer acreditar. Mesmo sabendo que as coisas serão iguais e só o personagem será diferente, continuamos, porque pensamos que dessa vez poderá ser diferente. Nos iludimos novamente. Agimos cegamente, a carência faz de nós cegos que enxergam apenas quando querem e fingem não ver o que lhe faz sofrer. Correspondemos ao primeiro olhar, começamos a conversar com 'más intenções', praticamente inocentes, deixamos nos levar e assim nos levam para o caminho da ilusão, aquele do qual tanto corremos depois que demos o primeiro beijo, que rolou a primeira transa e do primeiro teste de gravidez feito escondido da mãe é claro. Fugimos a vida inteira das ilusões da vida, seja com amores ou amigos. Seja com quem e como for, fugiremos eternamente, porque ninguém nasceu para sofrer por causa de uma outra pessoa que até ontem nem sabia que eu/você existia. Pensa bem, não vale a pena sofrer por um alguém que nunca vimos na vida.
Não ligue pra essas caras tristes
Fingindo que a gente não existe
Sentadas, são tão engraçadas
Donas das suas salas
 
Bete Balanço - Cazuza 

04/10/2011

O que será de mim amanhã? ♪

Sabe quando tu já está puta da cara com toda a situação, pessoa e ocasião? Não quer mais saber de nada e nem de ninguém? Tá cansada de ver todos os dias as mesmas caras, os mesmos papos, dialogar com as mesmas mentes pequenas? Seja virtual ou pessoalmente? É pra isso que eu não tenho mais paciência. A vontade da vez é de sair correndo sem olhar pra trás, pegar um novo rumo, onde tenha pessoas diferentes, que ninguém me conheça e que todo mundo que me conheceu um dia e que eu conheci, apenas me esqueçam, nos esqueçamos um dos outros como se nunca tivéssemos existido. Não iremos fazer falta pra ninguém, assim como não fazemos agora. E do que me adianta ficar dizendo sobre o que sinto para as outras pessoas que também desabafam comigo se elas não me entendem, não conseguem me entender e nunca conseguirão? Quando elas falam eu entendo e quando eu tento falar, quem vai entender?

27/09/2011

Tanto faz como tanto fez

E depois de tanto tempo que me enganei com muitas pessoas, hoje não crio laços com ninguém. No começo era um processo demorado, porque conhecia as pessoas e achava - por causa da carência - que elas nunca iriam sair da minha vida e muito menos parar de falar comigo. Mas, a vida me ensinou que as coisas são bem diferentes do que eu pensava, aliás, nem foi tanto a vida e sim as pessoas que passaram por ela. Não é lamentação e sim apenas uma constatação da evolução que eu tive com o passar dos anos. Antigamente era horrível  traumatizante, depois me acostumei com a situação e não sofri mais por causa disso. 

Te conheci agora, passo a conviver contigo durante 6 horas diariamente, mas isso não quer dizer que eu goste de ti a ponto de sentir a tua falta quando não estou contigo, não quer dizer que eu vá ser tua melhor amiga e não significa nada eu escutar os teus segredos e problemas e opinar sobre eles, afinal, tu é tão carente quanto eu. A diferença é que eu tenho uma válvula de escape e aprendi a lidar com os meus sentimentos e você ainda não encontrou o caminho para controlar o que sente e muito menos amadurecimento para saber com quem falar certos assuntos. 

Infelizmente, apesar de ter me acostumado com as idas e vindas de várias pessoas na minha vida, sei que foi para o bem que elas não permaneceram e talvez no fundo no fundo mesmo eu nem fazia questão da companhia delas. A maioria queria status, aparência e fãs, não tenho paciência para fingir ser quem não sou, não tenho paciência para usar roupas vulgares e maquiagens de palhaços e tenho personalidade o suficiente para ser quem eu sou quando, como e no lugar que quiser. 

Nasci sozinha, vivo - em termos - sozinha e morrerei sozinha, então porque que na altura do campeonato vou me importar com amizades se elas não fazem diferença pra mim?

Temos que aprender as lições que a vida nos dá toda vez que a dor é tanta que escorre pelos olhos.

21/09/2011

Um adeus ou um até logo


Infelizmente, a minha fonte secou. Faz dias que não escrevo, irão se formar semanas, meses ou até um ano sem eu ter o que escrever, apesar de estar tendo um motivo para escrever agora que é a minha ausência. Mas com certeza, não irei escrever todos os dias sobre a minha ausência até porque não vou ter mais o que escrever. Enfim, um dia eu volte. Já fiz e falei sobre isso antes e agora estou falando de novo. Nas outras vezes achei que iria ficar meses e mais dias sem dar as minhas palavras por aqui, sendo que no outro dia já estava traduzindo meus sentimentos em palavras pra vocês que me leem todos os dias, mesmo sem comentários. Aliás, isso nem importa tanto assim, o que importa é virem ler o que eu escrevo, o que eu sinto e minhas palavras modificarem vocês de alguma forma, seja por dentro ou por fora. Detalhe: um dia já me importei com isso, porque era imatura demais para entender e saber que não é porque as pessoas não comentam que elas não leem o que eu escrevo, escrevia e talvez um dia volte a escrever.


Não sei o que aconteceu direito, só sei que as minhas inspirações - sofrimento, tristeza e sentimentos negativos - sumiram há algum tempo, fico até feliz 99% e 1% infeliz por não conseguir escrever, porque foi escrevendo que comecei a me libertar do bicho do mato que vivia dentro de mim e que hoje não existe mais. Ainda bem. 
É, então é isso aí. Falei o que tinha que falar - não tenho muita certeza disso. 

Até a próxima. 
Beijos  

12/09/2011

Como lidar?


E se assim fosse possível voltar no tempo, talvez não tivesse aberto a minha boca sobre coisas que não devia e minha vida seria diferente. Não é ser mau agradecida e sim cansada de tudo o que se passa e vem se passando há mais de 10 anos. Antes, durante e depois de tanto sofrimento a única vontade é de sumir, desaparecer, seja de qualquer forma, pra qualquer lugar. De preferência onde não tenha ninguém de má fé para me repreender, reprimir, humilhar, me magoar, me fazer chorar. No momento estou aguentando, aliás, desde sempre. 


Se eu tivesse o poder, voltava no tempo pra tudo mudar ♪

08/09/2011

e depois, como vai ser?

O que me dá mais raiva é que tudo o que eu sofri ele não sofreu e nem sofrerá nem a metade. O que me dá mais raiva é que a razão nunca é minha, mesmo quando a regra é clara, que o preto é preto e o branco é branco. Ela faz com que tudo gire em torno dele todo o momento. O que me dá mais raiva é sentir tudo o que sinto e não ter com quem falar, apenas escrever e chorar. Infelizmente as minhas válvulas de escape não estão mais funcionando como antes, tenho medo de tudo acabar e eu não ter mais como desabafar ou o desabafo não ser mais suficiente para colocar tudo o que eu sinto pra fora.

03/09/2011

Um dia amigo, eu volto a te encontrar [...]

Eu queria saber o que você sente. Eu queria saber o que pensa antes de dormir, quais são os seus sonhos e mais ainda, poder fazer parte da sua realidade. Queria mudar os teus pensamentos machistas e preconceituosos sobre tudo e todos. Te fazer enxergar que a tua estrada está indo pro lado errado, você está seguindo um caminho errado que não vai te fazer bem. Porém, você é muito orgulhoso pra perceber isso e se deixar levar por quem só quer o seu bem. Enfim, quem sabe um dia as coisas se realizem, tudo seja feito do jeito que tem que ser. 

Quanto mais o tempo passa, mais eu vejo que não tenho mais o que escrever, infelizmente.

28/08/2011

Lamúria

Não tenho amores. Não tenho amigos. Os sentimentos seguiram o rumo do fim e se foram para nunca mais ou tão cedo não voltar. Por dentro é um vazio que me assombra diariamente, me perturba, então ocupo minha mente enquanto estou acordada, porque na hora de dormir sei que vou sonhar com coisas que não existem. Não quero pena, não quero dó, só quero e preciso desabafar. 
detalhe: não aguento mais essa hipocrisia.

21/08/2011

e o que me resta é continuar [...]



Além do que vemos nas pessoas há o que elas sentem e não deixam transparecer. Não nos importamos com os sentimentos e muito menos com os nossos, pois nos deixamos magoar até chorar de tanto sofrer, mas não nos damos conta de tudo o que acontece antes, durante e depois. E do que adianta tentarmos ser um alguém especial na vida de alguém se não conseguimos nem ser protagonistas nas nossas vidas? É também não entendo nada do que digo e nem do que penso. Só sei que no final fará sentido, talvez faça sentido.

15/08/2011

Como sonhar de olhos abertos?

Debaixo das cobertas é onde encontro a paz todas as noites e em todos os momentos que ainda posso ficar ali deitada, sonhando, longe de tudo que me aflige e de todos que me perturbam de alguma forma. É também ali que sonho ser feliz com um amor, ser rica e em não chorar mais por causa de coisas e pessoas bobas. Depois que levanto tenho que encarar a realidade, por pura obrigação e não por prazer como deveria ser. Mas do que me adianta ficar presa a sonhos se não posso dormir o tempo todo?
Tenho que encontrar a felicidade acordada, longe ou perto de quem está ao meu redor diariamente. Infelizmente, não é tão fácil como escrever essas linhas, como deitar, dormir e sonhar, é necessário mais esforço e envolvimento com todos os ingredientes da fórmula para ser feliz. Admiro quem consegue ser mais feliz acordado do que sonhando. Porém, no presente, a minha realidade é diferente e eu preciso mudá-la.

'Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar'.

Frase de Fabrício Carpinejar

09/08/2011

é tarde ♪



Olhar para o nada que existe no horizonte e pensar em tudo que fez, deveria ter feito e deixou de fazer por medo de arriscar, de tentar ser quem realmente é. Agora talvez, não adiante mais querer voltar atrás, resolver o que não ficou resolvido quando você saiu do ambiente ou o ambiente saiu de você. O melhor é seguir em frente, ir para outros ambientes, tentar mudar o que seu coração sente ficando perto de outras pessoas, porque continuar a bater na mesma tecla já não dá mais.

01/08/2011

29/07/2011

Bonita, vamo se liga?

Nossos olhos não olham mais para os mesmos horizontes. Os que nos fazia sorrir, hoje não nos fazem esboçar nenhuma reação, seja ela positiva ou negativa, não fazem diferença. Ninguém nunca vai entender o motivos dos muros que ficam ao seu redor, todos irão atirar pedras, gritar, mas ele não irá cair, pois com o passar do tempo e de tantas decepções ele se tornou mais forte. Conforme diz a bula, você tem que continuar a andar, seguir o seu rumo, sozinha e feliz. Tem que aprender a dar sorrisos sem companhia. Entenda que você nasceu 'sozinho', continuará sozinho e morrerá sozinho. Não adianta mais ficar se iludindo com os amores e amizades de anos de faz de conta. Acorda pra vida bonita, a tua realidade é outra. Prometa para si mesma que a partir de amanhã fará diferente de ontem e irá parar de chorar por causa de pessoas que não sabem o valor que você tem.

27/07/2011

História de Uma Pessoa Real - Parte X

Feliz ela era, eu era, há uns 4 anos atrás, quando matava aula e bebia vinho, tragava os mentolados escondido, tanto lá quanto aqui. Mais feliz ainda, ela era, eu era, quando corríamos atrás de uma pessoa comprometida, que apenas queria ter relações sexuais e nada mais. Apesar de me fazer sofrer, até que era divertido, tudo escondido, libertava o libido, a imaginação, e a vontade de mais e mais. Porém, era um escondido que todo mundo sabia, só não sabia quem não queria. Infelizmente hoje, nada mais acontece, o que acontecia era com uma outra pessoa que não chega nem aos pés do bonito do escondido. A magia é, era e sempre vai ser diferente. O presente não se compara com o passado. Agora não quero mais me aventurar, nem me relacionar com quem quer que seja, perdi a vontade de tudo e de todos. Vou apenas continuar a viver, sem a emoção de anos atrás.

não tenho vergonha.
quanta coisa a gente faz e depois quer voltar atrás ♪

23/07/2011

tá na hora de acordar e sair ♪

Você tem tudo o que precisa e banaliza sem a menor consideração. Faz coisas de quem não sabe viver, fuma, bebe e transa sem se proteger, tu acha que vai parar onde assim? Não to aqui pra te julgar, quem sou eu para tomar uma atitude como essa. Apenas quero que você entenda, que só quero o seu bem e nada mais. E você, o que quer? Eu não sei, eles não sabem, ninguém sabe. Do que adianta ser o mais popular, se iludir achando que tem milhares de amigos se todos nós sabemos que as pessoas só aparecem perto de você quando precisam ou quando você tem dinheiro. Tu não acha que já tá na hora de acordar? De entrar ou sair do casulo, fazer o que é melhor pra você, pra sua vida e não fazer o que os outros querem que você faça?

19/07/2011

Balanço

Nos desgastamos e desgostamos muito por causa de pessoas que não valem a pena, mas só descobrimos isso depois das decepções. Esperamos demais, queremos muito, criamos expectativas sempre, insistimos em continuar errando, na esperança de quem nenhuma pessoa é igual à outra, porém suas atitudes mostram-me que são totalmente iguais. Por hoje eu não vou mais pensar em nada. Vou tentar virar a página para continuar seguindo em frente. Talvez se eu evitar algumas pessoas não me magoe de novo e de novo, mais uma vez... Não quero mais isso.

10/07/2011

polígonos amorosos cansam demais

Por causa de você eu quero mudar de endereço e telefones, ir para algum lugar onde ninguém me conheça e nem saiba do meu passado junto de ti. No inicio era o caos entre nós dois, no meio era tudo lindo, azul e maravilhoso, mas no o fim foi trágico demais, tanto pra mim quanto pra você. Nunca quis que fosse assim. Nunca quis sofrer. Nunca quis chorar. Nunca quis tanto. Talvez seja fantasia, ou apenas ilusão. Não sei mais o que se passa aqui e muito menos aí, na verdade eu nunca soube. Enfim, seja logo o que tiver que ser ou então termine logo, porque te dividir é doloroso demais pra nós três. 

É sempre a mesma cena
Só te ver no corredor
Esqueço do meu texto (...)

06/07/2011

só não espere eu ir embora [...]

continuar a escrever milhares de palavras toda vez que necessário, não vai fazer com que a minha vida mude da água pro vinho, como eu quero. sair correndo com as minhas malas porta a fora também não adiantaria de nada, a próxima página não seria em branco para assim eu poder escrever as coisas como bem entender. infelizmente, há anos, eu descobri que as coisas não iriam ser exatamente como o planejado. talvez um dia eu encontre tudo o que perdi pelo caminho ou encontre outras para substituir as que se foram.
se escrevo é porque não preciso contar nada do que sinto para ninguém, até porque ninguém nunca entende tudo o que tenho para dizer. as coisas não são mais como eram antes, bom seria se nada mudasse.

02/07/2011

o meu jardim da vida secou, morreu, nem margarida nasceu ♪

não existem mais momentos para serem registrados em imagens em papeis gostosos de pegar. não há mais pessoas para sorrir, gargalhar, abraçar, beijar na boca e desabafar. não há mais lugares onde podíamos nos esconder nos momentos de desespero. não há mais nada para se fazer nesse tempo de desapego. chorar é em vão, sorrir a toa feito louca também não dá. sobreviver é o melhor jeito de continuar a viver. foram tantas as lágrimas choradas que hoje nada mais escorre dos olhos, a fonte secou. aliás, todas as fontes secaram.
observação: tomara que as de vocês nunca sequem.

28/06/2011

e agora eu só vou gostar de quem gosta de mim ♪

no fundo do seu coração existem pessoas que já te abandonaram, desistiram de você, que se foram para nunca mais voltar e que com toda a certeza você nunca vai esquecer. na tua mente os momentos mais bonitos e as palavras mais fortes, as que te fizeram sorrir e chorar, tudo muito marcante. a vontade é de apagar tudo, pular a página, quem sabe até mudar o livro pra ver se tem um novo começo melhor e um fim esplendoroso, que nem os daqueles filmes que você tanto assiste. infelizmente, para as coisas acontecerem não dependem apenas da minha vontade ou da sua, é bem mais que isso, não somos sozinhos no mundo, temos cordão umbilical ainda, invisível, você sabe que tem, não se faça de desentendido. você sabe muito bem do que eu to falando. são sentimentos que não vão se acabar se mudarmos de endereço, telefone ou de sexo. a cada dia que passa a vontade de deletar tudo o que aconteceu, todos os sofrimentos em vão e arrependimentos principalmente, é maior ainda, e a decepção de não poder fazer nada é como uma bola de neve. enfim, a vida é assim.

24/06/2011

preciso de você essa noite

na verdade o que eu queria te dizer é que ainda te amo e quero ficar perto de ti o maior tempo possível dos meus dias, mas me falta coragem pra abrir o coração desse jeito. sei que você vai me lembrar que abri meu coração pra tanta pessoa errada e te esnobei quando você merecia o meu valor. não posso fazer nada agora, o tempo passou, eu amadureci e tu também, só hoje consigo enxergar o tanto que errei, só quero tentar mais uma vez. nós sabemos que as coisas nunca irão dar certo. quero voltar no tempo e dar o valor que você merece, porque hoje é tarde demais.

19/06/2011

no escuro

Por mais que você seja sincera, nunca irão acreditar em você, no que sente principalmente. Vão dizer que tudo é bobagem. Eles são um bando de covardes que não entendem o que é sentir, o que é precisar para continuar a viver por completo. Na verdade, todos sabemos que eles fingem não saber, que pensam todas as noites antes de dormir quando irão encontrar suas almas gêmeas, sonham que estão no alto da torre esperando pelos seus príncipes e os sapos nas lagoas esperando suas princesas. Se tudo fosse mentira as músicas românticas não iriam fazer tanto sucesso quanto fazem. Todo mundo sonha, seja acordado ou dormindo. Todo mundo quer encontrar o seu par, seja na amizade quanto no romance. Não vamos mais mentir, temos que acreditar mais.

o que mais importa é o que sentimos e o quanto demonstramos, se seremos retribuídos são outros quinhentos.

15/06/2011

talvez seja hora de despertar

numa noite qualquer você vai acordar ofegante pensando no que poderia ter feito e dito antes, para que as coisas não dessem tão errado. não adiantaria tentar voltar atrás, porque o que foi dito nunca será apagado da sua memória e muito menos das memórias alheias, independente de onde você esteja. sua fala cheia de frases feitas e clichês não faz brilhar o olho de quem um dia se orgulhou em te ouvir, ou em até te ler. hoje, você não tem mais graça, e é apenas mais um fantoche criado pelas pessoas que não te admiram tanto assim. só quero que você entenda que o coração que bate hoje,  amanhã pode não bater mais.
há tanta coisa que eu tenho pra te contar, mas você insiste em fugir com medo de me escutar (...)

12/06/2011

o começo do fim

com olhos dispostos a chorar a qualquer momento.
as coisas continuam a acontecer e as pessoas a viver.
o coração continua a bater, porque ainda não parou,
tudo muito óbvio e clichê. os dias se repetem.

não quero mais pensar no que foi,
no que é e no que vai ser. são dores
que não valem a pena serem lembradas.

não se assuste quando procurar por sentimentos e não encontrá-los.

07/06/2011

São pensamentos soltos traduzidos em palavras ♪

preciso te contar um segredo hoje, que não é diferente dos outros dias, a diferença é que nos outros dias eu não consigo contar e nem digitar um "a" que seja. talvez hoje não mude muito, não consigo dizer tudo o que sinto sem me expor completamente e ficar refém de quem me ler. mas isso não importa, o que me importa no momento é saber tudo o que está se passando aqui dentro e conseguir traduzir em palavras. sabe aquela sensação de ter e saber que vai poder usar quando quiser, eu tinha, hoje não mais. hoje a sensação é outra, a de querer usar e não ter, não to falando de computador, to falando de sentimentos de verdade, aqueles que fazem chorar. só chorar, porque rir por causa de sentimentos, faz tempo que não sei como é... talvez eu nunca tenha sorrido de verdade. são incertezas, não verdades, tempestades em olhos de quem tem esperanças de um dia ter um final feliz com alguém, mesmo que o final feliz não exista e o pra sempre, sempre acabe. as dores continuam aqui, seja por ti ou por ele, talvez seja por aquele. é o tempo, só pode ser ele, ou nós. não sei de mais nada, a única certeza que tenho é que vivo por viver, pela obrigação de buscar infinitamente um final feliz, seja com 0 ou 3, masculino ou feminino.
me dê um motivo para voltar a acreditar que o amor ainda exista.

05/06/2011

30/05/2011

trinta de maio de dois mil e onze

Não adianta continuar no caminho errado se as placas apontam para o lugar certo.
Tire as vendas dos olhos, olhe o que realmente querem que você veja, acorde desse sonho que na verdade é um pesadelo. O tempo que vocês se conhecem não importa, o que importa na verdade é o sentimento, tudo que está aí por dentro. A carne não importa, o que importa é a alma. Quem vai para o 'céu' é ela, a carne fica para os bichos comer. Cuide de você, seja você, diga o que pensa e sente agora, para quem quiser agora, porque depois não adianta mais. O que irão achar? Isso não importa. Seja egoísta enquanto puder, porque ninguém se importa com o que você pensa ou sente. Pensa bem, isso é a mais pura realidade.
- "Você só atrapalha a minha vida". Ele disse isso depois de 6 anos. Cortei relações e não quero mais saber, essa foi a gota d'água. Foi você quem quis assim, depois não adianta se arrepender, relações cortadas. {e a galera vibra, literalmente}

25/05/2011

O que vale a pena para você?

o que tá valendo no momento é o sorriso verdadeiro,
aquele sem compromisso e que vem ao natural.
a essência das coisas e das pessoas,
as espontâneas e não as fingidas, as planejadas.

o que tá valendo no momento é o amor, o sentimento.
o que não é falso, o que vem de dentro do peito.

sentir o que não se sente é mentir para si e para os outros.

o que é de verdade nunca acaba.

22/05/2011

Que seja

Não adianta olhar pro passado e dizer que está arrependida por ter perdido parte da sua vida com uma pessoa que só fez planos e nunca conseguiu colocá-los em prática. O passado ficou lá atrás, não tem como voltar, são coisas irreversíveis. O que se pode fazer é seguir em frente, em busca da felicidade que desejamos desde o dia que nascemos. Se for com a pessoa que marcou a nossa vida desde o primeiro dia,  que seja e se for com outra pessoa, que seja, sendo feliz é o que mais importa no momento.

O beijo ainda é o mesmo, os odores não mudaram nenhum pouco, a química continua rolando na mesma intensidade e agora com mais afinidade do que antes. Que seja um polígono amoroso, entre eu, você e os outros. Estando perto de você e fazendo o que quero fazer é o que importa pra mim.

E pra você, o que importa? Continuar sofrendo por quem não te quer, desistir de um amor que pode ter uma continuidade num futuro próximo ou ser chamada de corrimão de quartel?

A escolha é sua, depois que escolher não vale se arrepender, mas vale querer, tentar e conseguir voltar atrás. E sobre o que os outros irão falar, ninguém se importa, muito menos eu, porque ninguém paga as minhas contas.

16/05/2011

Preferindo o virtual do que o real

sentada aqui é onde eu tiro o sorriso de plástico que fica a maior parte do tempo no meu rosto. coloco para fora toda a minha impaciência. por mais que ela esteja retraída e não seja tão aparente como eu gostaria que fosse, tenho que colocar pra fora de qualquer maneira, e a melhor é no meu mundo virtual que ninguém dá valor.

não era bem isso que eu queria escrever, a certeza é que eu não achei as palavras certas pra dizer tudo o que sinto no momento. o título talvez diga tudo por mim, ou não.
sinto bem mais do que aparento sentir.

13/05/2011

Sem sentido com todo sentido

pise sem ter medo de pisar em ovos. pise com firmeza. escolha sem ter medo de errar e se errar dê a volta por cima. a base da vida são as escolhas que você faz hoje e irão refletir amanhã. não adianta fazer as coisas com falsidade, só para agradar terceiros, com tudo isso que está acontecendo como você se sente?

Continuo sem inspiração, com textos sem sentido com todo o sentido.
Continuo querendo voltar no tempo e ter o poder da mudança.
Voltar a ter 15 anos me fascinaria.
São tantas as coisas que me faltam palavras para expressar.

mande-me um e-mail. ligue-me, mesmo que seja a cobrar. mande-me um sms. comente. me mande um recado. fale comigo no twitter. @natalianot

05/05/2011

tudo passa, menos a dor

não sei mais o que se passa, não sei o que acontece, a cada minuto todo mundo desaparece como se nem tivessem chegado a existir. isso é estranho e talvez não aconteça apenas comigo. algumas retornam, mas eu as desconheço, porque não foram essas pessoas que conheci há um tempo atrás. hoje não reconheço mais ninguém, assim como ninguém mais me conhece e nem fazemos esse esforço, porque o tesão se perdeu com o tempo.
não venha me dizer que com você nada acontece, porque estará mentindo tanto pra si quanto pra mim.

02/05/2011

não volto mais

correr para longe,
buscar em outro lugar
a paz que ainda não consegui encontrar.

mudar de rumo,
mudar de cor,
mudar de fases,
perder o pudor.

indo viver sem rancor,
na terra da felicidade,
da paz e da mais pura amizade que já existiu.

talvez um dia eu volte para
encontrar todos os que chegaram
e já se foram.


escrever coisas sem sentido, com todo o sentido do mundo, para poder aliviar tudo o que me sufoca.

28/04/2011

por quê demora tanto tempo?

na verdade o que eu tenho pra dizer vai bem mais além do que eu tenho para escrever. não é pra ele, ela ou apenas pra você é pra todo mundo que comparecer aqui. não quero impor regras, ordens, comandos, humilhar, mas faço isso involuntariamente todos os dias, com qualquer pessoa que fale comigo. não preciso nem abrir a boca para fazer isso, as vezes, meu olhar diz tudo o que eu quero dizer. não to querendo agradar a ninguém, apesar de numa época da minha vida viver apenas para isso, hoje acordei e quero apenas agradar-me.
_

nos últimos dias o desânimo toma conta do meu corpo, mente e alma. não tenho vontade de fazer o que tenho que fazer, só vou labutar porque me lembro do que vou ganhar no final de cada mês, se não ganhasse nada nem isso faria. cá pra nós, to torcendo para que esse ano acabe, me forme e minha vida tome um outro rumo, pequeno ou grande, isso não importa. o que importa é que as coisas mudem e o tempo coloque tudo em seus devidos lugares.

_

O que eu quero é voltar a ter as pessoas de antes e continuar sendo quem eu sou, com certeza assim serei mais feliz, simplesmente feliz.

27/04/2011

mais um de muitos

não importa sobre o que eu tente escrever, tudo que me vem a cabeça é você, exclusivamente você. as lembranças continuam me atormentando, pouco, mas ainda continuam me atormentando na maior parte do tempo.
_
Eu queria era dizer diferente aquilo que todo mundo sente, mas não consegue expressar ♪ Trapézio - Pitty

24/04/2011

Hasta

O tempo tá muito curto, as horas passam cada vez mais rápido. Abro os olhos com o sol e em seguida já estou fechando com as estrelas ou com as nuvens em dias nublado. Não tenho como controlar. Não sei mais o que escrever, mesmo com tantas palavras querendo sair. Por enquanto são só meras frases que consigo escrever, quem sabe mais pra frente eu consiga desenvolver meus textos de antes, repetitivos, mas com emoção - é o que meus leitores dizem - e sentido, ou não.

22/04/2011

Passa tempo

"Sorrisos de plásticos aparecem na minha frente todos os dias, como se nada tivesse acontecido. Queria aprender a derretê-los, feito gelo. Como não consigo fazer prefiro fechar meus olhos, olhar para o lado inverso, contrário."


Se eu pudesse colocaria uma mala debaixo do braço e sairia correndo pra nunca mais voltar. Colocaria fogo no meu livro atual e começaria uma página nova, um parágrafo novo, tudo novo de novo. Sem lembranças, sem mágoas, sem lágrimas. Para algum lugar que ninguém me conheça e que eu não conheça ninguém. Onde tudo seja diferente, melhor e mais contente. Onde eu tenha um alguém que me acalente sem me pedir nada em troca e que eu o acalente sem querer nada em troca. Não quero mais lembrar do passado sofrido, que esquecer de tudo, de todos os motivos e principalmente de todos que me fizeram sofrer e ainda fazem. Quero excluir o sofrimento da minha vida. Quero poder sorrir sem ter que ter um motivo concreto para isso. Quero uma vida social de verdade, onde conversas não sejam virtuais e nem raras. Se eu tivesse coragem e liberdade o suficiente de realizar tudo isso que eu quero, hoje não estaria aqui sentada, como uma pessoa deprimida, com uma caixa de chocolate no chão, twittando e escrevendo esse texto. Talvez eu esteja colhendo o que plantei ou plantando para colher, só o futuro vai me responder.

19/04/2011

Preciso escrever

É disso que eu preciso todos os dias, desde a hora que levanto até a hora de dormir. Nas 18hrs que fico acordada preciso desabafar o mais rápido possível, dizer tudo o que sinto e não pode ser escondido. Não consigo, isso não me pertence mais, há uns 4 anos atrás. Preciso escrever para dizer tudo o que sinto por você, que me lembro de tudo o que vivi há um tempo atrás e gostaria de viver de novo. Posso ser repetitiva o tempo todo, falar do mesmo assunto o dia inteiro, por várias horas, mas o que mais importa nisso tudo é o que eu faço, falo, expresso, coloco pra fora e não fico guardando nada aqui dentro.
Compartilhar o que sinto é a melhor coisa que eu faço. Qual é a melhor coisa que você faz?

14/04/2011

Quem é vivo sempre aparece ou não

E se eu não tivesse te conhecido, como seria a minha vida hoje? Será que eu teria chorado menos e sorrido mais, ou seria ao contrário, o que seria?

Não posso dizer que tenho certeza do que aconteceria, porque o que vivo hoje é resultado de escolhas passadas. Hoje sim, posso dizer que está tudo em seus devidos lugares, como deveriam estar desde o principio. Mas eu acho também que se as coisas não fossem como eram antes, não teria aprendido com as lágrimas, quando lembrava dos risos e como eu era tão feliz contigo. O tempo passou e com ele levou as mágoas e rancores, hoje o que eu mais quero é recomeçar. Espero que dê certo, por mais que o relógio não esteja deixando que isso aconteça realmente.


Para quem não sabe, ontem foi meu aniversário. 19 anos de muita (...) sabedoria.



beijos da diva

13/03/2011

29/12/2007 - primeiro sms

falei durante tanto tempo sobre as mesmas coisas, quase sempre os mesmos sentimentos. aqueles que doem tanto só de lembrar da pessoa, caem lágrimas quando vem a dor. não faz diferença falar, porque ninguém vai escutar, ninguém vai ler, ninguém quer saber o que sofri e o pouco que ainda sofro por você saber e não me corresponder. tenho consciência de que as coisas não vão ser mais como foram um dia, que eu começava a frase e tu terminava, tudo se encaixava, nos completavamos de um modo nunca completo antes, pelo menos pra mim. não há mais palavras para explicar o que sinto quando te vejo, as lembranças veem a tona, tudo me emociona, nada me emociona, não sei mais o que dizer, não tenho e nunca tive nada para esconder. agora eu não tenho mais nada pra fazer, não posso mais fazer nada. tenho que me contentar como estamos no presente, o passado foi maravilhoso e inesquecivel.
_
nos últimos tempos estou me lembrando de coisas que provavelmente você não lembre.
_
o choro vem até a metade, engulo a seco e continuo a caminhar sozinha pela estrada que um dia tive a sua companhia. são coisas que não consigo explicar o porque, queria tanto as respostas para todas as minhas perguntas.
_
se tu vai ler eu não sei, só sei que tudo o que sinto tem que ser colocado para fora de alguma forma e foi essa que eu escolhi, se tu ler, melhor ainda.
+ 1 texto que não é pra homem

07/03/2011

não é nada disso

não depende do modo como são feitas as coisas e sim os motivos que nos levam a fazer e falar, sem ao menos pensar e repensar nas consequências de nossos atos, estes desenfreados e que nunca são pensados com a calma que deveriam. atos impensados, consequências arcadas, arrependimentos passados e futuros, programados no relógio da vida. a hora vai chegar e você está esperando por isso, se esquece do compromisso marcado por você com a vida e a vida com você. talvez isso não seja tão importante agora, mas e amanhã?
abra os olhos e deixe de ser cego.
abra o coração e comece a amar.
abra a boca e comece a falar.
não se cale para quem fala muito e
não fale muito para quem se cala.
tudo um tanto contraditório ou não

03/03/2011

indignação, talvez seja essa a palavra

De noite, sozinha, olhando pessoas aparentemente felizes e refletindo a minha solidão.
_
Pressão sofrida diariamente é expressada em lágrimas, que para as pessoas que moram comigo não tem motivo e é frescura da minha parte, mas pra mim tem motivos de sobra para cairem, tanto por dentro quanto por fora, são engolidas a seco todos os dias. Querer seguir em frente sozinha é a vontade mais natural que eu posso sentir, diante de tanta perturbação.

27/02/2011

24/02/11 registro de 22/02/11

hoje é tarde demais para voltar atrás, não adianta tentar esquecer achando que isso vai fazer com que o resto do mundo também esqueça, e ajam como se nada aconteceu. é tudo tão forte que não tem como esquecer, como agir assim. são dores que nem o tempo irá adormecer, cortes que não há remédios que irão curar.

felizmente, agora não preciso mais me lembrar disso, não preciso mais pensar nisso. não choro mais por isso e nem por você. porque sei que posso te encontrar aonde for, te abraçar e beijar sem me preocupar se posso ou não, se é certo ou errado. não consegui descobrir o que você pensa sobre tudo isso. independente de qualquer coisa, sempre estive a mercê da sorte e da tua vontade de voltar a falar comigo.

todos me disseram que eu me humilhava demais, pra ti, e que tu não merecia mais o que eu tinha a te oferecer, só que nos sentimentos não mandamos, não coordenamos. nunca desisti de tentar, até que consegui. não me arrependo de nada - em partes - do que eu fiz, mas se eu pudesse voltar no tempo faria alguns detalhes diferentes, para que as coisas fossem diferente do que são hoje. o passado não importa mais, o que importa é o que estamos vivendo hoje, essa nova etapa, um novo ciclo, tanto particular quanto juntas.

que seja eterno enquanto dure (novamente)

19/02/2011

sim ou não?

o que você quer? o que te move todos os dias? o que você sente? por quê as coisas mudaram assim da noite pro dia? aonde foi parar a tua alegria? não precisa me responder, só quero que você tenha as respostas para si mesma e repense em tudo o que viveu e está vivendo, será que tudo valeu a pena mesmo ou foi tudo em vão? teu coração continua a bater por quem não te merece? e o orgulho? o amor ainda existe por todas aquelas pessoas que conheceu há alguns anos atrás, ou você nem se lembra mais? a vida coloca pessoas nos nossos caminhos todos os dias, algumas se vão para nunca mais voltar, outras vão e voltam e há aquelas especiais que ficam para nunca mais sair, sorte de quem as encontra.não importa como estávamos ontem ou estaremos amanhã, o que mais importa é como estamos agora.

17/02/2011

12 anos

nem com todas as palavras e nem em todos os idiomas conseguiria descrever tudo o que senti, sinto, vivi e vivo. nem nos meus 350 textos nesses meus 3 anos como blogueira. levaria uma vida inteira para fazer isso, ou até mais. a cada dia me surpreendo mais com o que sou capaz. estou começando a conhecer partes minhas que não conhecia e a receber elogios diferentes, talvez elogios não sejam bem as palavras, melhor dizendo, descrições diferentes de pessoas que de uma certa forma gostam de mim e admiram o meu jeito de ser forte na fraqueza, como comentaram esses dias. perdi quem eu mais amava, na época não chorava, porque não entendia nada do que estava acontecendo, hoje sinto uma falta enorme. não tinha noção de como a morte é e que as pessoas não voltam mais. pra falar bem a verdade não tinha noção de muita coisa. sofri por perder pessoas que eu gostava muito e que não gostavam tanto assim de mim. me deram falsas esperanças e por isso eu chorei. a vida me deu um tapa na cara e eu amadureci com a dor, com o sofrimento, chorando dia e noite, noite e dia, escondido. sem ninguém pra me abraçar, me beijar ou dizer que amanhã o sol iria brilhar e tudo iria ficar bem. isso ainda acontece, mas não com tanta frequência, até porque as coisas mudaram de figura. a rapadura é doce, mas é dura.
_
na minha infância a maior parte das coisas que eu desejei nunca consegui ter. sonhava em ter aquela família perfeita, igual a de comercial de margarina, mas não rolou. quando um não quer, dois não realiza. mesmo insatisfeita com as coisas que aconteciam, ficava calada, como se fala, aguentava no osso toda aquela infelicidade e superei. aliás, superei tantas coisas até hoje que ninguém imagina. e daqui para frente, vou continuar superando tudo sozinha, como sempre foi desde os meus sete anos, porque apoio não tenho. não me sinto um membro da minha família, e sim apenas mais uma pessoa, sem importância alguma.
_
o que sobrar é meu. se tiver é meu. se der é meu. caso contrário, eu vou entender, porque sou mais velha. um abraço é oferecido só se o mais novo for abraçado na minha frente, se isso não acontecer, não ganho abraço também. os farelos são sempre meus, nunca me dão o poder de escolha, eles tiram as coisas melhores e me dão o que sobrar.
_
sou eu quem não consegue manter amizades, por não ter tempo o suficiente. sou eu que nunca faço nada e to sempre reclamando. eu só queria poder conversar sobre os meus assuntos repetitivos com alguém, assim como eu escuto tudo de todos, também tenho os meus direitos. as pessoas falam todos os dias as mesmas coisas e eu tenho que escutar, mas quando chega a minha vez me dão as costas como se eu não existisse, não tivesse sentimentos, ou seja, não me dão importância como dou para eles. sou daquelas pessoas que dizem que estão felizes com um sorriso no rosto, mas na verdade, por dentro estão picotadas, chorando, desesperadas. mantenho a imagem sempre, porque chorar na frente de quem quer que seja, pedir um ombro amigo, não vai fazer diferença, porque ninguém se importa com o que eu sinto. prova disso é tudo o que sofri e continuo sofrendo há 12 anos.
_
meus esforços nunca são o suficiente. nada do que eu faço nunca é o suficiente. tenho esperanças de tudo o que eu vivo hoje, mude. talvez eu me mude. antes viver sozinha do que ficar sendo colocada pra baixo diariamente por uma pessoa que deveria me dar o mesmo apoio que eu sempre dei, minha mãe.
_
não adianta virem me dizer: - 'olha pra trás, tem pessoas com situações bem piores do que você!' não é querer ser egoísta, mas já sendo, cada um tem a realidade que merece e basta você ter força de vontade e fé para a sua vida melhorar. a dor que sinto é diferente da sua dor. as vidas são diferentes e temos que arcar com tudo. então, vamos parar de ser hipócritas.
enfim, to cansada, triste e todos os dias tenho vontade de chorar.

15/02/2011

Eu sou uma diva e você?

nem todos os dias de uma diva são de shopping, riqueza e glamour, infelizmente divas também nascem não sendo ricas o suficiente para ter uma secretária do lar, só estudar e não ter que trabalhar. uma diva é caracterizada pelo modo como age e encara os acontecimentos diários da vida e não pelo seu poder aquisitivo. ser uma diva é como se fosse um trofeu que o teu psicológico te dá por você ter atingido a um certo nível de sofrimento. talvez você não tenha atingido o nível necessário para ficar emcima de um pedestal blindado, lugar esse onde nada e nem ninguém tem o poder ou consegue te atingir. a única coisa que as pessoas podem fazer é te adorar ou não gostar de você, porque o ego de uma diva é muito grande, nem ela mesma pode com o tamanho.
_
quando eu digo que sou uma diva, as pessoas riem, mas com certeza me dão mais valor do que antes. se você souber lidar com o seu interior, estar satisfeita com o que tem no momento ou então buscar pelo o que quer sempre e principalmente se amar mais do que ama a qualquer pessoa, talvez você também atinja ao nível que atingi, o maior e melhor. por enquanto você vai subindo de degrau em degrau, para ficar cada vez mais no alto. porém, há regras para que isso aconteça: você tem que ser sincera consigo mesma e com todos que a rodeiam, falar tudo o que pensa sobre tudo e para quem quer que seja, doa a quem doer, jamais se humilhar para alguém que tenha mais do que você, olhe sempre no fundo dos olhos de todo mundo e verá que a reação e o semblante mudará, se importe mais com você, seja mais egoísta mesmo, defenda tudo o que quiser e o mais importante, deixe de amar e sofrer por uma pessoa que não te ama, deposite esse 'amor' que tem de sobra em si mesma. com certeza, desse jeito, você será bem mais feliz do que acha que é.
_
você se importa tanto com o que pensam e falam sobre você, por quê? coisas assim, são só detalhes que não merecem a importância que você ainda dá, vire a página, troque o disco, faça alguma coisa de diferente, faça tudo o que quiser fazer, siga seu coração, mude o ritmo, apenas mude e verá a diferença que isso fará tanto em você, dentro e por fora, quanto nas coisas ao seu redor.
tá na hora de crescer, conhecer e reconhecer tudo o que rodeia você.

14/02/2011

dramatizando o drama

os versos que escrevo se repetem desde o dia em que nasci, talvez tenham estes sofrido uma evolução, daquelas de dois passos pra frente e um pra trás. evoluir é um processo demorado, seja por dentro ou por fora.
_
escrever tá ficando a cada dia mais difícil pra mim, parece que eu perdi o fio que me guiava a tanto tempo. talvez um dia eu volte a escrever como um dia conseguia. pode ser amanhã ou não. só pra constar: estou diferente do que fui um dia.
chorava todo mundo, hoje ninguém chora mais ♪

10/02/2011

ninguém sabe de nada

não quero ser transparente como a água, quero ser transparente como o vento. só não quero ter o poder destruidor de nenhum dos dois. quero só a parte positiva. quero voar sem precisar ter asas para isso. e também quero aprender a falar tudo o que sinto sem magoar ninguém, mas isso é impossível. há quatro anos aprendi a falar assim, reaprendi a falar. sem esconder o amor, o desagrado e a falta de simpatia de todos que me rodeiam. declaro tudo que tem que ser declarado para quem quer que seja e muitas vezes sem medir as palavras. podem dizer o que quiserem, não me importo, porque fazem o mesmo comigo, sem se importar que aqui dentro bate um coração. talvez se agissem de uma outra maneira comigo, também faria as coisas diferentes. como não é assim e com certeza não vai ser, continuarei do mesmo jeito. quer queira, quer não. ser assim tem muitos custos, estes que estou arcando há algum tempo. sinceramente e explicitamente falando, não me arrependo de ter dito tudo o que eu disse, mas eu poderia ter usado da diplomacia e da sutileza para dizer. faltou bom senso nesse momento. hoje, mais madura, revejo tudo o que fiz e lembro do que falei, admito que errei também e pedi desculpas, que foram aceitas. consciência mais tranquila. não gosto de ficar devendo nada pra ninguém.
longe de ti tudo parou, ninguém sabe o que eu sofri ♪

06/02/2011

eu vou sobreviver ♪

no coração, uma emoção. talvez não seja a de te ver, porque não nos vemos mais. nos olhos, a tristeza de não te ver mais e a esperança de um dia voltarmos a ser como fomos um dia. nas mãos, as linhas que traçam o futuro de cada um, não entendo isso, mas é o que dizem. na mente, as lembranças, daquele tempo bom que sorriamos, riamos, noite e dia, dia e noite, sem parar, sempre achando que aquilo nunca ia acabar, mas acabou. talvez culpa nossa, ou não. talvez o destino que quis assim. talvez estava escrito na palma da nossa mão e não soubemos ler. talvez as coisas estejam voltando para os seus devidos lugares. não como eram antes, claro. até porque isso é uma coisa impossivel de acontecer.
não espere eu ir embora pra perceber que você me (...)

04/02/2011

onde clico pra não sofrer?

tenho um segredo pra te contar, mas se eu te contar vai deixar de ser segredo. contradição barata. no espelho existe uma pessoa de carne, pele e sentimento. talvez você saiba disso, mas não queira admitir, ou se esqueceu que um dia foi assim. os curativos no coração te fazem lembrar o que passou e que nunca mais quer viver situações parecidas. tudo nessa vida é inevitável, coincidência ou destino, tudo depende do modo do qual você interpreta as coisas que acontecem na sua vida e com você. hoje você está assim, amanhã assado e depois cozido, não temos como evitar o cozimento de forma alguma. então lindona o que está esperando para dar o primeiro passo e fazer as coisas de acordo com as suas vontades? já pensou quanto tempo tu perdeu seguindo os scripts alheios? caminhe com suas próprias pernas. olhe com seus próprios olhos. fale com a sua própria boca. ame de verdade, não ame só porque o fulaninho não te quer e o beltraninho te ama. para com essa palhaçada de amar quem te ama, mas tu não ama só pra não ficar sozinha. já foi esse tempo. hoje as coisas são bem diferentes do que eram antigamente. não deixe que tratem seu coração como uma bola de papel que quando querem usam e quando não querem amassam e jogam no lixo. digo isso por experiência própria. quando amamos alguém ficamos levianos demais. isso não pode acontecer de maneira nenhuma, mas não temos controle sobre as coisas.
os finais de semana passam, mas as paixões ficam para sempre.

02/02/2011

fale agora ou cale-se para sempre.

olhe para dentro de si. não precisa fechar os olhos. apenas olhe. não está funcionando? então sinta tudo. não venha me dizer, que não sente nada, que é oca por dentro. todo mundo tem sentimentos, nem que seja escondido, mas tem. e você não foge dessa regra. eu consigo dizer tudo o que sinto, se tiver que chorar também o farei, sem me importar com a opinião de ninguém. já você eu não sei. fica segurando o choro, engolindo todas as palavras que devem ser gorfadas. preocupa-se demais com o que os outros tem a dizer, e com o que sente não tem um pingo de preocupação. o tempo passa e continua a engolir tudo a seco. se não falar agora, não se sabe se futuramente irá conseguir. tudo que está aí dentro irá atrofiar. comece a falar e nunca mais conseguirá parar. dê seus motivos, exponha-se um pouco mais, creia tu não vai morrer se soltar umas palavrinhas a mais.


ia deletar.

30/01/2011

de todo o meu coração

não posso me arrepender do que eu já disse até hoje para você, só posso me orgulhar pela coragem de ter dito. sei que errei muito em dizer e escrever tudo o que penso e sinto sobre tudo e todos que vivem ao meu redor, mas iria contra as minhas vontades e princípios guardar tudo dentro de mim. talvez assim explodiria como naquele dia que chorei três horas seguidas sem parar, pensando o porque de tudo aquilo, justo comigo que só queria o teu bem e o de mais ninguém. queria não, continuo querendo.
_
eu estou aqui, então diga pra mim, o que eu nunca consegui entender.
não te conheço mais, viramos opostos como óleo e água, sem perceber.
quanto tempo faz, que não nos falamos? eu nem me lembro mais por que...
zerar e recomeçar - nx zero
_
sempre falei demais sem medir as consequências, apenas sofria todas as consequências na pele e no coração, é claro. depois de ter dito não podia reverter, ainda não posso. se antes não conseguia ficar guardando as coisas pra mim hoje muito menos, continuo a mesma pessoa. hoje com algumas diferentes, com o coração todo retalhado, feridas mau cicatrizadas e as vezes ainda sinto algumas dores geradas por lembranças que insistem em retornar. queria ter o poder de revivê-las, sorrir como antigamente, voltar a ser feliz desde o primeiro dia em que te conheci. desculpa, mas sinceramente não me arrependo de muita coisa que eu fiz, tinha que fazer, tinha que ser desse jeito, tanto pra mim quanto pra você, ou não. não sei. ainda tenho dúvidas. talvez você esclareça pra mim.
se foi assim é porque tinha que ser (...)

29/01/2011

continuo na defensiva

O que eu sinto hoje é diferente do que eu sentia ontem e sentirei amanhã. O registro de hoje não é o mesmo de ontem e nem o de amanhã. Não adianta escrever o texto criado dois dias atrás, se não condiz com o que se passa dentro de mim agora. Não gosto de contar mentiras, inventar histórias para te agradar. Escrevo tudo. Registro tudo. Das coisas mais importantes até as mais banais. Não quero obrigar a ninguém que me segue a ler, até porque não posso fazer isso com ninguém, nem tem como. Quem volta é porque gosta, quem comenta é porque quer. Meu intuito não é menosprezar. Só tenho a agradecer, se não fosse os leitores o blog teria terminado faz tempo.
_
Desde os meus quinze anos, quando comecei a escrever aqui, muitas coisas aconteceram e mudaram, na maioria delas não tive o poder de pará-las de alguma forma. Várias lágrimas escorreram, capazes de encher uma piscina. Hoje não choro mais, as lágrimas não descem, não consigo. Barreiras foram quebradas, principalmente as da comunicação. Porém, outras foram construídas com o tempo por causa das mágoas, infelizmente.

27/01/2011

registro

apontar o dedo no meu rosto é muito fácil?
julgar-me sem ao menos me conhecer,
você não tem nada para me oferecer.
não me importo, se me importasse já tinha mudado.
não vale a pena mudar, engolir tudo a seco, como você tanto quer.
e o que eu quero? isso não vale de nada?
e o que eu sinto? não tem importância?
meu coração, ele nem existe pra você.
isso não me importa.
o que importa é que se chorei ou se sorri,
o importante é que emoções eu vivi.
e não vai ser qualquer um que vai me tirar do meu pedestal.
então desista de dizer quem eu devo gostar ou não, se nem meu coração me dá essa exatidão, quem é você para dar? saiba primeiro de si, para depois saber e se preocupar com os outros.
tudo dá certo, quando as coisas são e estão certas.

26/01/2011

eu só te quero bem (...)

Sabe o que é você ver a pessoa entrar no messenger, ela estar logo abaixo de você na lista de contatos, passar o mouse, abrir a janela, pensar no que vai falar, fechar a janela? Agora imagine isso durante quase dois anos ou mais. Sofri muito. Chorei muito. Escrevi muito sobre. Escutava todos os dias a mesma música: cartas pra você - nx zero. Pensava todos os dias na pessoa. Imaginava que quando ela saia, ia aparecer no meu portão e me dar um abraço, aquele que nunca aconteceu. Tentei iniciar várias conversas contigo, mas não passavam das poucas coisas que eu te perguntava. Frustração. Nunca soube o que você sente realmente. Nunca soube o porque do rompimento. Minhas perguntas nunca foram respondidas. Na virada do ano a razão prometeu para o meu coração que nunca mais iria procurar ou escrever sobre. Só que como nem todas as promessas são cumpridas, o coração continua a escrever, pensar e sentir. Não tem como evitar. Te ver na rua, faz com que o meu coração fique na boca e eu fique sem saber o que fazer. Sendo que na verdade o meu maior desejo é te abraçar. Até que ontem a janela subiu, junto com um oi e um emoticon de sorriso. Meu coração saltou pela boca, comecei a suar desesperadamente e fiquei sem saber o que fazer, novamente. Foi bom pra mim, assim como você também disse que foi pra você. Queria ter o poder de voltar no tempo para o que aconteceu, nunca ter acontecido. Tantas coisas não seriam como agora são. Só de lembrar as emoções que passamos juntas, meus olhos se enchem de lágrimas... Aquele tempo bom que não volta nunca mais, lembra? Por mais que agora nossos rumos sejam diferentes, estamos nos encontrando virtualmente, já faz grande diferença pra mim, não sei pra você. Um passo de cada vez. Queria tanto saber tudo o que tu sente. Não vou tocar nesse assunto pra não estragar esse recomeço. Talvez seja verdade ou só ilusão, mas que seja.
Quando queremos algo, temos que ir até o final, ou seja, até quando a pessoa disser: EU NÃO TE QUERO MAIS NA MINHA VIDA. Enquanto isso não for dito e existir sentimento dentro do seu coração, continue em frente. Antes se arrepender de lutar do que se arrepender de não ter feito nada para ser feliz.
Não tá morto quem peleia.
Quem sofre aprende a lutar.
obs: não é pra homem.

24/01/2011

Desafio

Desafio recebido do Rodolpho Padovani.

PERFIL
Nome: Natália da Rosa Pereira
Idade: 18 anos
Aniversário: 13/04
Emprego: Em breve (...)
Estado Civil: Solteiro
Onde vive (casa ou apartamento): Apartamento
Irmãos: 1, mais novo
Animais: Nenhum
Fuma: Não
Bebe: Sim :D

APARÊNCIA
Piercings: Não
Tatuagens: Não
Aparelho nos dentes: Sim
Roupas: Sempre que saio na rua
Cor dos olhos: Castanho escuro
Cor do Cabelo: Preto

FAVORITOS
Cor: Azul
Número: 13
Animal: Nenhum
Flor: Violeta
Comida: Guloseimas
Sabor de Sorvete: Flocos
Doce: Chocolate
Bebida Alcoólica: vodka
Tipo de música: Eclética Seletiva, oi?
Banda/artista: Luxúria & Pitty
Música: Lama - Luxúria
Livro: Fora de mim - Martha Medeiros
Filme: Mudança de Hábito
Programa de TV: Esquadrão da Moda
Melhor amigo: Wellington
Dia da Semana: Sexta
Esporte: Nenhum, sedentarismo mode on

VIDA AMOROSA
Nome da Pessoa Amada: Não estou amando ninguém no momento, apenas a mim.
Estão juntos há quanto tempo: desde que eu nasci
E de casados, há quanto tempo: idem anterior
Local em que se conheceram: na maternidade
Foi amor à primeira vista? com certeza
Quem deu o primeiro passo? a perna direita eu acho
Já te deu flores: não e nem quero
A coisa mais doce que ela te deu: chocolate
Um sonho de vocês dois: ser feliz
Uma curiosidade do casal: nascemos no mesmo dia
Quem tem mais ciúme? ninguém, não preciso
Ela se dá bem com a sua família? claro
E você com a dela? idem

OUTROS
Sabe dirigir? Não
Tem carro/moto? Não
Fala outra língua? Não
Coleciona algo? Não
Fala sozinho? Por enquanto, não
Se arrepende de alguma coisa? Não
Religião: Acredito em Deus, apenas
Confia nas pessoas facilmente? Não mais
Perdoa facilmente? Não
Se dá bem com os teus pais? Sim.
Desejo antes de morrer: Escrever um livro.
Maior medo: Solidão
Maior fraqueza: Ficar longe de quem eu amo
Toca algum instrumento? Não

ALGUMA VEZ...
Escreveu alguma poesia? Sim
Cantou em público? Não
Fez alguma performance em palco? Já.
Andou de Patins? Não, sempre tive medo de cair
Teve alguma experiência que quase morreu? Sim
Sorriu sem razão? Sorri de abobada mesmo
Riu tanto que chorou? Acontece com frequência.
Como você está se sentindo hoje? Tô tranquilo.
O que te faz feliz? As coisas mais simples e caras da vida
Com que roupa está agora? Pijama
Cabelo: Crespo
Brincos? Sim
Algo que você faça muito: Comer, tweetar, escrever e dormir
Conhece alguém que faça aniversário no mesmo dia que você? Sim *-*
Está confortável com o teu peso? Confortavel a gente nunca fica né?! Mas nos acostumamos.

ACABE A FRASE:
Gostaria de ser... reconhecida
Eu desejo... encontrar pessoas melhores pelo caminho
Muitas pessoas não sabem... como lidar comigo
Eu sou... uma DIVA
O meu coração é... lindo e está curado.

Indico para quem estiver afim de responder.

21/01/2011

não sei por onde começar

a facilidade que tu tem para dizer que as coisas são fáceis, que parar de sofrer por uma pessoa, sentimento ou apenas por ser sozinha, sem amigos. não tenho essa mesma facilidade para praticar a sua teoria. na prática nada é igual. insistir em só dizer não adianta mais. preciso do fazer, do prazer em ser o que se é sem perturbações alheias e próprias. dentro do seu peito tem um coração que pulsa freneticamente sem um alguém ter que te amar para isso acontecer. sentimento não é que nem uma roupa velha que com o tempo e de tanto lavar vai se desgastando até rasgar e colocarmos fora. não temos como controlar nada do que sentimos, apenas sentimos, até o dia em que ele adormece e nos esquecemos. quem não é visto não é lembrado. a dor que não é sentida, não é chorada. não são grandes linhas, não é um grande texto, contém muito sentimento.

19/01/2011

(...) estou a te esperar ♪

olho pro preto, vejo branco.
olho pra você, vejo o passado.
é um buraco negro que tenta me sugar.
é uma dor que insiste em me perturbar.
fecho os olhos, fica tudo escuro.
tento não pensar em tudo.
tento não pensar em nada.
não adianta as coisas voltam.
não consigo dormir de verdade,
apenas parte de mim adormece,
a outra fica acordada lutando para dormir.
então, é por isso que leio toda noite um livro,
uma parte, para que eu adormeça por completo,
e te esqueça naquela momento, que deveria ser
de sossego, tanto para meu corpo e mente quanto
para meu coração que está cansado de sofrer.
enfim, sinto um vazio por um alguém que nunca existiu.

18/01/2011

Talvez como foi pra mim não tenha sido pra você

Hoje eu nao vim aqui para chorar ou citar quantas vezes destruiram meus castelinhos de areia com um sopro, ou quantas vezes esmigalharam meu coração, que firme e forte continua a bater. Só vim dizer o quanto você foi importante pra mim um dia. Que até pouco tempo atrás eu ainda tinha esperanças em ter um final ou começo feliz com você. Infelizmente não é isso o que você quer, mesmo falando ao contrário todas as vezes que nos falamos pelo telefone ou pelo msn, porque pessoalmente tu não consegue falar nada do que tanto diz querer dizer. Não queria dizer isso, continuar a bater na mesma tecla, mas você me obriga a fazer isso, sinto vontade de escrever sobre o que eu sinto. O assunto principal não é sobre pessoa e sim sobre sentimento, sobre o meu. Então, depois de todos os meus cálculos e dores, conclui que as pessoas continuam a me decepcionar, não digo diretamente com o punhal no meio do meu peito e sim com punhados de areia nos meus olhos. Quando eu parar de me importar com tudo isso, a decepção não irá mais acontecer.
_
Toda vez que eu escrevo o que to sentindo, não estou pedindo dedos apontados no meu rosto para um julgamento, quase cruscificamento. Ninguém tem o direito de fazer isso. Quem é que nunca sentiu o que eu sinto? Quem disser que não, com certeza estará mentindo.

17/01/2011

Cada cabeça um guia

Imagine tudo o que nós poderíamos fazer, se perdessemos o medo de viver. O tempo que nós temos é muito curto para ficarmos alimentando sentimentos ruins, ficarmos com pessoas que não valem nem um segundo dos preciosos dias que temos em frente. Deixar para trás o que nos fere, o que nos faz sofrer, é o melhor que temos a escolher nesse momento. Agarre o que é bom pra você e não apenas para o outro, seja um pouco mais egoísta. Mude o seu ponto de vista e comece a viver de verdade sem se importar com nada, apenas com o seu coração que já está ferido de tanta decepção. O que você busca, quais são seus objetivos nessa vida? Ser feliz, conquistar tudo o que quer ou desperdiçar a vida maravilhosa que só depende de você para dar certo? Não culpe o próximo por causa de seus erros, planos fracassados. Cale - se sobre tudo o que tu quiser realizar e dará certo. Boa Sorte!

15/01/2011

Meu Nome é Pretensão ou Não

Eu sei de tudo. Tenho sempre a razão. Julgo todo mundo, mas não suporto quando me julgam, nem paro para escutar, viro as costas e saio andando. Corrijo todo mundo, mas não admito ser corrigida. Quando estou errada, mudo de assunto, fico quieta ou saio de perto da pessoa. Não faço questão de falar de novo. Não gosto que me deem sustos, pior forma de chegar em mim. Quer me ver feliz? Me dá um doce, de preferência chocolate ou então me leva pra passar uma tarde no shopping com um cartão de crédito com um limite ótimo. Menosprezar tudo o que eu faço, gosto e falo não é a melhor maneira pra aprofundar uma relação comigo, seja qual for a relação do seu interesse. Antes todos me atiravam pedras, hoje no meu pedestal de cristal - de Diva, oi? -, ninguém me atinge. Eu posso, os outros não. Passei por muitos obstáculos e sei que ainda irei passar. Com cada um aprendo mais. São lições que vou levar pra vida inteira e como faço desde agora, compartilharei com todos que passarem por mim, ficarem ou não na minha vida. Não faço distinções. Não posso ver injustiças e nem crianças abandonadas, me dá um aperto enorme no coração.
_
Pra que se prender se tu tem muito ainda que curtir a vida?
Pra que continuar a sofrer? Quem te faz sofrer não gosta de ti de verdade.
Para de ficar amaciando o ego dele com o teu sofrimento, com as tuas lágrimas.
LINDA, arruma esse cabelo, coloca uma roupa pra arrasar e vai te divertir.
Ficar em casa só no chororo não dá, né? Abre teu olho.
Tu é mais do que muita gente medíocre que te rodeia. Tu é o PODER.
antes só, do que ser infeliz.

12/01/2011

História de Uma Pessoa Real - Parte IX

Princesa Isabel ganhou Divinha aos 15 anos. Como era muito imatura para cuidar e não tinha tempo, porque vivia correndo atrás de Pinguço Mor, pai de Divinha, quem a criou até os 7 anos foi Santíssima, sua mãe. Divinha era feliz quando sua avó era viva, nessa época não apanhava e era tratada a pão de ló (lê-se: mimada). Princesa Isabel mais parecia sua irmã do que mãe, como estava na certidão de nascimento. Até os 7 anos Divinha foi feliz de verdade, com todas as letras, não foi mais porque sua avó ficou gravemente doente e faleceu no dia 15/10/1999, para seu rápido entristecimento que levará até o fim dos seus dias. Dor maior não há. Desde então, ela é criada pela Princesa Isabel, virando assim então a Escrava Divinha. Aos 8 anos, o que ela mais gostava era de gibis, aprendeu a ler com eles. Passava horas e horas sentada no sofá lendo 3 vezes ou mais a mesma coisa. Sempre foi muito tímida, quieta e carente desde que Santíssima se foi para nunca mais voltar. Princesa Isabel, casou-se novamente quando Divinha tinha apenas 2 anos e permaneceram até os 11 anos casados. Ela trabalhava noite e dia, em casa ficava apenas a enteada e o padrasto, até que um dia ele começou a abusar dela. No começo, ela achava estranho, tinha vontade de gritar, mas não conseguia e aquilo foi se prolongando por mais 3 anos. De tanto ficar sozinha com ele, ela foi gostando, porque ele não maltratava, preenchia a lacuna que Pinguço Mor sempre deixou em aberto, ele era a sua figura paterna apesar dos lamentáveis acontecimentos. Quando a história veio a tona todos a julgaram como sem vergonha, mas ninguém sabia o que ela sentia, o que ela passava, o quanto era espancada por nada aos 8 anos (continuou apanhando até os 17), que ela sofria com a perda da sua avó tão amada e que depois de sua avó recebeu mais carinho do abusador do que de sua própria mãe. Aos 9 anos, ganhou um irmão - filho do padrasto - chamado Divino. A partir do 3º mês de vida quem começou a cuidá-lo foi ninguém mais, ninguém menos que a escrava. Aprendeu a riscar um fósforo a base de socos e tapas, porque tinha que alimentá-lo, exclusivamente. Aprendeu a deixar de ser criança, de ter infância. Não podia mais brincar na rua, se saísse tinha que ser com ele nos braços. Tudo que fazia era com ele junto. Ficavam os dois sozinhos em casa e ela saia no portão "escondido" para conversar com os seus amigos, mas sempre tinha uma vizinha fofoqueira para contar e no final do dia sempre apanhava, enquanto não escorresse sangue não parava de apanhar. Todo dia era a mesma coisa. A Princesa Isabel não enxergava que sua filha só queria ser feliz, ser criança, ser amada e cuidada como deveria. Com o passar do tempo, Divinha foi deixando de amar sua mãe como devia e chorava até dormir todas as noites lembrando de Santíssima. Divino sempre recebeu o amor em dobro. Hoje com a mesma idade que sua irmã quando ela começou a cuidá-lo não apanha e não faz nem a metade em casa como a escrava fazia e ainda faz. Nunca foi humilhado e nem cuspido por sua mãe. É tratado como um rei, suas vontades são feitas, sem um pio. Coisas que nunca aconteceram com a Escrava. Princesa Isabel pergunta o porque que a Divinha não a abraça, não faz declarações de amor e nem a beija como seu irmão. Ela parece esquecer do passado, do quanto a espancou até sair rios de sangue, da falta de atenção, da sua imaturidade absurda. Até os 17, apanhou e muito. Nos dias de hoje, com 18 anos não apanha mais, mas seu psicológico apanha muito e todos os dias. A Escrava prepara o lanche, passa a roupa, penteia o cabelo, alcança toalha, alcança sapato e arruma a bolsa, tudo isso exclusivamente para sua mãe. Fora os cuidados com Divino e com a casa, porque a Princesa não faz nada em casa, não lava a louça nem a que utiliza e muito menos a roupa que veste. Tudo é nas costas da Escrava desde os 9 anos. Faz tudo isso e nunca é reconhecida, sempre que Isabel tem a oportunidade de humilhá-la, menosprezar seus talentos, faz sem dó nem piedade. Tem vezes que Divinha até pensa em pegar suas roupas e ir embora, mas pra onde? Não há outro lugar para morar, por enquanto. Cansada de tanto apanhar e ser humilhada, ela subiu em um pedestal e denominou-se A DIVA, nela ninguém mais encosta, ninguém mais atinge, nem com palavras e muito menos com socos. Só assim para ela escapar e mascarar todo o seu sofrimento diário. Dá graças a Deus (que Deus a perdoe) quando sua mãe sai de casa todos os dias, pois é assim que ela pode usufruir do pouco de liberdade que tem. Por causa de Divino, muita coisa na sua vida foi interrompida, não foi feita. Nunca pôde cultivar amizades, pois não podia sair, porque tinha que ficar em casa arrumando e cuidando dele. Até hoje não tem amigos, é carente de todos os sentimentos, sofre e chora. Torço para que um dia essa situação melhore e ela volte a ser feliz como até seus 7 anos, com certeza que não será por inteiro, pois Santíssima não estará junto, será pela metade.
Quem acompanha meu blog vai entender tudo muito bem.
Tomara que alguém leia.