26/02/2013

História do meu eu


Um fato não tão real, mas tão igual entre os demais. Era domingo de sol escaldante, naqueles dias que não conseguimos seguir adiante, nem que alguém venha e nos levante e diga avante marinheiro, de nada adianta. Levanta da cama, mas a alma permanece lá desacordada e o corpo perambulando o dia inteiro desejando que aquele dia passasse logo ou que nem tivesse chego, acontecido. Sabe que não é o seu dia, que não queria usar aquela fantasia, não queria ter que se fantasiar todos os dias, naquele dia de folga queria apenas ser ela mesma, do jeito que ninguém conhece. Tanto que quando a veem, ninguém a reconhece e ainda a desmerecem como se fosse de outro mundo ou nem existisse. Usa a fantasia como armadura pra se proteger de todos que chegam perto e de uma forma ou outra tentam magoá-la como se ali não tivesse um coração batendo incessantemente.

Todos os dias quando acorda veste a sua fantasia pra começar o dia protegida. Sem tornar pequenas mágoas em grandes feridas como as enormes que tem no peito, talvez nem caibam mais, depois de tantas decepções que o tempo lhe trouxe, na verdade, que as pessoas lhe deram, que colaram feito adesivo permanente. Não queria ser diferente, queria ser igual, mesmo não conseguindo ser. O igual não na forma de se vestir, mas na forma de viver, sem precisar se fantasiar, sendo quem é realmente todos os dias, sem ter que ficar escolhendo máscaras como fazia sempre. 

Esconde - se por trás de piadas, brincadeiras, falas desconexas que no fim todo mundo ri. Algumas pessoas a levam a sério, bem mais do que espera. Talvez todos a levem a sério, só que não consegue enxergar. Vive em um mundo diferente onde tudo tem que ser pra ontem, porque as horas passam rápido demais e amanhã pode ser tarde, como se fosse morrer no próximo minuto. Não que a vida não seja boa, que as pessoas não sejam suficientes, só que no momento estão sendo impertinentes. 

20/02/2013

Olhos perdidos

Mais de onze horas da noite, em plena terça - feira, sentado na calçada debaixo de uma árvore, com uma garrafa de cachaça na mão, de cabelos cumpridos e grisalhos, aparentando uns 50 anos pra mais, ele olhava os ônibus que passavam ligeiramente. O olhar era vago, vazio, como se não houvesse mais emoção ali dentro, como se nada fosse nada e o tudo não existisse. Cachaça sozinha é a bebida barata, a bebida da derrota, do fracasso, da discórdia. 

Sentado ali, era o quadro da desistência, da dor, de pena. 

Talvez há anos atrás não se imaginaria daquele jeito nos dias de hoje, mas as suas escolhas trouxeram pra ele as consequências de agora. E o que será que ele fez depois que saiu dali, se é que saiu? Ninguém sabe, ninguém viu. 

18/02/2013

5 Filmes que você deve (re) ver

Os Batutinhas (1994) - Filmow




Título Original:

The Little Rascals

Sinopse: 
Os pestinhas arrumam mil e uma confusões depois que, em reunião no Clube dos Homens que Detestam as Mulheres, julgam alfalfa culpado de ter se apaixonado por Darla. As tentativas de interromper o romance são só o início das confusões. 
Refilmagem da série dos anos 20 e 30. Comédia.

Você não sabia? - Os batutinhas


Matilda (1996) - Filmow


Título Original:

Matilda

Sinopse: 
Matilda é a garotinha esperta e inteligente, que gosta de ler e vai bem nos estudos. Mas os pais não percebem isso e a colocam num colégio infernal. Lá ela descobre que tem poderes mágicos e assim vai poder acertar as contas com todos, inclusive a cruel diretora da escola. Comédia.



Trailer (em inglês)






Uma prova de amor (2009) - Filmow




Título Original:

My Sister's Keeper

Sinopse: 
A pequena Anna não é doente, mas bem que poderia estar. Por treze anos, ela foi submetida a inúmeras consultas médicas, cirurgias e transfusões para que sua irmã mais velha Kate pudesse, de alguma forma, lutar contra a leucemia que a atingiu ainda na infância. Anna foi concebida para que sua medula óssea prorrogasse os anos de vida de Kate, papel que ela nunca contestou... até agora. Tal como a maioria dos adolescentes, ela está começando a questionar quem ela realmente é. Mas, ao contrário da maioria, ela sempre teve sua vida definida de acordo com as necessidades da irmã. Então, Anna toma uma decisão que seria impensável, uma atitude que irá abalar sua família e talvez tenha terríveis consequências para a irmã que ela tanto ama. Drama. 



Trailer (legendado)






Chrissa: uma lição de força (2009) - Filmow



Título Original: An American Girl: Chrissa Stands Strong
Sinopse: Quando Chrissa e sua família se mudam para Minnesota, ela tem que entrar na escola bem no meio do período letivo. Desde o primeiro dia de aula ela tem que enfrentar 3 garotas más que tornam impossível a vida de todos na escola. Drama. 

Trailer (em inglês)


Madeline (1998) - Filmow



Título Original: Madeline
Sinopse: Paris, anos 50. Uma instituição com 12 meninas é mantida por Lady Covington (Stéphane Audran) e administrada pela senhorita Clavell (Frances McDormand). Quando Lady Covington falece seu marido, Lorde Covington (Nigel Hawthorne), decide vender a mansão que abriga as meninas. Porém Madeline (Hatty Jones), uma garotinha de 9 anos que não tem ninguém no mundo mas é extremamente capaz de arrumar confusões, provoca diversas situações para que a casa não seja vendida. Madeline é ajudada por Pepito (Kristian de la Osa), o filho do embaixador da Espanha, sendo que quando o menino é alvo de sequestradores a garota faz de tudo para salvá-lo. Comédia

Trailer (em inglês)

12/02/2013

A culpa é das estrelas - John Green


Sinopse: Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas. 












Filmagens de A culpa é das estrelas devem começar em 2013

Se você sente falta de Gus e Hazel, os adoráveis protagonistas de A culpa é das estrelas, já pode começar a comemorar: as filmagens da adaptação do romance de John Green devem ser iniciadas ainda este ano! O filme da Fox 2000 está sendo produzido por Marty Bowen e Wyck Godfrey, a dupla responsável pela Saga Crepúsculo, e o roteiro é de Scott Neustadter e Michael H. Weber, os mesmos que assinam (500) Dias com Ela.

{+ aqui}

Resenhas:

A series of serendipity
Ler e Almejar
Ninhada Literária
Livros e Chocolate
Letras de Chá

07/02/2013

Atendimento ao cliente

Quando você entra em um estabelecimento o mínimo que você quer é ser bem atendido e sair satisfeito, para assim voltar outras vezes, mas para isso acontecer envolve várias coisas, como: o ambiente, a qualidade do atendimento e dos produtos. 

Os funcionários devem ser devidamente bem treinados para poder suprir todas as necessidades de seus clientes, independentemente do produto ou serviço que o estabelecimento oferece. Eles devem ter postura, educação e informar os prós e contras de cada produto, de uma maneira bem clara e objetiva, sem enrolar muito, falar gírias, intrometer-se na vida do cliente indiretamente com comentários inconvenientes, enganá-lo sobre o que se oferece e nem esconder informações importantes do produto. 

É essencial que quando o cliente entre, tenha alguém para recepcioná-lo mesmo que não seja uma pessoa com informações suficientes. Essa pessoa tem que sorrir, ser desenvolta o bastante para a abordagem de todas as pessoas que entrarem, pois todos são clientes em potencial. 



Não há necessidade de que os funcionários sejam instruídos apenas a atender pessoas brancas, magras e bem vestidas. Seja branco, vermelho ou amarelo, com roupas mais velhinhas, gordas, classe a, b ou c, todos tem condições de comprar, pois se entram em algum lugar é porque há interesse nos produtos ofertados. Além de causar um desconforto ao ser discriminado, na maioria das vezes o lojista acaba perdendo o cliente, por não saber instruir seus funcionários ou então educá-los novamente, já que em casa não foram. 

Qual é a primeira coisa que deve-se fazer no instante em que o cliente em potencial entra na loja? Cumprimentá-lo com um sorriso no rosto e oferecer-lhe a sua total disponibilidade para ajudá-lo a encontrar o que procura ali, dar instruções de como funciona, mostrar promoções, falar sobre as formas de pagamento acessíveis e ter bom senso para atender sem fazer piadinhas sem graça, gesticular demais, não fazer caretas e atender um cliente por vez, porque ninguém consegue abraçar o mundo sozinho. 

04/02/2013

Bom dia segunda



Esse é o dia das promessas, do desespero, do recomeço, do desapego, dia da esperança de começar tudo de novo, mais uma vez. Não há nada que possa a fazer parar de existir, impossível. O que podemos fazer é aproveitar ao máximo todos os dias da semana, todo dia é dia, basta você saber o que fazer, o que escolher. Não precisa usufruir apenas da segunda para fazer tudo o que você quer fazer ou grande parte. Não dê desculpas, procure soluções. Seja feliz todos os dias pelas coisas simples.