30/04/2012

Sim ou não?

Namorar vai além de mudar o status do facebook de 'solteira' para 'relacionamento sério'. É coisa bem mais séria que isso que vemos na internet, de declarações para o amado e fotos registrando os momentos maravilhosos juntos. Tá certo, que ninguém consegue um namorado da noite pro dia, acho melhor falar por mim mesma, troque o ninguém e coloque eu, porque a maioria das gurias que eu conheço tem um namorado diferente por mês. 

Primeiro você conhece a pessoa, se beijam, tudo é novo e lindo, apaixonante. Depois a sua rotina muda, porque tem que coincidir com a rotina do amado. Tudo vira de cabeça pra baixo até você se acostumar. Até que chega um dia que o cara quer te apresentar pra família dele, você topa e fingi não estar nervosa. Chegando lá todos te olham estranho, até o cachorro, como se você fosse um bicho com sete cabeças. Todos digerem a situação e aceitam - se. 



Porém num belo dia tu te cansa daquela novela mexicana exibida trocentas vezes pelo sbt, porque comer todo dia a mesma comida cansa. Não falo só do sexual, mas de tudo, tem uma hora que tu vai te cansar de fazer tudo programado, e mais ainda de ter um relacionamento previsível. Um dia o fogo vai apagar, o frio na barriga vai deixar de existir e os seus pontos fracos não irão mais funcionar com ele. 

Agora eu te perguntou: pra quê se arriscar em uma situação que você já sabe como vai ser e o que irá acontecer passo a passo? 
E fora que você, com toda a certeza, vai se sentir atraída por outras pessoas, porque sempre que estamos comprometidas, chove pretendentes como se não houvesse amanhã, muitos deles muito melhores que o seu atual. Porém, você não irá ficar por causa do contrato de fidelidade que assinou no dia que aceitou namorar com o dito cujo. 



Será que vale a pena mudar, praticamente, toda a sua vida por causa de 1 pessoa que apareceu na sua vida do nada? Sei que irá contestar, eu amo ele e mimimi, mas amiga pensa bem, controle ou deixe-se controlar.  

Como tudo na vida, namorar também tem as partes boas, ficar junto, ser feliz do lado de alguém, ser 'amada', etc. 


Baseado no 13º dia que estava ficando e a pessoa quis dar um passo a mais - palavras dele -  com a minha pessoa, ou seja, namorar e eu sentindo que essa situação iria acontecer dei um discurso antes do pedido ser feito, mesmo ele sabendo que eu não ia topar, fez e eu para confirmar a sua certeza, disse que não. Sinceramente, namorar não é pra mim, enjoo muito fácil das pessoas, seus jeitos e situações repetitivas. Prefiro continuar bem, do que me arriscar e sofrer sem necessidade.


23/04/2012

14 dias

No meio da correria de todos os dias, durante todo o ano, sinto vontade de deixar tudo e todos para trás, como se nunca tivessem existido. Não posso fazer isso. As memórias, sentimentos e nem os momentos irão se apagar. A minha história começou a ser escrita, tenho que continuar a escrevê-la, tentar modificar de alguma forma, da melhor possível, para que as vontades de desistir deixem de ser constantes. 

Tudo isso pode até ser drama da minha parte, querer desistir de tudo e de todos ao meu redor. Fugir das obrigações diárias, que não me dão nenhum prazer e a remuneração não chega nem a um salário minimo. 
Todos irão dizer que a culpa é minha, exclusivamente minha, que eu não soube fazer as escolhas certas. Admito que sim. Fiz muitas escolhas erradas, desde a de parar de estudar 3 vezes, namorar durante quase 4 anos uma pessoa que eu nem tinha certeza que gostava - e por carência fiquei tanto tempo -, apostar em relacionamentos que na verdade nunca iriam existir, acreditar em pessoas que nunca gostaram de mim realmente e mais ainda em suas falsas promessas, até em arrumar um emprego explorador feito o meu. 

Sentada fico na maior parte do dia, ora trabalhando, ora estudando, ora navegando, talvez nas entrelinhas eu espero que as coisas caiam do céu, feito uma gota de chuva previsível num dia nublado.  

Continuo a me iludir com algumas coisas, na verdade, com a maior parte, menos com relacionamentos. 

E quando estou desesperada, desanimada, preocupada, com raiva escuto: 




Sei que não há lamentação no mundo que irá fazer minha vida mudar, quem tem que fazer isso sou eu e me libertar do que me aprisiona e me proíbe de fazer tudo o que eu tanto desejo. Desde sair sem rumo até conquistar o mundo.

09/04/2012

Tua negatividade eu jogo pela janela


Não permita que te maltratem, que digam que tu não pode e que usem e abusem da tua boa vontade. Eles não querem saber como você se sente, apenas se importam com o que acham que sentem e denominam de forma incoerente. Trate as pessoas do mesmo jeito que elas te tratam, independentemente se é pai, mãe, vizinho ou os clientes daquele serviço que tu trabalha, mas detesta. Dê na cara de quem te contesta sem ter a minima razão e nem entender do que tu está falando. Quem não quiser te ouvir, que saia de perto, mas nunca deixe de dizer o que pensa e quer. Se te disserem que tu não é capaz, não dê importância, porque quem te diz isso, sabe que tu é capaz e tem inveja por não ser tanto quanto você. 


07/04/2012

Diga - me a verdade

Os olhos, novamente e sempre, cansados se despedem de mais um dia cansativo de labuta. todos os membros moídos, como se tivesse passado um rolo compressor. O coração todo remendado, pois um dia foi despedaçado e continua a ser. 

Com sentimentos indecifráveis escrevo esses versos que com certeza não serão lidos. Independentemente disso, o meu ser continua a sentir necessidade de desabar o que lhe perturba.

E no ir e vir da vida, nos encontramos e desencontramos com seres que vemos, mas não enxergamos e enxergamos, mas não vemos. Tudo poderia ser mais simples, se não fossem tão difíceis.

04/04/2012

fernando pessoa - um


Quero tudo novo de novo. Quero não sentir medo. Quero me entregar mais, me jogar mais, amar mais. Viajar até cansar. Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes, ler mais. Sair mais. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Quero ser feliz, quero sossego. Quero me olhar mais. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais. Não quero esperar mais. Quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero ousar mais. Experimentar mais. Quero menos ”mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais. E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.
Fernando Pessoa

03/04/2012

círculo

com a cabeça doendo, funcionando bem menos do que costuma funcionar.
com o corpo cansado, acordando cedo, sem tempo nem para gargalhar e respirar.
querendo mil e uma coisas, entretanto não depende apenas do meu fazer, o tempo também está envolvido.
então meus queridos, isso resume o que vivo no momento. 
sem arrependimentos das pausas que fiz no meu tempo, porém me arrependo de alguns momentos. 
contraditória estou sendo, mesmo não querendo.