15/02/2014

Diversidade da blogosfera


Nós, blogueiros veteranos, que começamos há mais de 5 anos atrás, quando ter um blog, escrever em um era pra compartilhar os sentimentos estamos um pouco esquecidos, somos poucos hoje. Tínhamos comentários por nosso próprio mérito, não porque copiávamos conteúdo de outras pessoas e nem porque falávamos sobre a mesma coisa que todo o resto da blogosfera. 

Na verdade nós, blogueiros que escrevemos sobre o dia a dia, o nosso principalmente, de uma forma indireta, sempre falamos sobre o "mesmo" assunto que as outras blogueiras, porém de uma forma diferente. Hoje, as blogueiras de antigamente, as que sobreviveram na blogosfera começaram a escrever sobre livros, viraram blogueiras de blogs literários e as novas falam sobre moda, tutoriais, decoração, viagens. É legal, viram revistas virtuais escritas por pessoas que são quase da mesma faixa etária que a sua, e tem mais outras coisas em comum com você. Mas, tem um pequeno detalhe, num dia você vê um assunto em determinado blog e no outro o mesmo assunto, abordado da mesma forma em outro. Copiar conteúdo não é postar, não é ser blogueira, essa pessoa não faz parte da blogosfera realmente. 

Eu já passei por um momento de cabeça fraca e tentei postar sobre cabelo, comportamento, modas e todos esses mimis que as blogueiras novas escrevem, mas não tenho paciência pra esse tipo de coisa. Quando criei esse blog, aos 15 anos, foi para expor tudo o que eu sentia de ruim e de bom. No começo, escrevia só quando estava triste, depois de um tempo, escrevia sempre, inspiração não faltava, minha opinião não some. 

Não posso deixar que essa nova blogosfera derrube meu blog ou faça ele mudar de tema, de rumo, de escrita. Nasceu assim e continuará até o fim com o mesmo andar. Um dia tem postagem, em outro não. A essência não pode ser perdida de forma nenhuma. 

11/02/2014

Sopre - se


Dentro do peito um aperto imenso, uma vontade de sair voando feito um dente de leão, um catavento. Ser livre como o vento é, o tempo.  No passo miúdo diário, com um ar meio sedentários, vamos devagar, cheios de dores, conquistando novos caminhos, respirando novos ares. Não gostamos muito dos olhares que são lançados, fugimos ou ficamos e encaramos todos de cabeça erguida. É essa a vida, o que nos resta é viver.

07/02/2014

É isso mesmo?



o colorido te seduz a cada dia.
a ilusão te compensa com o artificial.
nada é igual amanhã, nem foi real ontem.
dá vontade de deitar pra admirar o horizonte.
deixar o tempo passar pra ver o que vai acontecer.
tem dias que a gente cansa, não dá nem vontade de levantar.

trabalhamos o mês todo, todos os dias, 6 hrs durante a semana,
9 no sábado, suamos a camisa todos os dias, pra ganhar 10 centavos.
por mais que estamos desgostosos, tentamos fazer o melhor sempre.
E o que recebemos? ingratidão, um "tu não faz mais que a tua obrigação".

cansativo, satura, dá vontade de sair correndo todos os dias.
arrumar as malas e apenas ir para algum lugar longe, começar do zero.
deixar de ser escravo, deixar de plantar de noite e colherem todos os dias de manhã.


03/02/2014

Playlist de segunda - 6

Meio ano sem postar e cá estamos nós novamente, com inspirações para atualizar a playlist do celular, do ipod, do mp alguma coisa. Enfim, dê o play e se divirta.






Curtam, sigam e compartilhem.