leitores

Público Alvo

18:30



Em 2008 abri a conta no blogger no intuito de apenas desabafar, escrever sobre tudo o que eu sentia, sem o medo das represálias e julgamentos que sempre aconteciam quando falava pra alguém, tentava na verdade, porque ninguém queria me escutar, coisa que não é muito diferente de hoje. 
Não entendia muita coisa, nem ligava muito para os números, fazia mais por amor do que por outra coisa, claro que era ótimo, como continua sendo, ler os comentários e ter mais pessoas seguindo publicamente, fico muito feliz com tudo isso. 

Participei de alguns projetos de blogagem coletiva, conheci muitas pessoas virtualmente que estão no meu facebook, que comentam ainda, que leem, mas não comentam, estou nos favoritos de muitas pessoas ainda, espero alcançar mais pessoas e conhecer pessoalmente quem me acompanha desde o principio. 

Quem lê há anos, sabe que o tema principal são as crônicas que falam exclusivamente do que sinto e vivo e se continuam acompanhando é porque gostam do que publico. 
Infelizmente muitas das blogueiras que eu acompanhava há anos atrás foram embora da blogosfera por vários motivos e as que não foram embora, mudaram o conteúdo para atrair mais público. Tentei fazer isso, achando que teria mais ibope, um pensamento em vão, porque tenho mais views e comentários nas crônicas mesmo. Em time que está ganhando não se mexe. 

Confesso que pensei em desistir também, mas não poderia fazer isso comigo, não escrever faz com que pareça que falta algo na minha vida, afinal são 8 anos (31/08 completa oito) escrevendo e é só aqui que consigo falar tudo o que fica preso no peito. 

Não julgo quem muda conteúdo, nem quem para de escrever, cada um tem os seus motivos e ninguém tem o direito de julgar. O importante é fazer o que gostamos, do nosso jeito, porque sempre terá alguém do outro lado da tela, da janela, da rua, admirando a nossa forma de lidar e criar. Tem público pra todos os conteúdos e o sol é para todos.

You Might Also Like

2 Comentários

  1. Eu já tive vários blogs durante esses anos, tive até um que durou bastante até metade de 2012. Sinto falta de blogosfera daquela época, mas também não julgo porque também abandonei muitos temas. E sei lá, as pessoas mudam. A gente sempre é melhor naquilo que gostamos de fazer, no meu caso o assunto é moda mesmo. rs

    bj, Carla | http://www.glossyc.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O certo é fazermos o que gostamos, sempre vai ter alguém que também vai gostar.
      Obrigada pela visita.
      Beijos

      Excluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!