Ó meu eterno amado

21:23

Quando nos conhecemos eu não me importava com você e nem queria, só que de repente,
olhou-me com um jeito diferente do que o de costume e me encantou comom nunca ninguém tinha feito antes.
Começou como quem não queria nada, primeiro me dando um simples Oi, e passando - se os dias ia me perguntando como eu estava, percebendo com o seu olhar detalhista de tudo o que eu gostava; meu jeito de vestir, gostos tanto culinários quanto amorosos.
As conversas eram sempre em grupo para não perceberem o seu interesse em mim.
Me conquistou com o seu jeito especial de me olhar, com o jeitinho meigo e carinhoso de falar e me tratar.
Mas hoje você decidiu me deixar para desfrutar de outras mulheres que não são e nunca serão suas almas gêmeas de verdade, serei eternamente sua amada.

You Might Also Like

2 Comentários

  1. Estou percebendo a existência de fortíssimos sintomas de paixão aí...
    Que texto bonito!

    ResponderExcluir
  2. Oie..
    Q linda poesia ...
    Parece ser poesia de quem está apaixonada:)

    bjOo

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!