amor

Se arrependimento matasse

maio 17, 2013


Lindo, faz faculdade de geografia, trabalha em um hospital, mais alto do que ela, pele clara, estilo de roupa que conquista, sorriso que predomina e é o que mais combina com os seus olhos brilhantes, cintilantes, apaixonantes. Ela só queria ficar com ele, porém ele tinha outra além dela, essa outra fazia parte dele há mais de 2 anos, ela estava carente, queria ele só pra ela, ele estava acomodado em um relacionamento de tanto tempo e/ou ela era só uma aventura pra quebrar a rotina do relacionamento que já era planejado a cada dia. Durante a semana eles se viam perto das 22 horas, e ele via a namorada no final de semana, ela ia pra casa dele. Preferiu voltar para o ex namorado, achando que seria melhor, ganharia carinho, atenção, passeios nos finais de semana já que trabalhava tanto e o ex namorado trabalhava só de segunda a sexta. O ex namorado era o oposto do lindo, da mesma forma que ela era o oposto da namorada do lindo, mas mesmo assim queria ser feliz de um jeito ou de outro. Apesar do lindo não levá-la para sair, apenas beijá-la todas as noites durantes semanas em um beco escuro, porque ninguém podia vê-los e ela tinha medo de ir pra casa dele e ser flagrada de surpresa pela namorada do lindo, ela era feliz, no começo encarava tudo aquilo como uma aventura, diversão, prazer, como sempre fizera  sem se apaixonar. Porém ele era diferente, o suficiente para ela gostar tanto dos seus beijos e caricias a ponto de se apaixonar, tinha certeza que era carência, mas queria e gostava daquilo, quando viu que tava demais o gostar pelo lindo, voltou pro ex. Passaram - se 11 meses, o ex não correspondeu as suas expectativas como esperava, não fazia nem metade que imaginava. Nesse tempo, engordou 20 quilos, brigou com meio mundo por uma pessoa sem ambição e que não valeu a pena tudo o que viveu. Hoje, solteira, voltou pra casa da mãe, sonha em ficar de novo com o lindo e já emagreceu 3 quilos dos 20 que ganhou. A vontade dela é de quando encontrar o lindo, perguntar como ele tá e indiretamente ver se ainda tem chances de ficarem de novo, nas mesmas condições, mas lhe falta coragem para isso, o máximo que faz é responder o cumprimento com o fechar e balançar de cabeça que ele dá. Que esse sonho se realize o mais rápido possível, antes que ela enlouqueça. Porque se arrependimento matasse, certamente ela estaria morta.

You Might Also Like

4 Comentários

  1. Se arrependimento matasse eu estaria morta e enterrada...

    adorei o texto ! seguindo você , se quiser me segue também, tá?

    beijos!

    http://onlytheclassic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Se arrependimento matasse acho que ninguém estaria vivo pra contar histórias!
    Acho que cada um tem que fazer e viver do jeito que vá se sentir feliz.


    Beijos

    ResponderExcluir
  3. arrependimento é tipo coxinha-de-bar, mata aos poucos! ;)
    hehe

    beijas, diva! *:

    ResponderExcluir
  4. Não estou com pena dela não para falar a verdade, porque primeiro beleza não se põe em mesa, colega no alto da idade dela ela deveria saber que iria me machucar e se magoar e envolver outras pessoas acabaria era os 4 se ferindo, Ninguém tem culpa mas são armadilhas do coração. Sinceramente, PRATIQUE O DESAPEGO, SE AME! Ou curta o momento mulher!

    beijos (obs:que isso nunca aconteça comigo, pq na teoria tudo é muito fácil difícil mesmo é na prática.

    http://ammaior.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!