28/11/2009

Concreto vs Coração

Em sua volta formou-se um muro imenso e nele espinhos afiados, para ser ferido não precisava tocá-los, apenas observar. Olhar seu corpo em busca de ferimentos seria em vão, pois por fora não haveria nada, nem um sinal de cortes ou de sangue, já no seu interior ardia; doía, uma dor incomum que nunca sentira. Depois da edificação ninguém mais passava além nem aquém. Era um modo de segurança que a maioria das pessoas que possuem sentimentos usam, uns mais altos e fortes, até infinitos, já outros mais frágeis, a resistência de cada construção depende do que a pessoa está se protegendo. Aprisionar-se é doloroso para qualquer um. Acordar e olhar aquele pedaço de concreto enorme com espinhos afiados é assustador e ao mesmo acolhedor para quem quer sentir-se seguro. A construção de um muro a sua volta é motivado pelos traumas que ao decorrer do tempo aconteceram e que com toda essa (in)segurança, tão cedo não irá acontecer, agora você tem o poder da situação, coisa que sempre deveria obter, afinal o coração lhe pertence e ninguém é apaixonado pelo sofrimento. Você pode permanecer o tempo que for dentro dessa fortaleza, podem se passar anos, mas as lembranças existem e se você não resolver todos os assuntos pendentes que ficaram para trás desde o dia do refúgio, os dias aprisionada no alto da torre e cercada de muros terão sido em vão. Ultima coisa que tenho para lhes dizer: antes de construir um muro que você considera a maior prevenção contra decepções e se tornar uma anti social, resolva-se. Veja o que vale a pena de verdade, digo de sentimentos a pessoas. Não é valido que absorva essas decepções e aí dentro transformem-se em traumas e assim ser o principal motivo do paredão de concreto. Desperdiçar dias, até anos, de sua vida com coisas irrelevantes não é a melhor escolha. Mas quem sou eu para dizer qual é a melhor escolha! Só quero abrir os olhos de vocês, assim como fiz um dia, não muito distante.

26/11/2009

Esse calor que aquece meu peito ♪

Descobri qual é o resultado do calor escaldante no meu corpo. Viro uma pessoa bipolar (mais do que já sou), animada e disposta demais, tanto que fiz algumas coisas que não fazia há séculos e que provavelmente ninguém teria vontade de fazer, ainda mais no calorão. A maioria das pessoas estavam desanimadas, suadas e desesperadas, por causa do forno gigante em que nos colocaram. Mas eu não, tava numa alegria que só, toda suada, gargalhante (essa palavra nem existe) e por milagre, praticamente, nem entrei na net como de costume. Tentei ficar online um pouco, mas o bendito messenger -palavra chatinha- não quis entrar de jeito nenhum, se passaram duas horas, nessa altura do campeonato minhas costas e pernas estavam grudados; selados na cadeira, coitados de nós. Mesmo com a temperatura altíssima o dia foi ótimo e produtivo. Aproveite todos os dias.

#
O motivo do post anterior foi: queria escrever, mas não tinha um tema e também eu gosto de fazer um draminha básico. Atire o primeiro mouse quem não gosta. Ah, desanimei também por causa da falta de prestigio, não que o de vocês não seja suficiente, mas quanto mais melhor, que nem dinheiro; amigos e chocolate.

25/11/2009

Um dia eu volto

Estou meio desanimada em relação blog. Antes eu tinha milhares de coisas para escrever, mas hoje não mais. Como disse antes que estava apenas esperando o tempo passar para as coisas acontecerem, é isso o que estou fazendo. Não tenho sobre o que falar, contar, escrever. Talvez fique um tempo sem escrever nada aqui. Leiam o Divã Cor de Rosa e o Melhor Amiga, por favor. Quem sabe um dia eu volte. Obrigada a todos que comentam, seguem ou apenas passam por aqui.

22/11/2009

Declarações: não me canso!

Por muitas vezes desejei nunca mais te ver, que esse amor que cresce a cada dia dentro de mim se acabasse sem deixar rastros de existência. Tive vontade de rasgar a tua foto - aquela 3x4-, deletar as digitais, jogar no lixo aqueles brincos e junto o cartãozinho que tu me deu de presente no meu aniversário. Pensei em desistir de tudo que envolvia você, por causa dessa grande decepção, todos os pensamentos foram em vão. Eu até poderia fazer tudo isso, mas não iria apagar da minha memória as gargalhadas, os sonhos construídos juntos, o teu jeito de falar, andar e sorrir. Coisas que nem mesmo o senhor amenizador de mágoas (lê-se:tempo) irá apagar de dentro do meu coração, que ainda continua batendo forte por ti, o temporal voltou, pelo menos da minha parte sim, já não sei de você. O que importa é que o sentimento existe, podem estar escondidinhas lá no fundo do coração, mas continuam lá dentro vivas e prontas para serem ativadas novamente. A amizade nem a força do tempo irá destruir ♪

20/11/2009

Quase autobiográfico

Agora com quase 6205 dias de vida, sei muito bem o que eu sou, quem sou, o que vou fazer futuramente e o que vim fazer aqui. Não preciso e nem quero que fiquem adivinhando meu futuro, julgando o meu passado e nem cuidando e fofocando sobre o meu presente. A vida é minha e não tua, te toca e me deixa em paz. Decidi quem vai continuar na minha vida, quem vai sair e quem irá entrar, o tempo irá dizer. Não quero que leiam minha vida em uma bola de cristal qualquer dentro de uma tenda ridícula. Prefiro viver um dia de cada vez, buscar a minha felicidade tão esperada que no momento não ta acontecendo, mas to menos infeliz do que antes. Hoje, to acreditando mais no tempo do que antes. Ele me provou que tem a capacidade e o poder de me ajudar do jeito que eu tanto esperava. Não posso desistir tão fácil assim das pessoas, planos, sonhos, desejos. Não podemos. Temos que ter mais força. Mais amor, mais alegria. Encarar as coisas com mais humor. Fazer menos tempestade em copos d'água. Sentimentos mútuos eles existem sim, se ainda não aconteceu irá acontecer. Não mude para os outros, eles tem que te aceitar do jeito que você é, mude apenas para você. Por hoje é essa a lição.

Eu vi o Por toda a minha vida - Cazuza, chorei.
Escute,Porque eu sei que é amor - Titãs ♪
Com o tempo tudo se ajeita, creia!

17/11/2009

História de Uma Pessoa Real - Parte VII

Durante esses 6205 dias de vida ela passou por muitas coisas, boas e ruins, como tudo mundo é claro. Vocês devem ter acompanhado nas histórias anteriores, sobre o namorado, a mãe e sobre outras coisas e pessoas. Cansada das atitudes (ou falta delas) do namorado para com ela que por trás iam favorecê-lo de alguma forma, decidiu terminar esse relacionamento totalmente sem futuro, antes só do que mau acompanhada. Um mês, parabéns para ela, pela melhor decisão já tomada em sua vida. Em relação aos problemas com a mãe super protetora, foi na noite do apagão que tudo se esclareceu. Mentiras desmentidas, omissões reveladas, pingos nos is colocados em seus devidos lugares. Pronto, relacionamentos ajeitados. Agora é esperar o tempo passar para as coisas acontecerem.
#
Muito obrigada gente pelos comentários :D
Se não for pedir muito, será que vocês
poderiam ler também o Melhor Amiga?
Desde já, obrigada!

15/11/2009

aah, vtnc! (:

Dizer que minhas palavras são inúteis é o mesmo que dizer que Deus, #nossosenhor não existe. Extremamente um pecado muito grande. MEIGNOREM Não crer nas minhas palavras sábias #nemtodas, é porque não são inteligentes o bastante para conseguir absorvê-las. Tá, admito: sei que as coisas que eu escrevo não são lá aquelas maravilhas que possa dizer: - Bá a Nati é uma sábia, maravilhosa e perfeita. Mas né, to me esforçando pra melhorar, processo demorado esse. Ah e pra lembrar para os ignorantes de plantão - mesmo sabendo que eles são uns alienados e que não lerão isso aqui nem que colem em todos os lugares por onde transitam -, ter um blog, dedicar-se à ele e compartilhar a pouca sabedoria adquirida ao decorrer dos poucos anos de vida que tenho, não é perca de tempo algum. E se acham isso o problema é todo de quem acha, porque eu to nem aí, dou de ombros pra esse tipinho de gente, tudo pobre de espírito.
Obs: A opinião desse tipo de criatura não vale de nada para nós blogueiras (os), pois a maioria que cordena. E tenho dito!

# Com essa palhaçada de apagões, deu pane de novo aqui.
Mas agora ta tudo certo. Voltarei aos poucos aos seus blogs
para deixar meus humildes comentários.

13/11/2009

Bem Importante

Fotos: Pedaços de papéis ou então digitais, nos trazem lembranças que dependendo nos fazem chorar sem parar. Pessoas queridas ali, momentos tão felizes e que deveriam ser aproveitado bem mais, na hora pensamos que estávamos, mas só depois que vemos aquele momento registrado que percebemos que não o aproveitamos tanto o instante quanto as pessoas que estavam ali e que talvez nunca teremos mais o mesmo contato. Revendo-as notei o quão importante essas pessoas são pra mim. Gosta da pessoa, tem uma história com ela? Registre o momento, não tire foto por tirar, pra que ficar fazendo edição de fotos com suas amiguinhas no orkut? Fala sério, né! No fundo, no fundo, foto é importante sim. Fotografe seus momentos mais especiais, com o seu coração também!

Eu sempre gostei de ajudar as pessoas de algum jeito, esse blog fiz para me ajudar e estou conseguindo. E, daí fiz o Melhor Amiga para ajudar e falar de outros assunto que não sejão os meus pessoais. To ainda em fase de ajustes, afinal criei hoje. Ah, e to arrumando o visual do Divã Cor de Rosa, porque eu andei por aí vendo uns blogs e vi que tem o mesmo visual, então não eras essa palhaçada, se é pra ficar parecido que fique parecido com este aqui. Enfim, espero o apoio de todos vocês e muito obrigada pelo o apoio que foi-me dado até o dia de hoje!

09/11/2009

Por que fazes assim comigo, coração?

O que você ganha com isso, me atirou pra cá e depois pra lá. Me sorrir e por muitas mais chorar. Não morri seca. Se esse foi o seu intuito o tempo todo, fracassou. Bato palmas pra ti, por todos os seus planos maléficos contra eles, meus sentimentos, poucos, mas fortes. Sei que em muitas vezes quase me entreguei as tuas maldades sem fundamento, não foi ainda dessa vez, nunca será. Ele já foi de papel, de pedra, e agora sim, esta normal, seguro, quente e batendo como sempre esteve quando você estava aqui do meu lado, me fazendo rir. O tempo pode ter passado, aprendi com o sofrimento. Melhor deixar o tempo passar pra ver no que vai dar. Tudo depende apenas de você. Não deixe teu orgulho falar mais alto que o sentimento que tem dentro do seu coração, passe por cima e tente ser feliz de novo. Seja com melhores amigos/amigas (meu caso), namorados. Enfim, independente da pessoa que for, tente. Arrisque, não deixe as chances passarem na sua frente, aproveita. Depois não adianta chorar que nem louca e ficar arrependida e amarga pro resto da vida por não ter tentado reconquistar o amor de alguém. Temos consciência que não será a mesma coisa de antes, mas tentaremos. Não seja burra. Não se importe com o que beltrano ou ciclana irá falar sobre suas atitudes em relação a essa pessoa, o que realmente importa nisso tudo, é que você estará feliz. Seu coração irá pulsar novamente por um alguém especial. Meu coração é um músculo involuntário e ele pulsa por você ♪ Talvez você se arrependa se as coisas não sairem do jeito que você tanto planejou, mas pensei que pelo menos tentou. Esquece o medo; passado; lágrimas; decepções, apenas pense daqui para frente. O futuro espera vocês! A vida é muito curta para ficar tomando decisões, ter orgulho, pensar só em si mesmo. Olhe pra frente, pros lados. Viva o que tem que viver. Tente mais uma vez... ♪

08/11/2009

Não sou fotogênica - Fato!

Antigamente o negócio de fotos era mais raro, só em datas (aniversários, nascimento de crianças,casamentos,etc.), porque tinhamos que comprar o certo filme pra podermos tirar as tais 36 fotos. Colocavamos cuidadosamente o filme: tinha que tapar a maquina um pouco para não pegar claridade, porque se não já eras o tal filme. Mas hoje não, a tecnologia avançou muito, tudo digital, normal. Daí não tem problema de limite de fotos, nada que um cartão de memória não ajude né meu bem, e qualquer um sabe sabe usar. Tem dias que as criaturas não tem nem o que fazer e ficam tirando fotinhos pra por no orkut, coisas banais, tão futeis, mas tem gente que gosta menos eu. Antigamente não podiamos ver como tinha ficado a foto, já hoje é bem melhor, vemos como ela ficou e se não gostamos podemos apagá-la tirar uma outra, antes tinhamos que esperar a revelação das fotos e também torciamos pras fotos não queimarem. Comparando o ontem com o hoje vemos que tudo evoluiu.

05/11/2009

Esqueça ♪

Contudo o que aconteceu durante esse tempo desde o primeiro dia que te conheci até hoje, sofri muito. Fui muito feliz do teu lado, assim como chorei também sorri, mas não da mesma quantidade da felicidade que senti ao saber que poderia contar contigo sempre, mesmo com esse afastamento - sabemos que é temporário, e que o amor que bate aqui também bate aí - ainda posso contar com você, é mútuo. Sentimentos sinceros não desaparecem do dia para a noite. Quem sabe, seja apenas mais uma fase, uma aprovação para ficarmos mais fortes quando nos reencontrarmos, nessa vida ou na próxima, só Deus sabe. A afinidade que temos as vezes me faz pensar que na vida anterior éramos uma pessoa só. Dizem que me humilho, imploro, fico correndo atrás demais e você só bate a porta na minha cara. Não quero nem saber o que pensam ou deixam de pensar, o coração e a vida são meus. Se eu fiz e continuo a fazer tudo isso, o problema é todo meu ou a sorte por continuar a te amar e ter te encontrado. Toda vez que como chocolate me lembro de você, quando revejo nossas fotos fecho os olhos e tenho a sensação de estar vivendo tudo de novo, os melhores momentos da minha vida.

- Só nos julgam porque não são capazes de entender nossos sentimentos e muito menos nossas razões!

Muito obrigada por todos os comentários e seguidores.
Fico muito feliz com a presença de cada um de vocês.
Até mais ver.

03/11/2009

Siga em frente

Pra que continuar a fingir que o sentimento que esta guardado aí dentro do seu peito nunca existiu? Sacuda-o, tire a poeira que insiste em permanecer sobre ele, depois disso tenho certeza de que você verá o quão bonito ele é, e se tornará quando for compartilhado ou voltar a ser. Não adianta deixá-lo abandonado, pois no fundo ele tem lágrimas para serem jorradas a qualquer momento de decepção, que nem você fazia até suas lágrimas secarem ou a conscientização chegar ao teu coração. Não adianta lutar sozinho para uma coisa acontecer se não depende apenas da sua vontade, é preciso que o outro também queira. Tente mais de uma vez - se você amar de paixão, claro-, mas se quando você ver a pessoa e não sentir um vendaval no estômago (lê-se:emoção), desista, porque não irá valer a pena. Dois erros não fazem um acerto.
Chorar pelo ontem hoje, não dá mais!
Futuramente responderei a todos os comentários.
Aguardem por favor e não deixem de me visitar!