amor próprio

Único e Último

18:30

fonte: weheartit


Lembrei do quanto sorríamos olhando para a sombra das formigas que passavam na janela carregando comida comentando o quanto cada uma era mais gulosa que a outra por causa do tamanho do que carregava. Era bem idiota, mas era o nosso ritual todos os dias quando acordávamos depois das dez horas da manhã. 

Lembrei de como era gostoso agarrar na tua mão e de como me sentia segura quando tu segurava na minha coxa todas as vezes que caminhávamos na rua juntos. Sempre que leio algum texto romântico, lembro do quão românticos éramos. Flutuo nos pensamentos, sinto vontade de te ver, mas lembro do dia que a venda dos meus olhos caiu, o amor sumiu e o meu amor próprio me abraçou tão forte que nunca mais me largou.

Ainda escrevo sobre você, porque você foi meu primeiro e único namorado. E foi o relacionamento mais traumatizante, tanto que não me vejo tendo outro.

Todos dizem que vai passar, que nem todo homem é igual, só que não é isso o que eles dizem, reproduzem, fazem, até que me provem todos são iguais e eu não mereço nenhum deles da mesma forma que eles não me merecem. 

You Might Also Like

2 Comentários

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!