aprenda

Blogagem - confusa - Perfeita

20:46

Observando o descaso alheio


Senta aqui e vamos conversar um pouquinho. 
Quando eu comecei em 2008, escrever em um blog era cool, era lindo, maravilhoso, não que hoje não seja mais, continua sendo, mas de uma forma bem diferente. 
Clicar no lápis e ver essa página em branco era algo que me deixava super aliviada a cada ponto final colocado no lugar certo, na hora certa. Fazia com que eu me sentisse vazia daquilo que me perturbava a cada texto escrito, uma sensação indescritível, aquilo que transformei em palavras, não me pertencia mais, estava compartilhando com todos aqueles que me liam. 

Porém, de um tempo pra cá as coisas mudaram um pouquinho de lugar. Ter um blog não é algo que a pessoa faça com o coração, acho que não estou me expressando direito. Vou tentar de novo!
Ter um blog virou profissão, é lindo? É lindo sim, fazer o que gosta e ainda ganhar dinheiro em troca disso. 

Dedicar - se horas e horas para fazer posts maravilhosos, cheios de edição, vídeos, produtos, cabelos, futilidades, escritos por pessoas que estão entrando em depressão se já não estão. (sem julgamentos, pesquise e verá que o que eu digo é real, e ninguém tem moral pra julgar ninguém, sigamos com o texto)

É bonitinho você ler posts sobre DIY, tutoriais pra tirar foto no estilo Tumblr, para maquiar pra um casamento entre outros mais, só que quem escreve com o coração, melhor dizendo, quem escreve o que pensa, acha e quer explanar pro mundo todo está perdendo a vez. 

Teve um ano, não sei precisar com exatidão, mas acho que há uns 3 anos atrás, eu não falava sobre cabelos, e outros assuntos, além do que estava aqui dentro do meu coração e muitas pessoas interessavam - se por isso, por esse assunto, sentiam das mesmas coisas e hoje sumiram. 

Não acho legal criar na mente das pessoas a ilusão de que elas tem que usar aquilo, porque você usa, sei que é marketing e é assim que você ganha seu dinheiro e a empresa que te patrocina também ganha com a sua imagem, mas fazer com que as pessoas sintam - se mais pobres e diminuídas não é legal. 

E é assim que começamos o mês de junho, com uma de várias indignações que perturbam o meu ser perturbado. O que você acha de tudo isso? Sente a mesma coisa, não sente? Deixa aí nos comentários o que você pensa. Tá com preguiça de fazer login no Google? Comenta pelo Facebook!

You Might Also Like

2 Comentários

  1. Nossa Nati, acabou de ler minha mente;
    Estava pensando exatamente nisso, tenho preguiça desses blogueiros que parece que só fazem as coisas para elas virarem posts.
    Se vão fazer um café é pra virar um post, se vão sair com seus filhos é pra mostrar um monte de fotos e opções de brincadeiras para o blog, se for fazer um bolo de caneca (que caí entre nós é HORRÍVEL) é pra postar no blog.
    Cada vez mais a internet vem sendo reflexo de vidas perfeitas, que não existem.
    Não a toa muita gente acaba crendo que a grama do vizinho é mesmo mais verde...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bonitinho, mas não é a vida ideal. Todos temos que separar as coisas, vida virtual, pessoal, amigos, família, etc... Dividir o tempo pra tudo isso, sem tapar o corpo e destapar os pés...

      Beijos

      Excluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!