amor próprio

Pare de se anular

abril 02, 2018

Foto de Sherice Major 


Hoje eu vim te falar o que falta aqui dentro do peito, o me diz respeito, sobre as coisas que eu fico sem jeito e que não cabem mais aqui dentro. Talvez esteja tudo junto no mesmo balaio e seja interpretado como defeito, não sei dizer direito, porque é muita coisa que acontece ao mesmo tempo. 

Chego a ficar perdida, sem saber pra qual lado ir, se devo ficar ou partir, pra onde seguir. Continuo perdida e não sei ainda até quando vou ficar desse jeito. Não sei!

A tática da vez e que está funcionando é viver um dia de cada vez, com calma, sem pressa e fazer sempre o que é melhor pra mim, pra parar de me anular e viver a minha própria vida. No começo é um pouco difícil, mas no decorrer do trânsito as coisas vão se ajeitando, tudo vai indo pro seu lugar e a anulação deixa de existir. 

Não acredito que anular - se seja algo que a pessoa nasça e coloque - se sozinha e sim que ela seja colocada naquela situação pela própria família, infelizmente. Conseguir sair desse quadro, dessa prisão e ir de encontro a liberdade é um processo lento e muito demorado, porque existe a parte de enxergar - se como pessoa que tem que viver a própria vida, ver que tem uma vida a ser vivida, saber que tem que ser feliz da maneira que bem entender e ir em busca de tudo isso. 

Quando essas coisas acontecem e tudo fica mais fácil de entender, é um pouco doloroso. As pessoas que te colocaram ali, como prisioneira de uma vida que você não quer viver, vão tentar te manter naquilo ali, amarrada com chantagens emocionais, e toda vez que você tentar sair e perceberem, irão te puxar de volta fazendo com que você se sinta uma pessoa ruim se tomar uma decisão diferente das que querem que você tome.

(a palavra você é escrita muitas vezes na mesma frase, no mesmo parágrafo pra ajudar na conscientização e para ficar bem claro sobre quem estamos falando: você;eu.)

Isso tudo me consome, faz com que a ansiedade grite, a insônia ultrapasse os limites, as dores surgem do nada, tomam conta de todo o meu corpo, me entupo de remédios como se não houvesse amanhã, na convicção de que vá passar logo, só que nada passa. Esse monte de remédios não me fazem bem, sabemos disso. 

A real vontade é de largar tudo, ir pra praia, ficar um tempo por lá, e ir mudando de cidade de tempos em tempos, ir conhecendo as cidades, criando conteúdos pra alimentar esse blog maravilindo que eu amo tanto e que futuramente vai me sustentar. Acredito no meu potencial e que sendo um pouco mais egoísta vou conseguir ser feliz por mais dias, em mais momentos, mesmo que longe por um tempo.

Um dia eu encho a minha mochila, deixo um bilhete e vou viver a minha vida. 
Até outro dia.

You Might Also Like

16 Comentários

  1. otimo texto, me ajudou muito . Fiquei muito lisonjeada e feliz.

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo e profundo!! O melhor a fazer é viver um dia de cada vez sem stress como diz meu filho. O que tiver que ser, será!! Uma ótima reflexão!

    Bjs,
    Cidália.

    ResponderExcluir
  3. Que texto incrível. Que foto linda!
    A vida anda cada dia mais corrida e recheada de estresses, as vezes precisamos parar e respirar fundo para reformular nossas prioridades e como queremos viver de fato, por mais que as circunstâncias nos leve para lugares desconhecidos.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua reflexão, por mais que possamos estar rodeada de confusão e estresse, temos que tirar um tempo e viver nossa vida, rever o que é importante e ser feliz.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre estou revendo meus conceitos e não ha coisa melhor ...o que vc escreveu é bem verdadeiro mesmo gostei muito .Um momento para refletir mesmo bjs
    https://mundodaveeh.wordpress.com/2018/04/03/os-beneficios-da-cenoura/

    ResponderExcluir
  6. Às vezes é difícil parar por um instante e olhar pra si próprio, que desejo temos, se nossas prioridades são realmente nossas e não dos outros...A vida é linda e está cheia de oportunidades para ser vivida da melhor forma, mas há que se ter coragem pra correr atrás dos próprios sonhos.

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo. Vc escreve muito bem, parabéns! Sucesso.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo texto, achei bem profundo, acho que todos nos temos isso as vezes de nos anular e de pouquinho em pouquinho vamos ajudando os outros e esqueçendo de nos mesmo, as vezes na correria do dia a dia bate aquela vontade de sumir, desistir de tudo por algo que fazemos tanto e as vezes não dar certo, mas temos que aprender em pensamos mais em nos mesmo nos nossos sonhos isso não é egoismo. Sucesso, beijos

    ResponderExcluir
  9. Texto muitíssimo belo e que descreveu perfeitamente como me sinto por diversos momentos. Nós tendemos a nos anular e deixar nossa felicidade pra depois, mas não pode ser assim né? Mas pode ter certeza que acreditar em si e querer ser feliz não é nada egoísta e sim idealizador perfeito. Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Oi Nati, vida de escritor não é fácil. kkk. É muito sentimento para ser administrado. Gostei de seu texto, fiquei na dúvida se é apenas literário ou um desabafo. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  11. As coisas andam cada vez mais agitada e estressante, aprendi com a maturidade a não sofrer com antecedência.
    Não adianta sofrer com o que pode acontecer amanhã, tem mesmo que ser uma coisa de cada vez e ao seu tempo.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Seu texto esta bem realista e infelizmente faz parte da vida de muitos de nós. Sempre me animei e tenho que agradecer a minha mãe por ser assim, estou tentando me livrar disso, mas como é difícil.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Mas honestamente, eis o que ninguém fala sobre quando se trata de sucesso, motivação, força de vontade, objetivos, produtividade e todos aqueles pequenos chavões que se popularizaram: você é como é, até que não seja. Você muda quando quer mudar. Você coloca suas ideias em ação no momento certo. É assim que acontece.

    ResponderExcluir
  14. O seu texto é o retrato do que muitos vivemos a ilusão de ser feliz.Profundo e reflexivo,traz a tona muitos sentimentos nossos adormecidos.

    ResponderExcluir
  15. Adorei o texto,forca de vontade,superação,otimismo amor próprio repleto de sentimentos uma injeção de animo.

    ResponderExcluir
  16. Realmente tem momentos que você quer pegar tudo e jogar para o alto, a mesma rotina, o mesmo tudo, nós mulheres somos as mais rotuladas ainda e presa por padrões passados e que quem é mais velho não entende que precisamos ter nossa liberdade e buscar aquilo que queremos e sonhamos, choque de gerações sempre existirão, pois como eu sempre digo , nossos pais ou avós querem uma coisa para nós e nós buscamos sempre o algo a mais, a nossa essência está em algum lugar nesse mundão véio de guerra, mas você vai encontrar ela, bjs. www.dicasdalayne.com

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!