28/11/2010

aliás, é só um palpite

Não se comporte como se nada tivesse acontecido, como se eu já tivesse esquecido todas as feridas que você fez brotar em meu coração, as lágrimas que você fez escorrer dos meus olhos, a dor. Pare de se comportar como se fosse uma criança que não sabe o que quer, extremamente perdida, você parou de usar fraldas mais de 17 anos. Não finja mais sentir coisas que não sente, esqueça o figurino, largue a varinha de condão, chega de tanta ilusão. Sua máscara já caiu pra mim e faz tempo, porém assim como você fez comigo, estou e continuarei fazendo com você, enganando, usando. Sei que não acertei as 10 questões, acertei pelo menos a metade de cada uma, é aqueles 0,5 sabe? Mesmo assim te fiz feliz de alguma forma, assim como você também me fez. Só que hoje eu busco pessoas reais, com sonhos e vontades reais, iguais as minhas. Com aquela ambição boa de querer mais do que se tem sem ofender e passar por cima de ninguém. A minha sinceridade não me deixa ficar quieta, fechar a boca, parar os dedos, talvez até parar de escrever sobre tudo o que eu acho de vocês, sejam boas ou ruins, sinto a necessidade de falar, de publicar postagem. Não consigo ser falsa o tempo todo, mentir, fingir, muito menos omitir tudo o que eu sinto, penso e necessito. Apesar de tudo o que eu faço e falo também tenho um coração, que pode estar muito abatido, fraco e cansado, mas ainda bate e tem esperanças de sentimentos melhores e não platônicos. Tenha um pouco mais de consideração com o seu coração se não tem com o coração alheio, decida-se logo em relação ao o que você quer fazer, escolha. As horas estão passando rápido demais, infelizmente você não está conseguindo nem acompanhar os segundos, fica sentado o tempo inteiro esperando a caridade, as migalhas. Não quero caminhar do lado de uma pessoa desse jeito que acha que as coisas irão cair do céu. Paciência tem limite e sentimentos têm prazo de validade.

25/11/2010

Realidade Cruel

São tão pequenos, indefesos, quase nem aguentam o seu próprio peso. Não pediram para nascer, e já que estão aqui só pedem carinho, atenção, amor e uma boa educação. Meninos, meninas, incapazes ainda, pouco fazem por si, melhor dizendo, nada fazem por si. Encontram-se em um momento de aprendizagem, esperando por um alguém que quando não seus pais, um desconhecido com bondade, paciência, amor pelo próximo e muita solidariedade lhe estendem a mão rumo a dias melhores. Quem não tem capacidade de educar uma criança, seja psicológica ou financeira, que procure quem possa ou então evite o máximo possível. É muito difícil para algumas pessoas, principalmente as despreparadas nas questões citadas anteriormente, pois elas não tem o mínimo de instrução para continuarem a viver, ou sobreviver. Vítimas de um círculo vicioso criado automaticamente muitos anos antes de sequer seus pais pensarem em os fazerem, tragédias familiares geradas pela desigualdade social. Enquanto uns tem muito, outros não tem nada, nem um grão, nem uma gota, nem um tijolo, uma peça de roupa, um par de sapatos. No começo de suas vidas vão para a rua pedir trocados, um prato de comida, a maioria se cansa de pedir em vão para pessoas sem coração e começam a usar drogas. Adotam a droga como o prato de comida, o agasalho, é um jeito de continuar na vida que lhes deram, desse jeito não conseguem encarar a vida como ela é. Depois de umas semanas usando, os trocados pedidos na rua já não são o suficiente para sustentar o vicio, é aí então, que começam a roubar, vender o próprio corpo por uma sensação de alguns segundos, pela falsa saciedade corporal e mental. Você tem o grão, o amor, a atenção, pais com instrução, vários tijolos, vários sapatos e roupas, porém não dá o devido valor a tudo o que lhe pertence, age como se não tivesse nada, reclama o dia inteiro, por tudo. Já parou para pensar quantas pessoas da mesma idade que a sua, com uma realidade totalmente diferente, queriam estar no seu lugar? Então vamos repensar os nossos conceitos.

22/11/2010

para a nossa conscientização

Aos poucos nós entenderemos que nosso amor, por quem quer que seja, importa somente a nós mesmos. E nos livraremos dos sentimentos de posse que vêm inerentemente a ele por força de nossa cultura ocidental, e após conseguirmos isso, estaremos enfim com disponibilidade para amar, sem que isso presuma querer algo em troca, que se resuma somente em dar sem esperar nada receber...
_
Por: Leon K. Nunes
comentário de uma postagem anterior que vale ser registrado. muito obrigada!

19/11/2010

Só Pra Constar

Do que me importa o seu Oi
Do que me importa a sua vida
Não quero saber de nada
Suas coisas nas minhas,
não fazem diferença nenhuma.
_
As coisas eram e hoje não são mais
Passado.
_
Por mim tanto faz
Não me importo com a sua
roupa, calçado, relacionamentos.
Nada do que é seu está na minha "lista" de prioridades
(já estiveram, durante muito tempo)
_
Se contente com o que restou,
Se é que restou alguma coisa.
_
Do que importa o que você foi pra mim?
Estou vivendo o hoje e hoje não é mais
Não me importo mais.

como seria se todos retribuíssem os sentimentos da mesma forma?

18/11/2010

toda positividade eu desejo a você (...) ♪

O que fazer se toda vez que eu te vejo me dá vontade de chorar? Me lembro de tudo o que vivemos e que poderíamos estar vivendo ainda, mas infelizmente a vida nos guiou para caminhos diferente. Antes eu te olhava e te conhecia tanto, hoje te olho e tu é uma pessoa desconhecida para mim. Não sei por mais quanto tempo vou continuar assim por causa de ti. Só sei que sinto falta.
_
Até quando você vai ficar assim, desse jeito, tão indeciso e desanimado? To cansada de tentar te ajudar e você bater a porta na minha cara, como se nos conhecessemos apenas a um mês. Eu tento, mas você não quer, então não posso fazer nada.
_
Se hoje eu não me importasse mais com você, não continuaria sofrendo, por minimo que seja. Burrice demais.
349 :D obrigada!

13/11/2010

só quem sente consegue descrever (...)

como é estranho te ver e não poder te abraçar. foi um sacrificio para meus sentimentos platônicos passarem, alguns se foram, outros ainda permanecem. o que me acalhenta é saber que a vida é assim, que tem uma hora em que os caminhos não serão mais os mesmos e que a vida nos afastará uma hora ou outra das pessoas que mais gostamos, por vários motivos, alguns até que não conseguimos identificar! mas sempre que vejo ela, meu coração bate forte ainda, isso me machuca tanto. todo mundo diz que eu tenho que largar de mão, porém não é assim que funciona, abrir meu peito e arrancar o sentimento de lá, abrir minha mente e tirar minhas lembranças de lá. e ninguém entende! enfim, ainda sinto tua falta, ainda gosto muito de ti. meu coração ainda bate toda vezes que meus olhos te veem.

06/11/2010

Me deixa viver (...) ♪

Escrever faz parte da minha vida, colocar tudo o que sinto para fora transformado em palavras. No momento preferi dar um tempo desse mundo virtual, aonde fico bitolada, acompanhando coisas que nem sempre me fazem bem. Falar todos os dias com pessoas que não acrescentam em nada e só me importunam com "problemas" fúteis, praticamente nem existem. Elas tem tudo para serem feliz, infelizmente são cegas demais para perceber. Não posso mais fazer nada por elas. Tu tem problema, porque quer. To cuidando da minha vida, fazendo as coisas para mim. Não gosto dessa palhaçada de ficar falando os meus problemas para os outros, porque ninguém vai me ajudar, ninguém vai resolver para mim. Algumas pessoas até acham que eu não tenho problemas e que tudo é um mar de rosas para mim, mas não. Apenas não fico reclamando pra Deus e todo mundo sobre as coisas que passou ou deixo de passar. Ou seja, tenho um simancol.
To vivendo, to feliz, to bem, muito obrigada!