Me disseram que eu não posso sentir nada

23:44

os meus sentimentos ninguém entende, todos dizem que sempre tem alguém pior. até concordo, mas esses são meus e quem sente sou eu. se fosse pela vontade dos outros, eu não choraria, não sentiria e teria que me conformar. então eu tenho que me conformar com o meu ensino médio atrasado sendo cursado numa escola de ensino e estrutura precária, com o meu emprego que é um trabalho escravo legalizado, com a bursite que ele trouxe e a quase certeza de uma hérnia de disco, com o meu salário de fome, com as minhas roupas de anos atrás que quase nem servem, com o meu cabelo desgranhado, com o bairro marginalizado, a cama com lastros aos pedaços. devo também me conformar com a vontade de chorar que tenho que engolir, porque sei que todos irão me julgar e falar a mesma coisa de sempre, conformar. porém os meus são poucos, pequenos, ninguém entende, só eu que sinto, e os de quem eu tenho que escutar são enormes, gigantescos, cheios de verdade e motivos. pimenta no cú dos outros é refresco. infelizmente, é sempre assim, tão pequeno pra você, mas muito grande pra mim.

Não vou deixar de sentir, porque querem que eu deixe de sentir. Sou uma pessoa, não sou um fantoche. Sinto vontade de chorar quando há frustração, ilusão, desapontamento, como todos vocês também fazem. Só queria entender, o por quê que eu não posso ficar de mau humor dentro da minha casa. Por quê eu tenho que suportar tudo calada? 
E de nada adiantará fraquejar, pois todos sabemos que o teu ser é mais forte do que o querer alheio. @meuamorpravoce

You Might Also Like

8 Comentários

  1. Todos nós podemos sim sentir tristeza, decepção, chorar as vezes porque chega uma hora que ao sermos forte de mais, cansa e precisamos aliviar o que está na nossa alma. O que estamos sentindo. Claro que a sociedade não entende, acha que temos que ser forte o tempo inteiro, mas todos nós temos direito de ser fracos também, de acordar de mal humor, querem matar todo mundo em pensamento, se estressar, ficar quieto no seu canto, vamos segurando, aguento, mas as vezes chegamos no nosso limite e sim temos que colocar tudo pra fora, e foda se sociedade e todos aqueles que acham que temos que ser perfeitas e que também temos o direito de chorar, errar, enfim. Todos nós temos dias bons e ruins.

    ResponderExcluir
  2. As pessoas sempre acham que os seus problemas são maiores, mas poucas entendem que todas as pessoas tem problemas, e que todos tem direito de as vezes se cansar e ficar tristes ou irritados. beijo.
    http://okeroviajante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oh Gosh, sinta Nati, não se conforme, se conformar é o pior que podemos fazer em situações assim, e mesmo que não expresse, não sinta-se conformada com nada disso se isso não te faz bem. Incrível como eu ás vezes me sinto assim também, como não posso demonstrar certas frustrações em minha própria casa...

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  4. É quem nem você disse, pimenta no cu dos outros é refresco. Não é porque tem gente pior que pra você não está ruim também, eles precisam aprender isso!
    Sinta, não se preocupe, procure um refúgio, um lugar onde você possa ficar sozinha e chorar em paz. Deixe eles insignificantes para lá!
    Você não tem que suportar calada. não mesmo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Se quiser chorar, chore... Faça o que tiver vontade, e não ligue para os outros :')

    ResponderExcluir
  6. acho foda isso. todos nós temos tendência de lembrar os outros que sempre existe pessoas em piores situações, mas nos esquecemos que quando somos nós que sofremos, não vemos consolo em lugar nenhum. alias, desde quando saber que existe pessoas com a vida mais desestruturada é condição pra deixar a gente feliz? na boa, quem fica feliz por saber que tem gente infeliz tem problemas..

    curta a sua triste, mas não deixe ela te desmoronar. use ela pra te jogar pra frente, pra ser uma pessoa melhor!

    ResponderExcluir
  7. Nati,
    eu passei por algumas coisinhas que você citou aí no texto e me identifiquei. É até possível ler nos meus arquivos antigos. Eu tinha um trabalho escravo, ganhava pouco que não dava para nada, não tinha tempo nem para estudar e nem para sair. Foram dois anos loucos e horríveis da minha vida, mas que passou. Valeu como experiência, para aprender a valorizar o pouco que tenho e tentar uma vida melhor. Hoje um dia as coisas melhoraram um pouco, fui demitida, estou estagiando e estou tentando conquistar meu lugar ao sol. Não tá fácil para ninguém, mas não desista. Sei que depois da tempestade, vem a bonança e você conseguirá o que tanto almeja. Mil beijos flor e já estou te seguindo!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nati. Eu gosto do seu blog exatamente porque eu sempre me identifico com os seus posts.
    E sim, a gente tem essa direito de chorar, ficar triste e desejar uma vida diferente, ainda que em muitos casos não só os outros nos julgam por sentirmos tudo isso, esfregando na nossa cara que tem outras pessoas com problemas que são, supostamente, mais importantes, mas nós também nos condenamos, em muitos casos, como se não tivéssemos esse direito de ficar chateada com algo. Cada pessoa é tão diferente, dessa forma cada pessoa tem uma forma diferente de encarar determinadas situações. Então, se algo me incomoda, porque não posso, simplesmente, ficar chateada com isso, não é?!

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!