31/05/2018

Carta aberta pra MINA

@vic_toryy e @chloevero

Faz mais de um ano que não nos falamos mais, nos vimos na rua, mas os olhares se desencontraram propositalmente, preferi acreditar que foi sem querer, tanto da minha parte quanto da tua. Foram quase dez anos de amizade, cumplicidade e companheirismo. Desde a primeira vez que te vi me apaixonei por ti, pela tua pessoa e como tu via as coisas de uma maneira diferente da minha, foi amor a primeira vista, tu se tornou a minha melhor amiga. 

Eu que terminei, eu que quis assim e agora estou aqui escrevendo sobre como tu foi importante na minha vida e o quanto sinto a tua falta todos os dias nessa última semana. Não posso me iludir achando que se voltarmos a nos falar será como antes, mas não será, da primeira vez foi, pra falar bem a verdade foi melhor do que eu esperava. Voltamos fortalecidas!

Era em ti que eu podia confiar, contar em todos os momentos, na maioria do tempo que fomos melhores amigas uma da outra, infelizmente não nos mantemos iguais sempre e mudamos. Nessa mudança fomos nos perdendo uma da outra, não correspondíamos mais da mesma maneira, se dependesse de mim apenas tudo continuaria sendo recíproco e bom até hoje e daqui pra frente, sempre. 

Não sei se tu ainda se lembra, mas a nossa música era Mudaram as estações na voz da Cássia Eller, e desde a época do MSN tu sempre mandava um trecho pra mim. 

Não quero que isso se torne o muro das lamentações, nem nada parecido, mas assim como tu sabe e todos que me acompanham também, é aqui que eu escrevo tudo o que eu sinto e o que eu mais tenho sentido é a tua falta. Queria poder voltar no tempo pra ter feito algo diferente pra que nossa amizade não acabasse. 

Te amo e não é de hoje. 

Isso tudo que eu escrevi é apenas 0,01% de todas as nossas lembranças e o que eu sinto.