30/07/2018

no teu abraço é o meu aconchego

Te olhar tão de perto e conseguir sentir todos os sentimentos sem nem mesmo precisar falar uma palavra pra saber o que acontece é a melhor coisa que me aconteceu até hoje. Mesmo que tu me diga que não é preciso lembrar de antes e só viver daqui pra frente, porque é o que tu importa, tu não me diz assim, mas é assim que eu entendo. 

Te vi de longe, sorri por dentro com o coração, ele ficou quentinho, sorri por fora e meus olhos ficaram que nem os dos emojis do whatsapp, tanto o de estrelas quanto o de corações, veio o frio na barriga e o coração acelerado. Não era esperado esse mix de sentimentos, mas aconteceu e acho que são esses os melhores sentimentos que alguém pode sentir quando encontra alguém. 

Te leio todos os dias, o que eu mais desejo é a tua companhia, o tempo todo, noite e dia, porque do teu lado descobri o meu melhor, que sou capaz de fazer as coisas mesmo não acreditando tu me faz acreditar a cada linha que escreve, a cada palavra dita e a cada olhar que vai além do que qualquer outra pessoa consegue ver. 

Segurar na tua mão me preenche de uma maneira que eu não sei explicar, nossos dedos se encaixaram desde o primeiro momento. O nosso abraço se encaixou como se tivéssemos nos abraçado um milhão de vezes antes, de tão gostoso que é fechei os olhos automaticamente, saí de mim e fui parar em um universo paralelo só de amor, carinho, tranquilidade e paz. Quando abri os olhos parecia ter passado tanto tempo e ao mesmo tempo foram apenas segundos, quero essa sensação pra sempre. 

De todas as linhas que escrevi até aqui, tu já leu, tu já sabe, já conhece. E por mais que eu me declare outra vez, nunca vai ser igual, vai ser sempre diferente e a cada dia que passe, vai ser sempre acrescentada uma linha diferente e mais feliz sobre nós, porque o meu amor é teu. 

15/07/2018

Como o derrotismo me atrapalha todos os dias

Rawpixel


Ele tá aqui presente até pra começar esse texto sobre ele mesmo, é chato isso que acontece há um certo tempo, desde que querer ser dona do meu próprio nariz com a ajuda do blog se tornou o meu foco principal. Sinto que a cada 10 ideias boas, 11 são ruins demais para serem colocadas em prática e acaba que nada é feito.

A impressão que eu tenho é de que na hora que as ideias surgem na minha cabeça elas são ótimas, perfeitas, escrevo tudo nos mínimos detalhes até como vou dispor as imagens e quais as imagens, quantas linhas cada parágrafo vai ter e o que irei sublinhar/colocar em negrito, tudo bem explicado nos mínimos detalhes.

Por causa de um pequeno grande detalhe as coisas não acontecem, tudo para, eu paro, minha mente trava, meus dedos nem encostam no teclado e eu fico me comparando com tantos outros blogueiros e blogueiras que acompanho nessa blogosfera tão grande, achando que toda e qualquer coisa que eu produza vai ser muito ruim, mas tão ruim de que ninguém vai querer ler.

Apesar de todo esse pensamento negativo, se analisarmos juntos todos os comentários nesses mais de 700 textos já publicados sobre inúmeros assuntos, a maioria das pessoas dizem que gostam do que eu escrevo, que se identificam e que não posso parar de escrever, porque é muito bom e mais pessoas tem que ler o que escrevo.

Chega a ser tudo tão contraditório, porque ao ler os comentários e ouvir a opinião de pessoas que me conhecem pessoalmente sobre o que eu mais gosto de fazer, que é escrever, sinto vontade de escrever loucamente sem parar sem ter fim e espalhar meus textos por aí, nos muros das avenidas mais movimentadas da cidade.

Sabe o que me falta pra tudo isso acontecer? 
Isso mesmo, coragem pra abrir o editor de texto do blogger e escrever sobre o que eu quiser sem medo da opinião alheia negativa, apenas levar em conta as construtivas. Ter consciência da minha capacidade de criação, aproveitar os momentos em que a minha criatividade está em alta e colocar todas as minhas ideias em prática e investir no que tiver mais sucesso. 

E não posso me esquecer de deixar o derrotismo pra lá, não permitir que ele interrompa a minha vida, meus sonhos e as oportunidades de ser feliz fazendo o que eu gosto o tempo inteiro.

Quero saber de ti: 
O derrotismo já te atrapalhou alguma vez? Como você lida com isso?

09/07/2018

Conte para si mesmo os seus sonhos

ACERVO PESSOAL DA IANCA

Hoje eu tô aqui pra te dar um conselho, sei que se conselho fosse bom a gente não dava, a gente vendia, mas são essas e mais outras coisas da vida que quero passar pra frente, principalmente as que me fazem e me deixam bem de alguma maneira. Sei que talvez possa parecer besteira, mas continue mantendo tudo em segredo, não conte pra ninguém, nem em quem tu confia, conte pra si mesma todos os dias, o tempo inteiro. E se nada disso for suficiente, escreva num papel, rabisque palavras aleatórias até a ansiedade de contar pra alguém passar, com o tempo você vai se conscientizar de que contar pra alguém não vai fazer com que aconteça mais rápido do que o tempo que você sabe que vai levar. 

E durante todo esse tempo, que você vai vendo tudo se realizando aos pouquinhos, cada fruto que você plantou crescendo numa árvore linda de viver, vai ver que valeu a pena cada palavra rabiscada no papel e guardada dentro da boca. 

Pode até ser superstição demais, tem pessoas que não concordam com esse tipo de atitude e que classificam egoísmo extremo, mas temos que fazer o que é melhor pra nós e seguir com as coisas que acreditamos para que nossos sonhos virem realidade o mais rápido possível, não esquecendo que nossos acontecem na proporção que trabalhamos para que eles aconteçam. 

E concluímos que cada um sabe o que é melhor pra si e até hoje o que eu vi mais dar certo é quando as pessoas primeiro realizam e só depois contam pra todo mundo, na verdade elas postam nas redes sociais, que é mais fácil e prático. 

E depois mensagem maravilhosa pra você refletir sobre, de presente te deixo esse gif lindo. 

Girassóis daqui