30/12/2011

Não somos únicos

Tumblr_lwxy3623oz1r8l49mo1_500_large

E se você tivesse para onde correr quando sofresse humilhações, quando fosse mandado embora de casa, será que você seria igual ao que é hoje? Será que você sabe o que é estar em segundo plano há anos? Querer ter liberdade e não ter recursos suficientes para poder usufruí-la.

E de longe você vê que tudo não passa de uma absurda mentira que todos cegos insistem em acreditar, tentamos abrir seus olhos para a realidade, para a verdade, mas não adianta, eles insistem em vestir suas vendas transparentes, como se fossem lentes obrigatórias.

Optei em falar antes de acontecer e deixar com que seus corpos e corações padeçam antes de pensar. Os que se acham mais espertos sofrem mais do que os que são realmente espertos.

É difícil demais não se envolver no ponto alto da carência, onde a inocência e a cegueira toma conta de nós por inteiros. Temos a certeza do que vai acontecer e mesmo assim insistimos em reviver a mesma história sempre com os diferentes personagens que aparecem ao decorrer do tempo em nossas vidas. Não podemos colocar a culpa no cupido, até porque talvez, ele não tenha nos encontrado ainda, no lugar certo, na hora certa e o mais importante, junto do nosso par, aquele que dizem que a vida reservou pra nós, mas que talvez já estejam junto de outras pessoas.

Enfim, fuja do que te atormenta, viva tudo o que tem que viver sem medo de errar, porque é com os erros que conseguimos acertar, não é só nos problemas matemáticos que isso se aplica. Isso tudo implica na nossa, com a nossa vida que por alguns instantes a vemos perdida, perdidos, sem ter para onde correr, sem ombros para banharmos com nossas lágrimas salgadas de dor, sem um abraço para nos dar impulso para continuar a viver. Independente de todos os sofrimentos, obstacúlos e decepções, temos que continuar a viver, porque nascemos para ser feliz e não para sofrer. 

Deixem esses sofrimentos desnecessários por pessoas que não se lembram de vocês, de nós para nada, para essas novelas mexicanas. Até porque não somos obrigados a viver e nem assistir à essa breguice.

25/12/2011

Intolerante


Cheia de rompante, com a tromba maior que a do elefante, se achando a gigante diante de tudo e de todos, sempre pensando que as coisas vão ser como antes. Iludida, tentando seguir em frente e achar um par para seguir junto na mesma estrada, busca quase impossível. Três pessoas pra formar uma perfeita. Irritada irritante,  não consegue mais dizer o que quer sem ferir quem está ao seu redor. Psicologo, psiquiatra, ninguém vai resolver o que ela nem sabe o que é, indecifráveis sentimentos que a perturbam. Policiar-se a cada segundo será a solução até voltar ao normal, se esse não for o seu normal. Dedos apontados julgam, criticam. Ninguém precisa disso. Tolerar o intolerável é um ato que desafia a paciência até que chega um momento em que explodimos e ficamos explodimos todos que estão ao nosso redor. Sem mais!


14/12/2011

8 dez. 11 - 1ª tatuagem



As tatuagens são uma maneira de sofrer pelas coisas que têm um real significado para ti.
 Na realidade, até gosto da dor. Alivia-me.
Amy Winehouse

Vendo a minha tatuagem você não sabe o que é? Nunca brincou com uma dessas com os seus amigos? Essa é a flor chamada de Dente de Leão, é aquela branquinha que quando assopramos  suas pétalas voam. Todo mundo me pergunta porque eu a fiz, uns gostam, outros não gostam. Por  mim tanto faz como tanto fez. O corpo e o dinheiro são meus, faço deles o que quiser. Cada um com os seus problemas. É, eu sei, fui um pouco ignorante, mas se eu não for assim as pessoas vão dar mais palpites do que já dão na minha vida.  Voltando, quando estava procurando a imagem, procurava algo que fizesse sentido para mim e que fosse diferente, que eu nunca tivesse visto antes. Então achei, essa flor lembra a minha infância, quando eu tinha 5 anos, morava num condominio que tinha um jardim lindo e nele tinha várias flores que nem a tatuada no meu braço esquerdo, era muito feliz, a minha única preocupação era brincar. 

Se quiser fazer uma tatuagem, pesquise o lugar, a imagem - uma que faça sentido e não só porque você achou legal - e a parte do seu corpo. Não faça por impulso para não se arrepender depois, para fazer uma remoção - que não é completa, porque fica resquícios - é R$ 5 mil pra mais até. 

12/12/2011

Você conhece a liberdade?

Os anos se passam, mas a cada minuto uma decepção nova com as mesmas pessoas ou com outras. Tudo na vida é aprendizado, não adianta se excluir, tentar mudar o comportamento, o sofrimento parece te perseguir por todos os lugares. Na rua temos como escapar, fugir, se esconder, fica calada e nada acontecer, mas quando é em casa não temos como escapar, o nosso escudo não funciona. Escutamos calados tudo o que nos é dito, sem dó nem piedade pelo falador que diz nos amar, nos momentos que os convém. O que eu, você, nós queremos é liberdade. Não a encontrei ainda, mas a quero, o mais rápido possível de preferência. Para só assim poder viver tudo o que a vida está reservando pra mim futuramente. Hoje sim, entendo o porque que as pessoas mudam-se da casa dos pais, é porque a tolerância acaba, se esgota, muda de lar, muda-se de nós e vai para o outro sem nem ao menos avisar, não há quem a faça voltar. Enfim, esperanças eu tenho de encontrá-la ou dela me encontrar. Que assim seja.

First love - Adele  

01/12/2011

One and only


E se você namorasse comigo, talvez eu mudasse. Me maquiaria todos os dias, pintaria minhas unhas toda a semana, faria um penteado diferente a cada 5 minutos, tudo apenas para te agradar. Não é que eu não goste de mim, é que isso não me agrada, mas por você faria até mais, tudo que fosse capaz. Como você não quer, não me quer, não farei nada do que desejas. Cansei de fazer e você não me valorizar. Então, desde ontem de 2009 vivo o que tenho que viver com quem aparecer no meu destino, mesmo que por apenas um dia ou uma noite, nunca passa mais do que isso. Talvez seja falta de vontade da minha parte em investir ou promiscuidade demais da minha parte na hora do desespero, naquela hora quando o meu olhar é retribuído da mesma forma. 

E do que adianta eu escrever sobre isso mais uma vez de tantas milhares de vezes se você não vai voltar e muito menos ler?