amor

8 anos de blog - 100 mil visualizações

09:00

Comecei a escrever em agosto de 2008, uma pessoa me disse que eu deveria desabafar tudo o que eu sentia, porque ia acabar me fazendo mal, guardar tudo o que me perturbava dentro do peito e da mente. Nos 5 meses que escrevi em 2008 foram meses de conhecimento, aprendi a conhecer o que eu sentia, tanto que me assustei com tudo o que eu tinha guardado aqui dentro, que em 2009 o  número de posts mais que dobrou, de tanto sentimento encubado. 

Conheci a Pitty, acho que era a primeira vez que ela estava aparecendo na televisão, foi no programa do Jô Soares em 2003, eu tinha 10 anos, e me apaixonei na hora que ela começou a cantar, me identifiquei muito, escutava todos os dias, o tempo todo, várias vezes a mesma música, queria que todos conhecessem e escutassem as letras, tudo o que ela tinha a dizer, toda a verdade, mas não é todo mundo que escuta uma criança de 10 anos e muito menos gosta de rock. Se vocês tivessem noção do tanto que essa mulher me ajudou a entender as coisas, pessoas e o mundo ao meu redor, óbvio que eu não sou a "diferentona", a Pitty já modificou a vida de muitas pessoas, pra mim foi ótimo e ainda é, continuo sendo fã.



De 2010 em diante, tentei escrever tanto quanto em 2009, mas eu estava num furacão de sentimentos, tantas mágoas, se quiserem, peguem textos aleatórios dos anos seguintes também para perceberem quão perturbados os dias desses anos foram, tentava recomeçar todo começo de ano e não conseguia render tanto assim, tive bloqueio criativo causado por muitas decepções. 

Antes pra eu poder escrever, tinha uma dose de tristeza, mágoa e decepção pra inspiração pra poder aparecer, só que quando é demais, acontece o bloqueio e isso não é legal, porque sinto uma necessidade enorme de escrever, de falar tudo o que eu penso e sinto, por isso ele é pessoal. E às vezes escrevo algo não tão pessoal, mas que tem um pouquinho de mim, os vídeos, por exemplo, faço post sobre eles, porque eles de alguma maneira me fascinaram, mudaram algum pensamento e acho que devo compartilhar com vocês também. Fora que receber comentários, visitar e elogios é muito bom, quem não gosta, né?!

E é com esse post que venho compartilhar com vocês a minha alegria, os meus números. Não sou famosa, não falo sobre tendências e nem dito moda, escrevo apenas as tendências do meu coração. Achava que não ia durar, que ia perder a vontade de escrever, que era coisa de momento, esse que dura até hoje e que pretendo escrever pro resto da vida. Muitas pessoas irão dizer: "- Ai Natália, tu só pensa em números?". Não penso só nos números, penso nas pessoas que frequentam esse endereço para ler as minhas loucuras, que comentam, que me elogiam, que se identificam, as amizades que conquistei na época que ter um blog era como escrever em um diário virtual. 

O que valia era apenas os sentimentos, o nosso lucro era o reconhecimento de escrever o que sentíamos para pessoas que sentiam a mesma coisa e não conseguiam externalizar tanto quanto eu. Sei que tem pessoas que visitam e não comentam, agradeço a todos os visitantes que passaram, passam e ainda passarão por aqui, que me dão forças direta e indiretamente para continuar passando a minha mensagem pra vocês.

You Might Also Like

16 Comentários

  1. Uhuuuu. Muito legal esse lance de se ver no passado, tenho a mesma sensação quando olho meus posts antigos e vejo o quanto me entendo melhor hoje, e como fico feliz por escrever aquilo que a emoção fluí. É a gente aprendendo com a gente mesmo!

    O melhor parte da história é ver uma evolução positiva da gente.
    Fico contente com isso!

    Amo seus textos, amo esse tipo de blog, até porque o meu é assim né, então sou bem suspeito para falar, rs.

    Amadurecimento é algo muito valioso!

    Beijos Natália!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto de ficar vendo os posts do passado e ver como eram meus sentimentos, que continuam um pouco parecidos... Obrigada por estar sempre aqui.
      Beijo

      Excluir
  2. Gente, 8 anos? Meu Deus!
    Conheci o seu blog faz pouquinho tempo, e nunca tinha comentado nada, mas sempre que rola um post novo estou por aqui lendo. Identifico-me. Parabéns pelos 8 anos de blog, e por favor, continue sempre escrevendo, tá? então tá kkk Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 8 anos passaram bem rapidinho... haha
      Ainda bem que tu comentou, senão nunca ia saber que tu vem aqui. :D
      Obrigada, pode deixar que não vou parar, tá? hahah Beijos

      Excluir
  3. Parabéns pelos 8 anos de blog! Conheci seu blog agora mas já to louca da cabeça com seus posts. Continue sempre escrevendo ♥

    www.extraordicable.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :D
      Eita, fico muito feliz em saber que você gosta dos meus textos <3
      Beijos

      Excluir
  4. Estamos juntas nessa blogosfera!
    Há anos estamos por aqui, sempre escrevendo o que o nosso coração precisa dizer, sempre nos mostrando como somos, sem reservas ou medo.
    Adoro blogar. Escrever é terapêutico e me ajudou a enxergar a mim mesma e me fez visualizar melhor o mundo.

    Que venham muitos outros anos de blogosfera e que muitas outras ligações positivas sejam construídas. Porque o bacana da blogosfera é essa troca de ideias, essas amizades que são criadas de maneira despretensiosas, que se iniciam com um comentário e podem virar um amor - fraterno ou romântico - pra vida toda.
    Beijo!

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos há anos, nessa blogosfera querida e não quero sair daqui nunca, espero que tu também não saia.
      Aprendi a me entender melhor... Que assim seja. Beijos

      Excluir
  5. Nati parabéns.
    Oito anos é muita coisa, é muito sentimento se transformando. Espero que esse amor pela escrita nunca te abandone.
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :D
      Também espero que ele nunca me abandone e nem eu abandone ele.
      Beijos

      Excluir
  6. Oi Nati,
    Parabéns pelos oito anos de blog em dezembro vou pra 13 anos e só quem bloga com amor sabe o que é essa paixão em escrever.
    Bom carnaval.
    Big Beijos
    Blog LULU ON THE SKY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Essa paixão que nos consome a cada post.
      Beijo

      Excluir
  7. Olá minha flor! Parabéns por tantos anos de blog e pelas conquistas! ^^ Fico muito feliz quando vejo uma pessoa que compartilha do sentimento da escrita. Eu também já tive bloqueio criativo e é horrível. Aliás, tenho frequentemente. É uma batalha que sempre temos que enfrentar. Bom saber que tu com 10 anos já tinha bom gosto. Pitty é tudo de bom!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      É uma batalha diária mesmo, mas o amor por escrever me ajuda a continuar e tentar...
      Beijo

      Excluir
  8. Que lindo, Nati!
    Acho que todas as blogueiras, principalmente há um tempo atrás, tínhamos esse principio. De querer desabafar e compartilhar da vontade de escrever.
    E é tão bom continuar esse vínculo, né? Por mais que nossos blogs em algum e outro momento fiquem a deriva das nossas mudanças.

    Fiquei muito feliz com a tua visita lá no blog! Sério. Me encheu de nostalgia do inicio do blog. E mais vontade de escrever.
    Só pra retomar a tua pergunta de lá (que tá respondido lá também): O Projeto 3 é uma cadeira do curso de Design de Moda da Ritter, ao qual fiz nesse último semestre.
    Todo projeto consiste em aplicar as habilidades e conhecimentos passados nas demais cadeiras do curso. É nessa cadeira que as estudantes criam modelos e coleções de moda. No projeto 3 o foco é em uma coleção conceitual, ao qual permite o aluno fazer modelos não tão usuais. Seriam roupas usadas por artistas, performances.. pessoas de um meio mais artístico no geral.

    Beijão
    http://tecidodoce.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente hoje não é mais assim, não com a mesma intensidade, são poucas as meninas que ainda escrevem seus sentimentos no blog. Vínculos são sempre bons :D

      O Projeto 3, pelo o que tu disse é bem cansativo de fazer e tem que ter muito tempo para se dedicar e ficar bom o suficiente.

      Beijo

      Excluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!