31 de agosto de 2008 - 10 anos do Mundo de Nati

Oi pra você que está lendo, tudo bom? 

Há 10 anos atrás eu estava escrevendo o meu primeiro texto: o começo. Quem diria que esse espaço seria a minha válvula de escape, onde eu colocaria pra fora tudo o que estava me incomodando na maioria das vezes, é sobre isso o que eu escrevo quem não sabe. 

O Mundo de Nati é extremamente pessoal, demorei muito tempo pra acreditar nesse nicho, pra entender o que era nicho e que eu deveria escrever um nicho. Falei muito tempo na terceira pessoa, tinha vergonha de deixar claro que a pessoa de cada postagem era a Nati, eu mesma. Hoje passou, não tenho mais vergonha, inclusive adoro ficar repetindo várias vezes a palavra eu. 

O que mais me motivava a escrever era a tristeza, as coisas que eu não tinha e não tenho controle de resolver, até fiz posts sobre cabelo, moda, livros, música e filmes, estou pensando em voltar, porque é uma coisa que me deixa bem, me faz feliz e tem pessoas que curtem também. 

Ultimamente comecei a escrever sobre sentimentos bons, pessoas que me fazem feliz, me deixam bem de uma certa maneira e me ensinam muitas coisas mesmo não permanecendo tanto tempo na minha vida, afinal tudo é aprendizado. 

Nesse ano até agora não escrevi tanto como deveria e como senti vontade, na maioria das vezes abria o editor do blogger, escrevia bastante, lia, não achava bom o suficiente e apagava. Sempre me cobrando demais e me achando não tão boa o suficiente, porém não é isso que todas as pessoas que comentaram nos mais de 800 textos postados me disseram. Tenho que parar de deixar com que o derrotismo me abrace tão forte. 

Escrevi apenas 18 posts, achei que tinha sido o ano que menos escrevi, mas não, em 2014 escrevi apenas 20 no ano todo. Não pretendo deixar ele assim, eu amo escrever, me comunicar com as pessoas, compartilhar as coisas que eu acho bonita, linda e legal com todo mundo e é isso que eu vou começar a fazer aqui nesse espaço tão lindo que construí. 

No decorrer e pra acompanhar - ou quase acompanhar - as tendências de layouts e templates, já fiz várias coisas diferentes do que está hoje, porém o modelo atual foi como eu comecei, o mais simples possível, do meu jeito, com o meu gosto, sem as firulas que a profissionalização de um blog junto da blogueira exigem. Me considero blogueira raiz mesmo! 

E com esse post cheio de sentimentos e com muito orgulho de ter chegado até aqui, iniciamos um novo ciclo de postagens e com mais felicidades de preferência, lembrando que não estou prometendo nada, apenas que vai ter mais postagens e conto com vocês nos comentários e compartilhando pela internê à fora. 

Quero te avisar que:
Do lado do post tem as categorias que mais escrevo e no rodapé tem todas as duzentas e poucas categorias do blog, acompanhadas da lista dos posts mais lidos dos últimos 30 dias. 

E como todo mundo faz, vamos seguir nesse baile também.
Me segue nas redes: Instagram - Twitter - Tumblr - Facebook

2 Comentários

  1. Texto lindo, você é uma das pessoas mais lindas que a internet me apresentou e presenteou para todo sempre, que palavras , quanto amor ao que faz , e lhe digo o mundo é seu , e aqui sua seguidora que admira e torce por você. Isso nunca esqueça a palavra " Eu " ela está exatamente no seu lugar agora, Nati obrigada por isso obrigada por escrever e trazer essa imensidão de sinceridade e sentimentos verdadeiros, você é luz ❤️ para todo sempre você aqui na minha vida, ler isso faz toda a diferença! Sucesso'

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por uma década de blog <3 e continue a postar nesse cantinho, voce ajuda muita gente com as suas palavras <3 <3
    te indiquei aquii
    https://bruna-morgan.blogspot.com/2018/08/sunshine-blogger-award.html

    ResponderExcluir