15/10/2018

Hábitos para praticar: Gratidão


É sete e meia da noite de um domingo, hoje foi um lindo dia, amanhã é segunda - feira e todo mundo se lamentando e reclamando o tempo todo. Esquecem de fazer o mais importante, que é agradecer, tanto pelo dia de hoje quanto por amanhã. 

Pelo simples e não menos importante fato de acordarem e estarem bem, estarem vivas. Viver com gratidão é um hábito que temos que aprender a praticar todos os dias das nossas vidas. 

Pode até parecer um blábláblá, um mimimi, como quiserem chamar, tanto faz, mas faz toda a diferença na vida da gente. Ficar reclamando o tempo todo não vai fazer com que as coisas mudem, só as suas atitudes vão. 

Você é livre pra escolher o que quiser, inclusive pra mudar as coisas do seu cotidiano que te incomodam, já parou pra pensar nisso? Temos que parar de procrastinar tudo o tempo todo pra tomar iniciativas que agreguem de verdade em nossas vidas ao invés de ficar deixando pra depois, pra amanhã e esquecer de fazer.

Te desafio a ser grato por 24 horas e mudar 1 coisa que te incomoda. 
Quando fizer isso vem me contar aqui nos comentários ou nas outras redes sociais como foi. 

Por mais dias de gratidão e menos reclamação. 



Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter
Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati

10/10/2018

Seja forte, eles dizem...



leia escutando: 

Ela olhava todos os dias para o sol esperando que uma boa notícia chegasse de alguma maneira, sem a mínima ideia de como chegaria. O importante era continuar acreditando que as coisas melhorariam dali pra frente, em pequenos detalhes, talvez nem perceptíveis, mas que daqui um tempo faria toda a diferença. 

E na verdade, ela viajava todos os dias sem sair do lugar, ficava imaginando como seria estar realizando e vivendo todos os tantos outros sonhos que se faziam presente todos os dias, mas que por vários motivos não conseguira realizar ainda. 

Era gostoso demais pra ela, sentar no sofá vermelho próximo da janela e ver através da cortina o sol entrando sem pedir licença e após ir pro quarto, abrir a cortina verde quase transparente e a janela para ouvir os passarinhos e deixar o sol entrar. 

Sentir o sol na pele é a melhor sensação, de tão gostosa, fechar os olhos ao sentir aumentava mais ainda. Pensar involuntariamente nas coisas que deseja todos os dias, faz com que tenha ansiedade, que queira pra ontem, que por mágica ao estalar dos dedos tudo aconteça, ou quem sabe uma parte para que afaste um pouco da tristeza diária.

Nos últimos meses aprendeu a controlar um pouco da ansiedade, que aparecia todos os dias, mesmo quando raramente não estava pensando em nada. Dormir mais do que o esperado ajuda bastante, ver imagens aleatórias de coisas que gosta, ver vídeos sobre assuntos que não tem nada a ver com os seus pensamentos diários, além de outras coisas que está descobrindo que também ajudam. 

E por mais que sempre leia em todos os lugares possíveis "que não temos o poder de controlar tudo que está ao nosso redor", continua acreditando que sim, podemos controlar uma parte e essa grande pequena parte irá fazer diferença sempre, todos os dias praticando no final do mês irá fazer toda a diferença. E que o importante de tudo é não desistir de nada do que acredita.



Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter
Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati


03/10/2018

22 ideias de tatuagens pra você fazer com a sua melhor amiga

Desde pequenas encontramos com pessoas que entram em sintonia com a gente, infelizmente por algum motivo temos que nos mudar de casa ou de colégio, mas tem amizades que levamos pra vida toda, independentemente da distância.

E é por isso que para celebrar a amizade com pessoas que combinam tanto com a gente, que vim dar a ideia de eternizar essa relação maravilhosa na nossa pele com tatuagens além de já estar no coração.

Âncora

























Coração




Desenho animado



Flores



Mão



E fora essas ideias, você pode fazer um apelido que vocês tenham entre si, algum outro símbolo que faça sentido pra amizade de vocês ou até mesmo o ano que se conheceram.
Conta aí, qual você faria?

Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter

Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati


02/10/2018

Eu estou aqui para te ajudar!




É bem isso, que nem diz o título. Depois de escrever o que eu gosto de fazer é ajudar as pessoas, das mais diversas formas, seja indicando uma música pra desopilar teu dia ou te escutando durante horas o teu desabafo. Essas e outras formas de ajuda são as que eu gosto que façam por mim. Não faço querendo nada em troca. Não espero nada em troca. Eu ajudo pela satisfação de ajudar e ser útil. 

Acredito também nas energias boas compartilhadas sempre voltam dobradas pra nós e isso é tão maravilhoso que é válido compartilhar sempre. Você pode até não acreditar ou não levar muita fé, mas começa a praticar, começa a fazer de boa, sem medo e receios que o teu dia vai se transformar de uma maneira que você nem vai se lembrar como eram os outros dias antes de você começar com esse novo hábito.

Virtualmente, aprendi que posso fazer amigos de qualquer lugar do mundo, posso trocar diversas informações e só o fato de você receber uma informação que não conhecia e fazer o mesmo pelo outro é uma forma de ajuda indireta. Afinal é apenas uma conversa. E não sei se tu já percebeu isso antes, mas conversar com pessoas diferentes que não são do nosso convívio diário nos faz ver a vida de outra maneira, ou então alguns detalhes que acreditávamos tanto de outro jeito.

Não tô aqui pra ditar regras, falar que sou maravilhosa por gostar de ajudar as pessoas, e sim para te contar que podemos fazer dos nossos dias melhores todos os dias um pouquinho. É tão bom saber que fazemos a diferença no mundo de alguém que não dá mais vontade de parar e por isso se torna algo do cotidiano. 

Pra ajudar alguém não precisa ter dinheiro, muitas vezes não precisa nem sair do lugar, porque uma palavra boa, um ombro amigo e um sorriso são de graça. E qualquer pessoa pode fazer, em qualquer lugar do mundo, basta querer e acreditar que a ajuda está em você. 

Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter

Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati


01/10/2018

Uma carta pra Nati


O que aconteceu contigo nos últimos meses? 


Anda tão chorosa, tão perdida, sem saber o que fazer com a própria vida. Não consegue nem se olhar no espelho, não se vê como sua amiga. Todos os dias, parada em casa, nesse novo estilo de vida, fica remoendo as feridas, cutucando até sangrar tudo de novo sem esperar que cicatrize.

Quero e preciso que tu entenda que tudo passa, que tudo na vida é aprendizado, que você precisa de ajuda guria, quem sabe daqui uns meses, procura uma terapia, porque nesse momento, ninguém além de um profissional pra poder te ajudar melhor que suas amigas e a escrita que te acompanha há tanto tempo, exatamente dez anos. 

As pessoas entram e saem da sua vida quando bem entendem, mesmo isso já tido acontecido várias vezes, você nunca está preparada, você sempre acredita que vai ser pra sempre, mesmo sabendo que o pra sempre não existe, o pra sempre sempre acaba. 

A cada saída é um trauma diferente que fica em ti, que fica marcado como se fosse um ferro quente e que demora muito tempo pra se tornar algo normal na sua pele. Na verdade, acho que nunca se torna, porque as lembranças estão sempre ali o tempo todo, por mais que você não queira sempre tem algo que faça lembrar a última pessoa que foi embora da sua vida.

Em algumas situações tu até pode achar que ninguém nunca vai te amar da maneira que você espera, que você deseja, que tanto quer, porém não consegue entender que o segredo é não esperar nada de ninguém, por mais que a pessoa te prometa mundos e fundos, que crie um universo paralelo maravilhoso para vocês viverem juntos e os momentos bons nunca acaberem.

Acredite, você é amável, bem mais do que pensa ser. As pessoas que não sabem te amar da forma que você merece. Você não tem culpa de nada. Você só quer viver em paz do lado de alguém que te entenda da forma como você é, infelizmente isso não acontece por muito tempo, dura sempre menos de 6 meses.

Chegou a hora de se levantar!


Ter coragem pra sair do sofá, se olhar no espelho e se admirar como a mulher foda que você é, que nem fazia antes. Ter forças pra continuar a seguir o seu caminho. 
Escrever num papel todos os seus desejos, junto dos trajetos que tem que fazer pra chegar até lá e dar o primeiro passo pra conquistar o que tiver mais próximo. 

Não se sinta culpada se as coisas não derem certo na primeira tentativa, você vai ter chance de fazer mais vezes. Não tô te dizendo que é fácil de chegar lá, o importante de tudo isso é você nunca desistir. É acreditar mais em si, saber que tem capacidade e não dar bola pras coisas negativas que te falam. Ah, e continuar sempre com a tua gratidão no peito, disposta a espalhar em todos os lugares pra todas as pessoas que te seguem seja nas redes sociais ou pessoalmente. 

Uma andorinha só não faz verão, mas tudo bem se você ficar um tempo sozinha. Use esse tempo pra se amar mais, se cuidar mais, chorar menos, sorrir mais, encontrar pessoas com energias boas que só vão acrescentar na tua vida, inclusive seja mais sua amiga. 

Nessa altura do campeonato acho que era isso que eu tinha pra te dizer, espero que lembre - se de todas essas palavras todos os dias da tua vida nos próximos anos. Pra que (re)nasça uma nova Natália, uma nova pessoa, não digo e nem quero que seja diferente, apenas melhorada e mais feliz. 

28/09/2018

O hábito de escrever todos os dias


Pra mim que estava escrevendo de 2 a 4 vezes no máximo por mês, escrever todos os dias pra mim era quase impossível, já tentei outras vezes, encarava mais como obrigação do que uma forma de fidelizar leitores, manter tráfego e exercitar a minha escrita. 

Agora já consigo ver de uma outra maneira, apesar de sempre rolar o nosso querido bloqueio criativo e eu ficar um pouco perdida sobre o que irei escrever pra não ficar tão repetitiva falando sobre os mesmos assuntos de sempre: os sentimentos.

Não sou muito boa com cronogramas editoriais, planners e outras formas de organização que a maioria dos produtores de conteúdo usam, já tentei, mas não deu muito certo também. Talvez se eu ver uma outra forma de interpretar também, consiga utilizar e dar uma variada nos temas, além de fazer antes do que fazer sempre em cima da hora, que nem estou fazer agora às 11:55, sendo que meio dia tem que estar no ar.

Te digo que não é tão fácil, mas não é tão difícil, é gostoso escrever todos os dias, ter esse "compromisso" de me comunicar contigo que me acompanha. De expor o que eu sinto, acho e gosto a cada post. Dividir experiências com outras pessoas que não convivem comigo é sempre bom, porque a opinião é na maioria das vezes bem diferente do que eu já tinha ouvido antes. 

Vou começar a exercitar meu hábito da organização pra alimentar outras categorias do blog, até porque no meu banco de ideias tem mais de 100 posts pra fazer, basta eu tirar tudo do papel e colocar em prática. Oremos pra que dê tudo certo!


Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter

Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati


27/09/2018

Quando a gente tenta


Tem situação e relações que acreditamos que vão dar certo, que sentimos que podem dar certo, então o mais correto é não criar tantas expectativas e apenas tentar da forma que você puder, com o que tiver, da forma mais certa pra si mesmo, porque afinal o não nós já temos.

Na hora de dar o primeiro passo sempre vem aquela pergunta: "- E se der errado?", não precisamos responder ao derrotismo, apenas vamos ignorá-lo e deixar pra lá pra conseguir ir atrás do que queremos de verdade.

Torna - se algo de ego, sentimental, vai além do que podemos imaginar. Só temos que tentar conquistar o nosso objetivo de uma maneira que não nos machuque tanto, mesmo que isso seja inevitável e que não dependa apenas de nós. 

O sofrimento vai acontecer de qualquer maneira, porque quando almejamos alguma coisa, queremos que seja do nosso jeito, pensamos que o resultado vai ser como imaginamos, ou seja, criamos mil expectativas e no final damos com a cara na porta. 

Por mais difícil que seja, não podemos nos abater - por muito tempo, apesar do baque ser muito grande. Chora tudo o que tiver pra chorar, escute as músicas mais tristes pra ajudar a sair todas as lágrimas possíveis. Sofra tudo o que tiver pra sofrer. Não se sinta culpada por isso, tá tudo bem, é normal.

E depois de tudo isso olhe pra trás e analise os fatos:
- tudo o que você aprendeu
- tudo o que aconteceu
- tudo o que você escutou
- valeu a pena?
- foi bom?

Tire as suas próprias conclusões, dependendo do que for não desista, mas se continuar te machucando desista, porque a vida é muito curta pra ficar sofrendo por tanto tempo. Se você já chorou, sofreu, se arrependeu, mas mesmo assim quer tentar de novo, tente, não fique na vontade. Porém se já passou por tudo isso e não quer mais se machucar, vida que segue, bola frente e cuide mais de você por mais tempo.

Me siga nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter

Me ajude a continuar produzindo conteúdos pra você: Apoie o Mundo de Nati