Não somos únicos

02:42

Tumblr_lwxy3623oz1r8l49mo1_500_large

E se você tivesse para onde correr quando sofresse humilhações, quando fosse mandado embora de casa, será que você seria igual ao que é hoje? Será que você sabe o que é estar em segundo plano há anos? Querer ter liberdade e não ter recursos suficientes para poder usufruí-la.

E de longe você vê que tudo não passa de uma absurda mentira que todos cegos insistem em acreditar, tentamos abrir seus olhos para a realidade, para a verdade, mas não adianta, eles insistem em vestir suas vendas transparentes, como se fossem lentes obrigatórias.

Optei em falar antes de acontecer e deixar com que seus corpos e corações padeçam antes de pensar. Os que se acham mais espertos sofrem mais do que os que são realmente espertos.

É difícil demais não se envolver no ponto alto da carência, onde a inocência e a cegueira toma conta de nós por inteiros. Temos a certeza do que vai acontecer e mesmo assim insistimos em reviver a mesma história sempre com os diferentes personagens que aparecem ao decorrer do tempo em nossas vidas. Não podemos colocar a culpa no cupido, até porque talvez, ele não tenha nos encontrado ainda, no lugar certo, na hora certa e o mais importante, junto do nosso par, aquele que dizem que a vida reservou pra nós, mas que talvez já estejam junto de outras pessoas.

Enfim, fuja do que te atormenta, viva tudo o que tem que viver sem medo de errar, porque é com os erros que conseguimos acertar, não é só nos problemas matemáticos que isso se aplica. Isso tudo implica na nossa, com a nossa vida que por alguns instantes a vemos perdida, perdidos, sem ter para onde correr, sem ombros para banharmos com nossas lágrimas salgadas de dor, sem um abraço para nos dar impulso para continuar a viver. Independente de todos os sofrimentos, obstacúlos e decepções, temos que continuar a viver, porque nascemos para ser feliz e não para sofrer. 

Deixem esses sofrimentos desnecessários por pessoas que não se lembram de vocês, de nós para nada, para essas novelas mexicanas. Até porque não somos obrigados a viver e nem assistir à essa breguice.

You Might Also Like

10 Comentários

  1. Mas essa breguice é foda, as vezes, tira tudo da gente sendo muito difícil recomçar... Mas é preciso seguir, pois a vida continua.

    Abraços Imundos.

    ResponderExcluir
  2. não é que é! as pessoas nos ferem com facão, e querem que as recebemos com flores do verão , eh demais né!

    ResponderExcluir
  3. já quis tanto fugir, correr sem olhar pra trás, mas o medo nunca deixou.

    ResponderExcluir
  4. Difícil é ensinar isso pro coração, mas seu contexto é maravilhoso.

    ResponderExcluir
  5. ótimo post, Nati :-)

    Ele parece servir para muitas coisas, mas parece que a questão aí é justamente relacionamentos e pelo visto tu já se tocou que existe um padrão que seguimos, pois vc disse que repete a história com pessoas diferentes.
    Bem, isso geralmente acontece por que nos fixamos em um padrão de pessoa/comportamento. E quando esse padrão é negativo, a gente costuma se dar mal.
    Muitas vezes isso está ligado a figura paterna, no caso de mulheres. Por exemplo, pais distantes podem fazer com que mulheres se apeguem com caras que podem ter comportamente parecido, mesmo que pareçam diferentes do pai, a principio. Isso é bem real e comprovado pelos psicólogos. Uma família psicologicamente saudável (o que é raro) geralamente faz com que os filhos achem parceiros decentes. Mas como isso não é o caso pra 90% da população, em geral as pessoas padecem errando de parceiro o tempo todo.
    Mas a verdade é que o que acontece é que estmos fixados nesse padrão e pra sair dele precisamos começar a mudar nosso modo de pensar, nosso comportamento e nosso modo de ver a vida, e isso vai fazer com que pessoas que antes você achava que nunca poderia rolar nada, agora lhe parecerão interessantes e você a elas.
    Então, nesse 2012, mude por dentro, porque é lá que a revolução se faz.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Eu já me decepcionei um bocado, mas nem me preocupo mais, como você disse que é pra continuar vivendo, continuo aproveitando tudo e me divertindo, sendo feliz e querendo ser sempre mais :*

    ResponderExcluir
  7. Liberdade, algo que porque luto sempre na minha vida. Entendi e senti muita coisa que você escreveu. Que em 2012 tudo seja melhor! :)

    ResponderExcluir
  8. Ultimamente eu ando me libertar de mim. E ando deixando de lados as pessoas.

    ResponderExcluir
  9. a minha vida é uma novela mexicana, totalmente brega e sofrida. mas eu confesso que não a troco por qualquer outra, já me acostumei :)

    beijas, Diva! ;*
    s2

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!