30/03/2010

Talvez você não faça tanta falta assim.

No meu primeiro dia de vida, você preferiu me criticar do que me abraçar e dizer que me amava, nem precisava tanto, apenas dizer algo de bom, mas não, preferiu ser ignorante e frio do que acolher um ser que iria depender de você. Depois de um tempo continuou a ser a mesma pessoa ignorante e cheia de razão que exige sempre o melhor, mas não melhora para poder dar o exemplo para assim poder ficar exigindo algo de alguém que você nunca demonstrou sentir um pingo de amor. Desde pequena ela só queria que ele a abraçasse e dissesse que a ama e a quer bem, porém foi tudo ao contrário, a única coisa que ela escutava eram criticas e mais criticas o tempo todo. Até os 15 anos ela tinha esperanças de que ele mudasse e a aceitasse como veio ao mundo, com suas qualidades e defeitos, coisa que quem ama de verdade faz, mas demorou muito para ele mudar e as esperanças dela foram embora e junto os sentimentos, os mais intensos. Humilhá-la na frente de quem fosse e aonde fosse era/é o que ele mais sabe fazer, humilhações vem antes de fazê-la chorar é claro, sorrir por admiração nunca ocorreu e talvez isso nunca aconteça. Hoje, eles não se veem mais espontaneamente, apenas eventualmente, muito raro. Ela não sente mais vontade de vê-lo e muito menos de conversar, as decepções petrificaram a parte que pertencia a ele, mas no fundo a esperança ainda continua ali esperando que ele seja um como todos os outros. Ela, eu e ele meu pai!

Jurei que nunca iria escrever sobre ele, mas foi necessário, pois hoje fiquei sabendo de uma história parecida com a minha. Então disse para a pessoa: - "Trata ele do mesmo jeito que ele te trata! Por mais que te doa assim será melhor do que continuar aceitando tudo o que ele te faz do que se afastar e sofrer sem ele por perto!" Isso não serve só pra ele ou pra mim, serve também para todas as outras pessoas que vivem nessa mesma situação horrível.

28/03/2010

comemoração interna

Daqui exatamente 16 dias irei completar mais um ano de vida. Pra todos é um momento tão feliz e bom, cercados de amigos e comemorando de alguma forma. Mas pra mim não, não tenho amigos para comemorar e vai passar em branco, tanto faz como tanto fez. Quando eu era pequena as datas tinham mais importância, mais encanto, e hoje só me importo com a páscoa mesmo, pois sou chocolatra, caso contrário, não me importaria também. Tá, no fundo é super emocionante fazer aniversário, e perceber que evolui, mudei. Olhar para trás e lembrar de todos os aniversários comemorados, mais ainda das pessoas que estavam junto de mim e que nesse ano não estam mais. É triste, mas por um lado fico feliz por ter conhecido essas pessoas e aprendido algo com elas. Futuramente isso melhora.

Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar (...)

Encontros e despedidas

(Milton Nascimento & Fernando Brant) - Maria Rita

23/03/2010

Indignação ensina

Vocês sabem com o que eu me indigno? Não! Então eu vou falar. Indigno-me quando ajuda as pessoas e elas não retribuem. Não fico ali plantada esperando que a pessoa me devolva aquele favor, até porque eu não emprestei, me ofereci e ajudei, apenas isso. Mas é chato quando você ajuda alguém e na hora que você também está precisando ela te vira as costas e esquece que um ela também precisou e futuramente também irá precisar. São ingratos demais. Só pensam em si 24hrs por dia, 7 dias por semana, durante 365 dias, egoístas. É bem isso que acontece quando você quer o bem de alguém que recem conheceu, confiar demais nas pessoas, achar que elas são boas e também querem o seu bem, nos retribuem com a mais fria ingratidão. Olham apenas para seus umbigos sujos e fedidos e esquecem da ajuda que um dia receberam de você. Isso acontece em qualquer lugar. Sempre querem ser mais que você, seja no amor, na profissão, na sociedade, até quando dormem querem ser melhor. Querem ganhar com o seu esforço. É isso o que você deve estar pensando, aconteceu isso comigo hoje sim. Não gostei, reclamei. Chamei de interesseiro e mandei pra longe com uma linguagem bem chula e que prefiro não citar para não sujar as páginas do meu blog com essa gente que não merece se quer um pingo da minha ajuda. Em partes, sou um pouco rancorosa sim, mas me diga, quem não é?! Todos somos e não podemos ficar escondendo isso de todo mundo só para mostrar que somos seres perfeitos e sem defeitos. Não seja incapaz de assumir tudo o que sente e acha. A hora é agora, basta abrir a boca e dizer tudo o que pensa, seja pelo blog ou pessoalmente, mas de preferência use a segunda opção, tenha coragem.

Sonhar não custa nada!

Sinceramente, vou falar. Eu quero viver um romance, daqueles que tenham jantares a luz de velas, flores e um lindo café da manhã ao amanhecer. Com muito romantismo, muito amor e dedicação. Em que eu seja feliz e meu tão esperado principe seja perfeito. Tanto nas feições quanto em suas atitudes. Que me entenda e aceite de todas as maneiras possiveis e existentes. Desejo que ele supere a perfeição, ao menos diante dos meus olhos e do meu coração que a tanto tempo o espera. Talvez num belo dia ele chegue, montado em seu cavalo branco e cheio de amor para dar. Surgem alguns, porém são imitações baratas, apenas sapos, que no começo me seduzem e depois eu abro bem os olhos e vejo que tem inúmeros defeitos de fabricação. Infelizmente, não é de primeira que percebo os defeitos de fábrica, demora um certo tempo e quando percebo peço devolução do meu tempo, beijos e carinhos. Corro o risco de me iludir mais uma vez me envolvendo com esses sapos que aparecem pelo meio do caminho, mas mesmo correndo o risco vou beijando os sapos, quem sabe um ainda vira um principe?


ficou meio idiota, mas eu tinha que colocar para fora.

16/03/2010

E agora é pra ficar ♪

quem é vivo sempre aparece, demora mas aparece, e aqui estou eu. sem muitas palavras ou com tantas, mas que insistem em permanecer dentro de mim. colégio tá tudo lindo, maravilhoso. conhecendo várias pessoas e reencontrando outras. vejo alguns seres indesejaveis, desvio o olhar e continuo a seguir em frente como se nada tivesse acontecido naquele passado não muito distante que prefiro deixar cair no esquecimento. nesse ano escolhi ser feliz, e estou fazendo de tudo para ser, de tudo mesmo, e está funcionando. acho que vocês também deveriam fazer, irão se sentir tão bem. me encontro totalmente receptiva a fazer novas amizades, esquecer as tristezas do passado, aproveitar tudo e todos que me rodeiam e fazer coisas para que cada minuto da minha vida seja mais feliz. finalmente acordei daquele profundo sonho negativo.
_
/editei o layout do meu querido blog.
o que vocês acharam?
particularmente, gostei, adorei./

03/03/2010

Quebrei o Silêncio!

as aulas queridas e tão esperadas já começaram, adorei. achei que o meu relacionamento com meus ricos colegas seria conturbado que nem ano passado, mas não, foi bem pelo contrário, tá indo melhor do que eu imaginava. já falo com todo mundo, adorei todos os professores. enfim tá tudo perfeito pra mim e pra vocês? entrei de coração aberto, tanto para conhecer pessoas novas quanto para aceitar os professores como eles são e apenas enxergar suas qualidades e não frisar seus defeitos, pois eu também tenho defeitos e com certeza não é no colégio que vou frisá-los. só hoje consegui um tempinho pra relatar isso aqui, mesmo que ninguém leia ou não tenha a mínima importância para alguém, mas pra mim faz e muito. é o registro da minha evolução como pessoa e mais ainda como aluna. posso até estar atrasada e daí, pelo menos to indo atrás das coisas que deveria ter feito antes, conhecendo pessoas e voltando a me relacionar decentemente sem me apegar para não sofrer. minha vida está agitada, melhor do que antes. esqueci as coisas do passado, aquelas que me fizeram sofrer, acho que as feridas se curaram. ah, e aprendi também que rancor não nos leva a nada, temos que aproveitar cada momento das nossas vidas, pois nunca sabemos quando iremos partir dessa pra melhor e de preferência que seja aproveitada só com felicidades e amizades, nada de desavenças que só nos fazem mal. e como minha mamãe sempre diz: "tudo vai dar certo". pensem positivo até quando achamos que a situação poderia ser pior do que já se encontra, sempre há chances de melhorar. enfim, to feliz. obs: antes de mais nada, acredite em si mesmo e os outros começarão a acreditar também. letras minúsculas são mais delicadas.