Tanto faz como tanto fez

02:36

E depois de tanto tempo que me enganei com muitas pessoas, hoje não crio laços com ninguém. No começo era um processo demorado, porque conhecia as pessoas e achava - por causa da carência - que elas nunca iriam sair da minha vida e muito menos parar de falar comigo. Mas, a vida me ensinou que as coisas são bem diferentes do que eu pensava, aliás, nem foi tanto a vida e sim as pessoas que passaram por ela. Não é lamentação e sim apenas uma constatação da evolução que eu tive com o passar dos anos. Antigamente era horrível  traumatizante, depois me acostumei com a situação e não sofri mais por causa disso. 

Te conheci agora, passo a conviver contigo durante 6 horas diariamente, mas isso não quer dizer que eu goste de ti a ponto de sentir a tua falta quando não estou contigo, não quer dizer que eu vá ser tua melhor amiga e não significa nada eu escutar os teus segredos e problemas e opinar sobre eles, afinal, tu é tão carente quanto eu. A diferença é que eu tenho uma válvula de escape e aprendi a lidar com os meus sentimentos e você ainda não encontrou o caminho para controlar o que sente e muito menos amadurecimento para saber com quem falar certos assuntos. 

Infelizmente, apesar de ter me acostumado com as idas e vindas de várias pessoas na minha vida, sei que foi para o bem que elas não permaneceram e talvez no fundo no fundo mesmo eu nem fazia questão da companhia delas. A maioria queria status, aparência e fãs, não tenho paciência para fingir ser quem não sou, não tenho paciência para usar roupas vulgares e maquiagens de palhaços e tenho personalidade o suficiente para ser quem eu sou quando, como e no lugar que quiser. 

Nasci sozinha, vivo - em termos - sozinha e morrerei sozinha, então porque que na altura do campeonato vou me importar com amizades se elas não fazem diferença pra mim?

Temos que aprender as lições que a vida nos dá toda vez que a dor é tanta que escorre pelos olhos.

You Might Also Like

6 Comentários

  1. Acho que pode ser lamentável, mas penso exatamente assim e faz algum tempo!

    ResponderExcluir
  2. Isso é triste! Nos decepcionar com alguém é mesmo muito frustrante. Eu espero que isso passe e que você possa enxergar a amizade verdadeira!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. É muito complicado esta velha historia de amizades.
    Afinal as pessoas entram nas nossas vidas assim do nada, a gente acaba se apegando muitas vezes e elas simplesmente ~~elas não decepcionam por mais que a gente ache que desta vez é diferente tudo acontece novamente, a solidão as vezes é melhor do que estar rodeada de gente falsa e fingida.

    ResponderExcluir
  4. è dificil enxergar a amizade agora, porque por algum motivo você deve estar magoada. Como a minha avó um dia disse pra mim: "Ah querida, vai entrar e sair tanta gente ainda na sua vida." Isso é imutável mas porque não aproveitar o tempo que lhe foi dado? acredite na amizade, no amor,e na vida sempre. É uma benção dos Céus! :D

    ResponderExcluir
  5. só consegui ver orgulho no texto, mas é assim, as vezes precisamos

    ResponderExcluir
  6. As vezes nós homens criamos algo muito maior que uma simples amizade quando contamos alguns segredos para alguém que confiamos esse vínculo as vezes se torna tão forte que começamos a misturá-los com amor, mas do outro lado a pessoa simplesmente houve e descarta e se desfaz, fica fria em certos momentos. Não sabe que a outra parte a ama.

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!